Constelação e ProfissõesConstelação Familiar

Psicogenealogia: significado, funcionamento, exemplos

Psicogenealogia

Ainda que distantes, nossos ancestrais continuam a trazer influências em nossas vidas e colaborar em nossas escolhas. Dependendo de nossa história, esse tipo de contato pode acabar nos limitando e regendo o caminho da própria vida. Por isso, vamos entender melhor o significado de psicogenealogia, como funciona e alguns exemplos de aplicação.

O que é psicogenealogia?

A psicogenealogia se trata de um estudo no inconsciente familiar realizado por meio da pesquisa na árvore genealógica. Sendo bem profundo, esse tipo de pesquisa acaba expondo os relacionamentos que compõem nosso histórico familiar. Nisso, resgata elementos que continuam a vibrar em direção a nós e como se perpetuam com as novas gerações.

É preciso deixar claro que isso vai muito além de encontrar nomes e datas específicas na análise. Trata-se de encontrar os vínculos afetivos e olhá-los com respeito e amor, validando a sua existência em nossas vidas. Com isso, fazer as próprias escolhas, entendendo as ações dos antepassados, mas alcançando autonomia na vida.

Por meio disso conseguimos revelar bloqueios construídos com o tempo e que atravessaram a família no tempo. Assim, podemos compreender melhor as causas dos nossos insucessos e trabalhar para mudar essas diretrizes. Assim sendo, o significado de psicogenealogia é revisitar o passado para que possamos escrever o nosso futuro.

Os frutos da árvore

Nossa árvore genealógica é a responsável por transmitir padrões pessoais que envolveram todos os membros da família. Ao mesmo tempo em que os problemas se concentram nela, todas as nossas riquezas são preservadas ali dentro. O que define qual deles fica à mostra é a forma como conduzimos a nossa vida e por qual rota caminhamos.

Acontece que acabamos por transferir a parte inconsciente dessa vida através dela como um canal as próximas vidas. Com base nisso, nossos descendentes experimentam um reflexo direto de como vivemos nossa existência, sendo isso bom ou não. Nisso, os avós projetaram em nossos pais o que vamos entregar aos nossos jovens e eles a quem vier depois.

A psicogenealogia surge quando essas marcas ocultas têm bloqueado nossa passagem em direção à prosperidade. Ela vai dar consciência a respeito de nossa história, exibindo tudo aquilo que ficou guardado no passado distante. Com essa clareza, revitalizamos o nosso fluxo, respeitando o que aconteceu, mas abrindo portas para que coisas novas possam chegar.

Como funciona a psicogenealogia?

A psicogenealogia combina o trabalho realizado na Constelação familiar com as atividades da árvore genealógica. É como fazer um mapeamento mais preciso de quem participou em nossa história e acabou por se conectar a nós de algum modo. Por meio dessa combinação direcionamos nossa perspectiva para trabalhar a postura sobre como agir agora.

Existe uma pesquisa para levantar os membros da sua família em gerações anteriores à sua. Nisso, o trabalho sistêmico acapa mapeando eventos específicos que foram mal vistos e não concluídos no seu desenrolar. É olhar para a origem, acompanhar o seu desenrolar e enxergar como isso se desenvolve até o fim.

Feito isso, hora de se mover para trabalhar cada questão em terapia e reviver esses entraves conscientemente. Os envolvidos na história são convocados por meio de representação para que revejam suas ações e encerrem sua presença. Para quem solicita esse trabalho, gradativamente, pode se posicionar melhor a respeito das escolhas que faz sem qualquer programação prévia.

Buscamos fazer parte da família sempre

Existe um impulso interno que nos move a recorrer à família e aos seus desejos com frequência por respeito extremo. Sendo ela o berço de acolhimento, chegamos a sentir que todas as nossas respostas serão dadas nesse meio. Entretanto o que acontece é justamente o contrário, isso porque abrimos mão de quem somos para nos tornamos quem eles querem.

É mais comum do que pensa as pessoas abandonarem nossas próprias vidas para viver o sonho de alguém. Seus projetos permanecem em segundo ou terceiro plano para dar lugar aos sonhos que não puderam realizar. Em geral, isso não é pedido, mas acabamos nos sacrificando por amor para realizá-lo e sentir que pertencemos à família.

