Constelação e RelacionamentosConstelação Familiar

Exercitando a paciência: 12 dicas poderosas

Há dias que a gente só está saturado e qualquer coisa nos tira a paciência. Porém, para vivermos em sociedade é preciso usar do autocontrole, algo que não é fácil. Por esse motivo, nós listamos as 12 melhores dicas para você desenvolver a habilidade de responder a problemas e irritações cotidianas de maneira mais paciente.

Falaremos sobre 12 dicas para que você alcance isso, mas antes consideramos importante definir o que é paciência. Confira!

 

O que é a paciência

A paciência é considerada uma virtude que se baseia no autocontrole emocional. Isso quer dizer que, com ela, nós suportamos situações desagradáveis e incômodos sem perder a calma e a concentração. Assim sendo, a paciência é baseada principalmente na tolerância. Além disso, pode significar perseverar sobre algo como, por exemplo, quando esperamos por algo.

De acordo com o prisma religioso, a paciência é uma das virtudes advindas do Espírito Santo. Nesse contexto, essa virtude está ligada a perseverança na fé e na compreensão.

Por outro lado, “perder a paciência” é perder o controle, ou seja, não agir com tolerância e perseverança diante uma situação. Quando dizemos que a “paciência tem limite”, na verdade estamos querendo dizer que nós temos limites. Com essa frase tão repetida, indicamos que podemos ter paciência com certas situações, mas não quando elas se repetem exaustivamente.

 

12 dicas poderosas para adquirir paciência

Agora que conseguimos pensar sobre a definição de paciência, vamos às dicas para desenvolvê-la.

 

1. Autoconhecimento

Na jornada da vida, provavelmente, o autoconhecimento é a ferramenta mais importante para tudo. Afinal, é somente através disso que entenderemos o que nos afeta, por que essas coisas nos afetam e o que provocam em nós.

Seja através de terapia ou de exercícios que fazemos sozinhos, entenderemos quem somos. Com isso, conseguiremos identificar pensamentos, entender nosso corpo e mente. Sendo assim, entenderemos nossos limites e saberemos agir diante de atitudes que nos machucam. Ou seja, não seremos pegos de surpresa.

Outro ponto importante que o autoconhecimento nos ajuda é em relação à paciência. Muitas vezes nossa mente se rebela contra a espera e acreditamos que estamos fazendo algo errado ao aguardar. Saber identificar se pensamos assim nos ajudará a tem uma postura mais séria e menos vitimista ou impulsiva a respeito do mundo. Nem tudo acontece quando queremos.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

     

    2. Aceitação

    Como dissemos, a paciência está relacionada à tolerância. Dessa forma, é preciso tolerar as dificuldades. Não queremos dizer que temos que ser omissos ou acomodados. Não! Precisamos sempre lutar pelo que acreditamos ser justo, porém, é preciso aceitar que no caminho encontraremos adversidades.

    Só através da aceitação que aprenderemos como enfrentar o que tenta nos desestabilizar.

     

    3. Visualização

    Como dissemos, através do autocontrole poderemos saber o que nos irrita. Em posse disso, poderemos visualizar essa situação num espectro futuro. Durante esse processo, podemos pensar em como agir ali com calma.

    Ou seja, essa dica nos ajuda a projetar situações. Isso nos prepara para não sermos pegos de surpresa. Consequentemente, teremos mais paciência mesmo quando estivermos em posições que não queremos.

     

    4. Repensar

    É importante não apenas projetar situações futuras. É importante que repensemos situações pelas quais já passamos. Pode ser algo muito antigo, ou que aconteceu hoje. Porém, é preciso analisar o porquê de as coisas nos machucarem e como reagimos a elas. A paciência nos afasta da possibilidade de sermos seres reativos no que diz respeito a respostas explosivas e impensadas.

    Somos seres em busca do controle de nós mesmos.

     

    5. Escutar

    Além de escutar a nós mesmos, é preciso escutar o outro. É um exercício difícil, porque muitas vezes o outro nos machuca. No entanto, não buscar entender a situação só nos afasta da evolução. Além disso, entender o outro nos ajuda a ter paciência com as dificuldades que alguém externo a nós enfrenta.

