Constelação e vida diáriaConstelação Familiar

Gratidão, positividade e atitudes positivas: 9 ideias

Diante desse estado de calamidade que enfrentamos por causa da pandemia de COVID-19, está difícil manter 3 aspectos indispensáveis para cultivar nossa saúde mental. São eles: a gratidão, a positividade e as atitudes positivas. Nesse contexto de tanta confusão, medo e angústia, é importante lembrar de medidas que vão nos ajudar a enfrentar os tempos difíceis com a saúde emocional que eles pedem de nós. Vamos tentar?

Conceitos para aprender: gratidão, positividade e atitudes positivas

O que é gratidão?

Bom, em linhas gerais, a gratidão é a característica que define a pessoa que é grata por qualquer benefício concedido a ela. A princípio, esse é um termo muito conhecido da tradição religiosa cristã. Na Bíblia, Deus pede de seus filhos que sejam gratos por tudo no famoso versículo:

Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco. (1 Tessalonicenses 5:18)

Não só é a vontade de Deus, como temos muitos motivos para isso. Para quem acredita em Deus, somos abençoados por Ele com o suprimento de nossas necessidades básicas e muitos outros benefícios.

Até mesmo para não segue as religiões que nasceram do Cristianismo, a gratidão é um conceito muito importante. Quem segue a filosofia budista, por exemplo, segue a orientação de ser grato tal qual orientado por diversos mestres. Alguns deles são:

  • Nitiren Daishonin,
  • Monja Isshin.

A diferença do budismo para o Cristianismo, nesse contexto, é o fato de que o budismo nos orienta a sermos gratos a pessoas também. Não estamos dizendo que os cristãos não o sejam, mas no budismo essa orientação é mais direta.  De acordo com Nichiren Daishonin:

“Aquele que estuda os ensinamentos do budismo não deve deixar de saldar as quatro dívidas de gratidão” (CEND, v. I, p. 44).

Essas dívidas são débitos com:

  • todos os seres vivos,
  • com o pai e a mãe,
  • com o soberano,
  • e com os três tesouros – o Buda, a Lei e a Ordem budista.

A diferença entre positividade e as atitudes positivas

No caso da positividade, a definição do termo é “a virtude daquilo que é positivo”. Nesse contexto, tanto pessoas como atitudes podem ser positivas. Assim, a pessoa positiva é aquela que, de alguma maneira vive a positividade porque é um traço inerente de sua personalidade ou porque o exercita.

Aproveitando que estamos falando em exercício de positividade, essa decisão pode vir por meio de atitudes positivas. Aqui cabe uma distinção: é possível ser uma pessoa positiva sem agir positivamente. Portanto, positividade e atitudes positivas não são a mesma coisa.

Por exemplo, é perfeitamente possível ser uma pessoa cheia de otimismo e, ao mesmo tempo, não transmitir esse sentimento para quem está perto de você fazer a constatação. Caso você seja alguém introvertido, não significa que você não seja positivo necessariamente.

O que você encontrará neste texto

Considerando as diferenças entre gratidão, positividade e atitudes positivas, separamos para você 9 dicas para você exercitar cada uma dessas medidas de saúde mental. Separamos 3 para cada medida, assim você consegue ter uma dimensão de como elas são diferentes, mas igualmente importantes. Confira!

Gratidão: 3 dicas práticas para exercitar no seu dia a dia

Agradeça quando alguém faz algo bom por você

Vamos focar aqui naquela discussão sobre budismo e Cristianismo que comentamos mais acima. Se você acredita em Deus, é importante ser grato pelas coisas que Ele faz. Contudo, não esqueça também que muitas pessoas agem com graça conosco. Nesse contexto, é importante pelo menos verbalizar a sua gratidão pelo benefício que alguém fez para você. 

Aprenda a enxergar aspectos bons de sua individualidade todos os dias

Se você já é grato às pessoas que fazem parte da sua vida direta ou indiretamente, será que você é grato por ser você? Sabemos que essa é uma pergunta difícil. No entanto, você deve pensar muito a respeito dela.

A forma como nos enxergamos diz muito sobre a maneira com que nos projetamos no mundo e como lidamos com as pessoas à nossa volta. Se você começar a ser mais grato por quem é, verá mudanças indescritíveis em seus relacionamentos!

