Constelação e vida diáriaConstelação Familiar

Sentir-se excluído: Como evitar esse sentimento?

Se sentir excluído é um dos piores sentimentos com os quais uma pessoa pode lidar. Quanto mais cedo ocorre a experiência, pior. Se você passou por um processo de exclusão quando era bem pequeno, na escola, sabe o quanto desenvolver sua presença pode ser difícil.

No entanto, preparamos esse texto para ajudar pessoas que estão com essa dificuldade de fazer sua presença ser notada de modo positivo. Seguindo essas dicas, você não vai se sentir tão mal!

O que é a exclusão?

Em linhas gerais, a exclusão é o processo de privar alguém de alguma coisa. Assim, alguém que se sente excluído na escola, está sendo privado de alguma coisa. É possível que seja uma privação de brincadeiras ou até da presença de um amigo ou do grupo de colegas de modo geral. Nesse contexto, é possível que apenas uma pessoa seja responsável pela exclusão ou todo um conjunto de pessoas.

As razões para excluir alguém são muito variadas. Por exemplo, é socialmente aceitável que venhamos a excluir do convívio social pessoas que são consideradas perigosas para a sociedade. No entanto, até para elas, é importante que a sociedade implemente alguma proposta de reintegração do criminoso à sociedade.

Por outro lado, há maneiras de exclusão que não são compreendidas como algo socialmente justo. Tome por exemplo as pessoas que têm ascendência negra. Devido a questões raciais que compõem o racismo estrutural em vários países, esses indivíduos ficam privados de muitos elementos importantes para a saúde mental e física. São exemplos:

  • os relacionamentos amorosos;
  • o estudo em instituições de prestígio;
  • e o preconceito não velado.

Dicas para não se sentir excluído em diversos contextos sociais

No texto de hoje, não vamos falar de questões tão profundas como essa do racismo estrutural. Isso porque entendemos que se trate de um problema sobre o qual as pessoas negras não podem ou devem se responsabilizar. No casos de exclusão que vamos tratar hoje, as vítimas podem tomar decisões específicas para não se sentirem mal com o processo. Além disso, poderão reverter a situação, recuperando bens e ambientes de que foram privadas. 

Exclusão dentro de casa

Um dos principais problemas que atingem crianças e adultos é a exclusão que ocorre dentro de casa. Algumas situaçãoes são:

  • pais que preferem um dos filhos, deixando os demais sem a devida atenção;
  • por outro lado, há quem adote uma criança e a exclua depois de ter um filho biológico.
  • não podemos deixar de mencionar também os filhos que excluem os pais do convívio familiar uma vez que construam sua própria família. Ao envelhecer, essas pessoas são esquecidas.

Em qualquer um desses contextos, é muito importante saber comunicar que está se sentindo excluído. Obviamente, nem todo mundo priva uma pessoa de algo importante conscientemente. Assim, a primeira tentativa de resolver o problema deve ser comunicar sua frustração a fim de ver como o motivo da sua exclusão irá reagir. Caso esse processo não tenha resultados, você pode tentar uma série de medidas adicionais.

Uma delas é fazer terapia. Durante o tratamento, é possível que você acabe descobrindo problemas de carência que a sua família não poderia mesmo cumprir. Por outro lado, há também a possibilidade de enxergar que você de fato é a vítima de um relacionamento desgastado. Ao fazer Constelação Familiar, por exemplo, poderá verificar que o problema perdura em sua família por mais tempo do que imagina.

Dicas para quem se sente excluído na escola

Na escola, por outro lado, os fatores influenciando a sua exclusão também podem ser muito variados. É praticamente impossível controlar boatos ou como as pessoas se sentem sobre você. Nesse caso, é importante ter em mente que além de ter um propósito educacional, a escola também forma o cidadão que convive em sociedade. Assim sendo, todo mundo que está ali deve aprender algo sobre como a sociedade funciona.

Tendo isso mente, perceba que se você está sendo excluído por alguma razão, quase nunca isso é sua culpa. O fato de alguém não gostar de você e acabar influenciando outras pessoas a fazer o mesmo não é responsabilidade sua. No entanto, assim como na sociedade de verdade, é possível recorrer a instâncias superiores para denunciar algo errado. Nesse contexto, o corpo organizacional da escola, pais e responsáveis têm o dever de mediar os relacionamentos.