Mais uma vez, a psicogenealogia ajuda a quebrar esse abuso familiar e emocional alimentado por nossa vontade de acolhimento. Entenda que o respeito e amor devem sempre existir como forma de respeitar os ancestrais. Contudo, não podemos deixar de sermos quem somos para fazer a felicidade de alguém e abdicar da nossa.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Exemplos

    A psicogenealogia se mostra bem aplicada para trabalhar programações superiores que acabam inibindo a nossa vontade. Muitas peças que nos são entregues criam uma barreira que limita a nossa existência e força de fazer acontecer. Por exemplo:

    Pontos fracos

    Note que, por muitas vezes, você perdeu inexplicavelmente algo que parecia tão fácil e próximo de si. Esse tipo de terapia consegue dissolver esse impedimento porque te dá a compreensão clara sobre ele. Com isso, pode se preparar melhor com base no que descobriu para entregar sua melhor participação e poder de escolha.

    Crenças

    Infelizmente, somos regidos por pensamentos limitantes a respeito das pessoas e da própria vida, impedindo um contato maior com eles. O problema é que acabamos levantando ideias erradas e que formam um equívoco muito perigoso sobre o que não convivemos. Por meio dessa terapia entendemos os pilares mal fundados sobre essas crenças e acabamos derrubando elas.

    Comportamento

    A árvore genealógica assume um contato direto sobre como agimos na vida para o bem ou ao mal. Dependendo de como isso se desenrola, é preciso revitalizar a postura para que assim ressignifiquemos nossa trajetória. Por mais natural que seja, alguns comportamentos são nocivos, limitantes e acabam nos afastando de peças essenciais em nossa existência.

    Os ganhos

    Mesmo sendo algo complexo, a aplicação da psicogenealogia é algo bastante benéfico ao nosso desenvolvimento. Fazendo uma analogia simplista, é como destrancar uma porta há muito tempo esquecida em nós mesmos. Nesse caminho, acabamos nos beneficiando de:

    Autoconhecimento

    Conhecer a própria essência é uma jornada interessante e importante a ser feita em qualquer época da vida. É compreender melhor do precisa e quais caminhos trilhar para que isso se torne possível. Ademais, estabelecer um vínculo com você mesmo é importante para trabalhar o seu amadurecimento no decorrer da vida.

    Autonomia

    Ser independente é um manifesto de que sabe tudo aquilo de que necessita e pode fazer por si mesmo. Quando se desprender das influências do seu histórico, conseguirá decidir por quais caminhos quer e pode trilhar.

    Sensibilidade

    Por fim na lista, ter sensibilidade envolve a percepção de captar nuances importantes à sua jornada e a você mesmo. É como andar com uma alerta, entendendo rapidamente os envolvimentos que faz com o mundo ao redor. Além de suas emoções, pensamentos e ações, a forma de refletir tudo isso ao mundo é maravilhosamente trabalhada.

    Curso psicogenealogia online

    Falando em aperfeiçoamentos da psicogenealogia, um curso se mostra uma entrada para os terapeutas dessa área. Muitas instituições combinam aulas online com cursos presenciais para desenvolver a prática do trabalho. Seguindo um cronograma, as provas são aplicadas ao fim para avaliar a sua capacidade de absorção e implementação.

    Antes de iniciar essas aulas, recomendamos que faça primeiro um curso online de Constelação familiar para ter estrutura. O trabalho da Constelação é enriquecedor por si só, sendo incrementado com a prática da psicogenealogia. Para estruturação básica, a Constelação abre as portas, dando a estrutura para explorar a sua árvore genealógica posteriormente.

    Considerações finais sobre psicogenealogia

    A psicogenealogia faz um resgate das causas de nossos males atuais através da nossa árvore genealógica. É identificar quem ajudou a construir a nossa essência e também enxergar como agiu em direção a nós. Basicamente, é identificar as heranças e como elas nos influenciaram a sermos quem somos.

    Ressaltamos que pesquisam estão ativas para justificar a razão de existir desse trabalho e defender a sua atuação. Ou seja, não tenha medo de investir nessa proposta para que consiga se entender melhor como merece.

    Um caminho já estabelecido para o desenvolvimento pessoal é se inscrever em nosso curso online de Constelação familiar. Por meio dele, você pode lapidar o seu autoconhecimento e entrar em contato com sua essência e potencial de crescimento. Servindo de base à psicogenealogia, a Constelação familiar é uma forte aliada para garantir o seu sucesso e prosperidade.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    dez − cinco =