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Mantenha um diário de gratidão

    Para te ajudar com essa gratidão toda, deixamos aqui a mais prática de nossas dicas. Compre um caderno simples e comece a escrever nele todos os dias (ou semana, sem pressão) os motivos que você consegue identificar para se sentir grato. A princípio, talvez você consiga identificar sempre as mesmas coisas, tais quais:

    • estar vivo;
    • família;
    • saúde;
    • comida;
    • trabalho;

    Contudo, com o exercício, você começará a aperfeiçoar o seu olhar. Quem sabe não comece a adicionar à sua lista:

    • aquele por do sol bonito que viu com os amigos ou o companheiro;
    • o elogio recebido pelo chefe e/ou colegas de trabalho;
    • um sorriso olho no olho com o seu bebê;
    • um abraço de seu pai ou da sua mãe, que você não via há muito tempo;
    • aquele botão de flor desabrochando na sua rua e te deixou encantado.

    3 medidas para você cultivar a positividade

    Leia Pollyanna com algum ceticismo, mas não muito

    Você por acaso já ouviu falar na Síndrome de Pollyanna? Muita gente define o “problema” como a habilidade de algumas pessoas de se lembrar mais do que acontece de positivo do que aquilo que acontece de negativo em suas vidas. O nome faz alusão ao romance Pollyanna, de Eleanor H. Porter. Ele narra a história de uma menina que vive enfrentando intempéries, mas continua enxergando tudo de modo positivo.

    Leia o livro, ainda que um pouco de ceticismo seja recomendado. Ele pode ajudar você a cultivar positividade de uma maneira que você não pensou ainda. A inocência do romance é admirável e traz à baila a nossa necessidade de dar um pouco mais de beleza a vida.

    Quando for reclamar de algo negativo, faça o exercício de identificar o que essa situação pode ensinar a você de imediato

    Tudo bem reclamar. É impossível viver sem, muitas vezes, se sentir incomodado ou indignado com o jeito como as coisas acontecem no mundo. Contudo, faça o exercício de apresentar um contraponto à sua reclamação sempre que possível.

    É bem simples a ideia. Por exemplo, se você está chateado com um erro do seu cônjuge, pode pensar: “essa é uma boa oportunidade para conversar sobre o nosso relacionamento e chegarmos a um alinhamento”.

    Evite reagir emocionalmente às situações negativas

    O ponto acima se relaciona diretamente ao que temos a dizer por último no que tange à positividade. Muitas vezes, temos o hábito de reagir emocionalmente às coisas que acontecem conosco. Um ponto fora da reta em um dia perfeitamente programado é suficiente para nos tirar do sério. Nesse contexto, é importante aprender a não se desequilibrar quando as coisas fogem do planejado. Essa é uma habilidade muito importante!

    Precisando de ideias para colocar em prática mais atitudes positivas? Confira estas 3 que separamos

    Incentive pessoas em vez de ser aquele que joga o balde de água fria nos sonhos do outro

    Falar de atitudes práticas é muito mais fácil e rápido. Assim, não nos delongaremos por aqui. Em resumo, seja uma pessoa que não torna a vida do outro mais pesada. Incentive, promova e apoie.

    Não assista tantos noticiários ou programas sensacionalistas

    Ademais, para o seu próprio bem, corte pela metade a quantidade de noticiários que assiste. Embora seja legal se manter informado até para formar o pensamento crítico, você não precisa se submeter ao excesso de notícias negativas que vem em nossa direção. Seja seletivo e criterioso ao cuidar de sua saúde mental!

    Seja criterioso com o tipo de pessoa com quem anda

    Por fim, seja muito seletivo. Essa é uma dica que parece dura, mas que pode te dar momentos de muita paz nos dias em que se sentir sensível. Evite estar o tempo todo com pessoas negativas, apesar de elas fazerem ou não parte do seu dia a dia.

    Ainda que tenha pais difíceis e um chefe complicado, será que você precisa compartilhar da mesma vibe o tempo inteiro? Pense nisso e reflita sobre maneiras para se distanciar emocionalmente desse tipo de pessoa.

    Considerações finais

    Esperamos ter ajudado você com essas 9 dicas para cultivar a gratidão, a positividade e as atitudes positivas! Para saber mais sobre terapias e maneiras de ajustar o comportamento humano, faça nosso curso de Constelação Clínica 100% online! Temos muito mais orientações bacanas com professores capacitados e competentes. Confira!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    13 − seis =