     

    6. Dar um tempo

    A gente acabou de falar sobre a importância da escuta. Porém, há momentos em que nossos sentimentos estão tão aflorados que precisamos nos distanciar.

    Nessas horas, você tem o direito de sair do lugar onde está e respirar. Assim você poderá retomar o autocontrole e ver a situação para além da raiva do momento. Quando você voltar estará com a paciência recalibrada.

     

    7. Meditação

    A meditação é uma ótima ferramenta para nos conectarmos com o presente e entendermos que o tempo é passageiro. Além disso, ela nos ajuda a aceitar as sensações, as adversidades e controlar os pensamentos.

     

    8. Relaxamento e respiração

    Tanto os exercícios quanto a respiração nos ajudam a diminuir as sensações fisiológicas que têm origem em estados emocionais conturbados. Por exemplo, quando estamos com raiva a nossa respiração acelera, nosso corpo treme. Isso nos leva à perda de controle. Contudo, quando aprendemos a relaxar e respirar, aprendemos a controlar essas sensações.

     

    9. Organização

    Uma situação que nos tira a paciência é nos deparamos com problemas grande demais. Nessas situações nós nos sentimos incapazes e frustrados.

    Um método para nos auxiliar nisso é traçar metas. Ou seja, estabelecemos pequenas ações para resolvermos o problema. Essa é uma estratégia que nos deixará mais pacientes par esperar pelos resultados que desejamos.

     

    10. Aguardar a hora certa para decidir

    Uma das dicas mais valiosas que recebemos na vida é não decidir nada na euforia. Isso se deve a nossa habilidade de julgamento estar baixa nesses momentos. Ou seja, não pensamos bem como isso impactará em nossas vidas futuramente.

    Assim sendo, mesmo quando estamos muito felizes ser paciente é necessário. Fica evidente, nesse caso, que a impaciência não necessariamente está atrelada à sensações negativas, pois podemos agir impulsivamente motivados pela euforia.

     

    11. Desenvolvimento de boas habilidades sociais

    Viver em sociedade exige muita paciência. Afinal, ninguém é como o outro. Nós crescemos em famílias com suas peculiaridades. Temos valores e crenças que são nossos. Consequentemente, o outro também os têm. Nem sempre encontraremos pessoas muito parecidas e nem sempre podemos escolher com quem nos relacionamos.

    Por esse motivo, é preciso aprender a conviver com as pessoas. É necessário saber como se expressar e, dessa forma, estabelecer comunicações assertivas. Fazendo esse esforço, não precisaremos ser agressivos ou submissos aos outros. Aprenderemos a ser empáticos e pacientes.

     

    12. Procurar ajuda

    Nem sempre será fácil procurar ajuda. No entanto, para algumas pessoas o que é complicado para alguns é muito mais difícil. Se esse é seu caso, procure ajuda. Não há mal nenhum em reconhecer que não consegue sozinho. O verdadeiro problema é perder o controle constantemente e machucar os outros e a si mesmo.

    A constelação familiar é uma terapia que poderá te ajudar a entender o que o motiva a estar assim. Além disso, os consteladores poderão te ensinar a usar ferramentas eficazes para trabalhar tsua impulsividade e impaciência.

     

    Comentários finais a respeito de adquirir paciência

    Durante toda a nossa trajetória passaremos por situações difíceis. Muitas vezes nós teremos que enfrentar tensões que quase iremos explodir. No entanto, é preciso paciência para alcançar nossos sonhos. Precisamos desenvolver nosso autocontrole e assim seremos felizes.

    Além disso, lembre-se que para evoluirmos precisamos aprender a enfrentar o que nos afeta. Pode doer, mas a Constelação Familiar nos mostra como isso nos fará mais fortes. Seja paciente e não esqueça que você precisa focar na sua felicidade. Seja livre e a paciência vai te ajudar.

    Nesse contexto, por fim, reiteramos que estudar sobre constelações familiares é interessante. Em nosso curso de Constelação Clínica 100% EAD, você verá como isso se aplica na prática. Esse curso é totalmente online e tem início imediato. Nele, você verá mais sobre temas relacionado a paciência, felicidade e também perdão. Não perca essa chance!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    3 × 2 =