Constelação e RelacionamentosConstelação Familiar

Como voltar a confiar em alguém após uma decepção?

Todo mundo já deve ter passado pela experiência de ter confiado em uma pessoa que acabou decepcionando de alguma forma. No texto de hoje, vamos ensinar a como confiar em alguém após uma decepção.

É importante ainda ter em mente que não vamos te dizer como evitar se relacionar com pessoas que decepcionam, porque todas elas têm o poder de fazer isso.

Todo mundo erra, até aquelas em que você mais se apoia e ama, pois todos nós temos o poder de decepcionar. Portanto, o foco é, em outras palavras, liberar o perdão e confiar de novo.

O conceito de confiança

Antes de mais nada temos que entender o conceito de confiança, afinal, é um tema polêmico, já que dificilmente pessoas que têm a confiança quebrada conseguem confiarem de novo.

Assim sendo, o que é confiar e qual o nível mais adequado de confiança? Para os psicólogos Rousseau, Sitkin, Burt & Camerer, confiar é um “estado psicológico que se caracteriza pela intenção de aceitar a vulnerabilidade, com base em crenças otimistas a respeito das intenções (ou do comportamento) do outro”.

Para ficar mais claro, vamos explicar esse definição

Confiar é um estado psicológico que…

  • que se caracteriza pela intenção: ou seja, trata-se da disposição interna de alguém. Confiar é voluntário.
  • de aceitar a vulnerabilidade: ao confiar, você topa aceitar a vulnerabilidade do outro. Contudo, isso não acontece sem expectativas.
  • com base em crenças otimistas a respeito das intenções (ou do comportamento) do outro: como dissemos antes, a confiança é uma disposição voluntária de aceitar a vulnerabilidade, mas tendo em vista que o outro não vai te ferir. Portanto, a confiança é otimista.

Gradações de confiança

Tendo em vista o que nós dissemos, você pode imaginar que a confiança também é uma questão binária. Ou confia, ou não confia. No entanto, precisamos alertar você de que não é bem por aí.

Saiba que a sua disposição de confiar pode vir em gradações. Ou seja, à medida em que você se abre para conhecer. Assim sendo, não é bom nem se abrir com tudo nem se fechar com tudo.

Pessoas que não merecem a sua confiança podem te julgar fácil demais de enganar enquanto boas pessoas podem enxergar um relacionamento com você como um desafio. Ora, você já deve saber que nenhum desses cenários é ideal!

A diferença entre perdão e confiar em alguém depois de uma decepção

Apesar de parecerem complementares, existe uma grande diferença entre perdoao e confiar de novo. Alguns relacionamentos a gente decide abandonar porque são tóxicos e nos fazem mal. No entanto, isso não é verdade para todo mundo com quem a gente se relaciona.

Nesse contexto, é importante saber decidir em qual relacionamento ainda vale a pena investir. A princípio parece que você está descartando alguém importante. Contudo, se não souber se afastar, vai acabar descartando a sua saúde mental e bem-estar. Se abdicar totalmente em favor de uma pessoa não é uma boa decisão, principalmente quando essa pessoa só te faz mal.

Disposições distintas

Agora veja que confiar em alguém não é a mesma coisa que perdoar. Assim, ainda que você se afaste, isso não significa que você não perdoou. E isso tem que ficar muito claro tanto para você quanto para quem estiver envolvido nesse relacionamento tóxico.

Estamos falando aqui de duas disposições voluntárias diferentes. No perdão, você se dispõe a esquecer uma ofensa. Na confiança, você se dispõe a aceitar a vulnerabilidade de quem te fez mal. Obviamente, não é mesma coisa porque aceitar a vulnerabilidade de uma pessoa tóxica é também se colocar em uma posição de vulnerabilidade extrema.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Se fosse aceitável fazer isso, mulheres não morreriam todos os dias como vítimas de companheiros abusivos. Muitas fogem e se afastam, mas muitas continuam encarando a vulnerabilidade do agressor. Esse é um exemplo realmente radical, mas com ele você consegue enxergar o quão longe um relacionamento tóxico pode chegar.