Mais uma vez, a terapia pode ajudar a criança ou o adolescente com estratégias de integração. No entanto, esse tratamento não substitui a necessidade de corrigir o que está errado, ou seja, o processo de exclusão. Ninguém deve ser sentir excluído. É responsabilidade da escola garantir um ambiente de desenvolvimento saudável para todos os alunos. Isso inclui os alunos com deficiência física, por exemplo.

Como lidar como a exclusão no ambiente de trabalho

No ambiente de trabalho, se um indivíduo se sente excluído, é possível que acabe sofrendo para agradar os demais. Não é raro ver estagiários que fazem de tudo por chefes e colegas de trabalho para conseguir atenção ou não ser escorraçado. Na realidade, essa é uma estratégia que não fica a nível de estágio apenas, o que é muito mais triste. Nesse contexto, a terapia ajuda, mas é importante que, com ela, você venha aprender a mostrar o seu valor.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Quem trabalha com constelação organizacional sabe o quanto é importante trabalhar para que todos estejam integrados ao time. No trabalho é mais difícil de perceber isso, mas quando uma pessoa se sente excluída, esse é um problema de todos. A princípio, pode ser algo que não afete o salário dos demais e, por isso, a percepção demora de ocorrer.

    No entanto, quando um excluído conquista uma posição de poder, resultados indesejados recaem sobre os opressores. O problema geral que decorre da exclusão, ou seja, da privação de algo, é que você não vai poder jamais mensurar as consequências de suas atitudes. Caso o problema não seja tratado, muito mais gente pode vir a sofrer com o problema no futuro.

    Se pessoas na sua vida te fazem sentir excluído, confira as dicas abaixo

    Por fim, confira algumas dicas simples para implementar quando sentir que seus amigos, colegas de trabalho ou familiares estão fazendo com que você se sinta excluído. São elas:

    • Concentre-se em fazer coisas em que é bom, pois chamarão a atenção de outras pessoas para o seu talento.
    • Escreva em um diário algumas das suas características físicas, emocionais ou mentais que fazem com que você se sinta valioso.
    • Frequente ambientes diferentes, em que você conheça indivíduos novos com frequência.
    • Frequente clubes ou locais onde pessoas com interesses similares aos seus se reúnem.
    • Seja simpático, pois as pessoas têm mais facilidade de se relacionar com pessoas que não andam sérias o tempo todo.

    Considerações sobre as dicas para não ser ou se sentir excluído

    No texto de hoje, você aprendeu o que significa excluir alguém e algumas dicas para seguir quando se sentir excluído. Nesse contexto, falamos bastante sobre a importância da terapia na reinserção de um indivíduo excluído. Para aprender mais sobre isso, faça o nosso curso de Constelação Clínica 100% online. Com um preço modesto e sem sair de casa, você ganha uma formação nova e uma nova percepção sobre as relações humanas!

    2 thoughts on “Sentir-se excluído: Como evitar esse sentimento?

    1. Obrigada , me ajudou bastante esse conteúdo
      Pois uma coisa que eu não lembrava o porque sou assim hoje veio na memória, antes de ler estava pensando o porquê meu comportamento sempre quis agradar os outros ,mais hoje eu sei … Parece que estou sem um peso nas costas , nunca pensei que conseguiria me lembrar de uma coisa que aconteceu comigo a quase 20 anos atrás . Eu era só uma criança e pensava que tudo era culpa minha ,achava que eu tinha algo errado .
      Mais vocês me mostraram um ponto que excluir molda uma pessoa de tal maneira que nunca pensei . Vou procurar ajuda para mim melhorar ,já que agora eu sei o que tem de errado.

      Obrigada

    2. eu nunca fui a excluída do grupo, mas depois q minha única amiga achou outra pessoa ( pelo visto melhor do que eu) eu comecei a ser a excluída, doía demais ver elas me deixando de lado , chorei horrores por causa disso e depois disso meu psicológico nunca mais foi o mesmo, me sinto muito inferior e isso acaba sendo um dos maiores problemas, eu não quero que nenhuma delas me odeie por isso vivo fazendo SOMENTE oque elas querem

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    dezenove + doze =