Constelação e RelacionamentosConstelação e vida diáriaConstelação Familiar

Filho desobediente: causas e dicas de convívio

Filho desobediente

Quando uma pessoa sonha em ter um filho, geralmente ela pensa nos momentos agradáveis com essa criança. No entanto, é necessário considerar que um filho desobediente pode ser um desafio que ela também terá que enfrentar. Se esse for o seu caso, saiba o que fazer para lidar com essa situação da melhor forma possível.

Você sofre com filhos desobedientes?

Se você está lidando com a rebeldia em casa, adianta muito pouco ficar reclamando sobre a situação. O que é mais recomendável é que você busque entender a raiz do problema para que possa lidar melhor com ele.

Já adiantamos que, na maioria das vezes, mudanças de atitude por parte dos pais ou responsáveis são suficientes para alterar o comportamento dos filhos. Por isso, tranquilize o seu coração porque a solução existe e iremos apresentá-la para você.

O que é uma criança rebelde?

As crianças rebeldes são identificadas pelas pessoas como aquelas que fazem escândalo no meio da rua ou como aquelas que dão silêncio como resposta aos pais.

Os dicionários, por sua vez, geralmente definem uma pessoa rebelde como aquela que não obedece uma autoridade. Em vista disso, podemos entender como rebeldia aquele comportamento da criança que se opõe à vontade dos pais ou de outras figuras de autoridade.

O que fiz de errado para ter um filho desobediente?

É importante ter em mente que há vários fatores que podem influenciar uma criança a ter um comportamento rebelde. Ainda que você possa ter a sua parcela de “culpa” (muito embora, a palavra “contribuição” seja melhor usada aqui), há muito mais questões que precisam ser consideradas.

Não gostamos da palavra “culpa”, porque ela coloca os erros e acertos dos pais como propositais e sabemos que nem tudo é preto no branco assim. Muitas vezes, essas atitudes prejudiciais foram tomadas pelos pais na intenção de fazerem o melhor pela criança.

Em virtude disso, melhor do que ficar se culpando sobre qualquer coisa, busque focar a sua visão naquilo que você pode fazer para que a situação melhore.

Como evitar ter um filho teimoso e desobediente?

Antes de apresentarmos as medidas que você pode tomar para melhorar sua relação com o seu filho, precisamos falar com os pais e responsáveis que querem prevenir esse comportamento rebelde em suas crianças e adolescentes.

Para resumir em poucas linhas, tenha paciência. Afinal, você está lidando com uma criança, que está aprendendo a viver.

Além disso, sempre privilegie o diálogo entre vocês e a trate com respeito sem deixar de ser firme com relação ao que espera dela. Iremos falar mais sobre isso a seguir. Mas vale apontar essas questões desde já.

O que fazer se tenho um filho de 20 anos rebelde?

Porém se você já tem um filho maior de idade, precisamos dizer que a situação é outra. Afinal, por ele não estar mais debaixo de sua autoridade legal, ele tem o direito de cuidar do seu próprio nariz.

Ainda assim, por você ser pai ou mãe desse jovem, você sempre terá a possibilidade de aconselhá-lo. Busque fazer isso de maneira respeitosa e cuidadosa. Isso porque, se você ultrapassar os limites dados por ele, é capaz de ele não te dar mais espaço no futuro.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

8 conselhos para quem tem filhos desobedientes

Dito tudo isso, vamos para os conselhos sobre o que você pode fazer para melhorar o comportamento do seu filho desobediente. Assim, você poderá segui-los e notar as melhoras com o tempo.

1. Entenda que você que é o adulto, não a criança

É normal que uma criança ainda não tenha a maturidade necessária para lidar com as suas emoções. Por outro lado, é esperado que você já tenha essa habilidade. Por isso, mantenha a calma e não se deixe levar pelas emoções nos momentos de rebeldia.

Leia também:  Mulheres que correm com os lobos: resumo e frases

Assim, você conseguirá tomar decisões muito mais inteligentes e assertivas do que tomaria estando nervoso e estressado.

2. Se comunique da forma correta

Entenda que o seu filho pode não aceitar que “porque não” é uma resposta. E nós sabemos que não é mesmo.

É importante que você explique a ele as razões de existirem limites. Assim, será muito mais simples para ele compreender as suas ordens e obedecê-las.

3. Passe tempo de qualidade com o seu filho

É importante que você mostre para o seu filho que ele é importante para você. Nada melhor do que fazer isso passando tempo de qualidade com ele.

Os adolescentes, principalmente, acabam agindo de forma rebelde quando se sentem negligenciados pelos seus pais.

4. Estimule o seu filho a fazer terapia

Qualquer pessoa deveria fazer terapia. Afinal, por meio dela, nós aprendemos a lidar melhor com nossos sentimentos e a nos expressar melhor.

Assim, se você sente que o seu filho está apresentando um comportamento rebelde, incentive ele a agendar uma sessão.

5. Dialogue sempre

Garanta que sempre haja lugar para o diálogo entre vocês.

Para isso, sempre esteja disposto a ouvir o que o seu filho tem a dizer e sempre fale com cuidado e respeito a forma como se sente. Assim, vocês construirão uma relação de confiança.

6. Procure saber o que está acontecendo na vida do seu filho

Será que as amizades do seu filho agregam valor para a vida dele? Será que ele não pode estar sendo vítima de alguma violência?

Perguntas como essa precisam passar pela sua cabeça se você está notando nele um comportamento rebelde incomum.

7. Saiba colocar limites

Se você não colocar limites para o seu filho, ele provavelmente se tornará uma pessoa desobediente, não só com você, mas com qualquer outra autoridade. Isso porque ele não saberá o valor de uma regra nem a necessidade de respeitá-la.

8. Seja paciente e persistente

Entenda que mudanças significativas às vezes levam tempo. Por isso, persista em tomar atitudes que irão melhorar o seu relacionamento com o seu filho.

Pode ser que seja exaustivo insistir em retomar o diálogo ou respirar fundo em vez de tomar uma atitude violenta. Mas, a longo prazo, você verá que a sua persistência valerá a pena. Isso porque você notará como a comunicação entre vocês melhorará e que o seu filho não sentirá mais a necessidade de agir de maneira rebelde.

Considerações finais

Como você viu, é possível retomar um bom relacionamento com o seu filho desobediente com o tempo. Basta tomar atitudes que visam mostrar a ele que você o ama e que as regras são importantes para a convivência entre vocês.

Por fim, vale dizer que a constelação familiar é uma modalidade de terapia muito indicada para as pessoas que querem melhorar a sua convivência familiar. Afinal, ela defende que por meio da obediência à lei da hierarquia, à lei do equilíbrio e à lei do pertencimento é possível ter harmonia com os seus entes queridos.

Se você deseja saber mais sobre como lidar com filhos e, especialmente, o filho desobediente, nós indicamos o nosso curso de constelação clínica online. Afinal, por meio dele, você irá entender como a área explica as causas do mau convívio entre familiares. Além disso, também saberá como resolver esse problema por meio da constelação. Por essa razão, aproveite essa oportunidade e se matricule hoje mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 12 =