    A importância dos limites na hora de voltar a confiar em alguém

    Você lembra o que nós dissemos sobre a gradação na confiança? Então tome todo o cuidado para retornar a sua confiança a uma pessoa que te feriu. Perdoar é totalmente ok e é um ato muito incentivado pela Constelação Familiar, até porque é uma decisão que soluciona conflitos por gerações. No entanto, se colocar em uma posição de vulnerabilidade de novo é uma decisão que precisa de tempo para ser tomada.

    Assim, em vez de confiar muito a uma pessoa que te feriu, que tal voltar a devolver essa confiança aos poucos? Imagine que sua confiança é como um jarro cheio de pílulas. A pessoa que te feriu também tem um jarro, só que este está vazio e com um buraco tapado com fita crepe. Se você jogar todas as suas pílulas ali, com certeza a fita vai romper e você vai perder o que depositou. Assim sendo, vá com calma. Uma coisa por vez.

    Cuidado com a codependência

    Falando ainda em confiança, é importante deixar uma indicação de leitura para você. Na verdade, nossa recomendação é que você leia o nosso artigo sobre codependência. Esse tema é muito presente nas famílias em que há um dependente químico, por exemplo. Nesse tipo de ambiente é muito fácil você se deixar envolver demais pelos problemas do outro, de modo que ele te decepciona constantemente. 

    Saber como funciona a codependência vai te ajudar a saber os limites do seu envolvimento. Além disso, verá que há maneiras de se proteger no tocante ao que o outro faz com ele mesmo. Muitas pessoas perdem a confiança em situações que nada tem a ver com elas.

    5 medidas importantes para voltar a confiar em alguém sem esperar demais ou de menos

    1 – Seja aberto sobre como está se sentindo

    Não oculte seus sentimentos. Avise quando for ferido tanto para seu “agressor” quanto para alguém de sua confiança. Pode ser um amigo, parente ou até um profissional.

    2 – Se afaste emocionalmente em aspectos que te fazem mal

    Muitas vezes a pessoa em que você quer voltar a confiar não pode ser afastada fisicamente de você. Um filho com problemas na escola, por exemplo. Quem em sã consciência abandonaria uma criança com problemas? Em contextos assim, é importante procurar a raiz do problema para solucioná-la. Ao final deste artigo nós te apresentamos uma maneira de fazer isso!

    3 – Avise o que você vai ou não aceitar em termos de comportamento

    Mais acima nós comentamos sobre a importância dos limites. Você e seus sentimentos não são casa de ninguém. Todo relacionamento se beneficia da imposição de limites combinados entre os envolvidos. Eles garantem uma boa convivência e, quando acordados em conjunto, são um sistema de combinados com consequências a que sempre se pode voltar.

    4 – Construa uma rede de suporte profissional e emocional

    Se não tem ninguém próximo para conversar com você, como é o caso de muitas mulheres que moram sozinhas, é importantíssimo ter uma rede de suporte. Essa rede pode ser tanto profissional quanto emocional. Terapia e grupos de apoio são muito bem-vindos.

    5 – Aja de acordo com os limites estabelecidos por você

    Se você disse que vai tomar uma medida severa ao ver sua confiança ser desafiada novamente, tome. Isso faz parte de se mostrar como alguém que não está para brincadeira com a própria vulnerabilidade.

    Você pode até sentir dor na hora, mas saiba que essa dor é momentânea e significa que você está se amando e amando o outro.

    Considerações finais sobre voltar a confiar em alguém

    Tendo em vista tudo o que já dissemos, não poderíamos deixar de indicar para você uma maneira de aprender a lidar com limites. Trata-se de nosso curso de Constelação Clínica 100% online, onde você vai aprender sobre comportamento, como confiar em alguém de novo, vida diária, relacionamentos e solução de conflitos. Confira!

    One thought on “Como voltar a confiar em alguém após uma decepção?

    1. Adorei o artigo,
      me ajudou a entender mais sobre a confiança em si.
      Sou extremamente positiva e nunca havia ligado isso a confiança mas é real, facilmente confio em muitas pessoas e me aproximo delas.
      Muito inteligente seu post!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    3 × 3 =