Constelação e vida diáriaConstelação Familiar

Você Pode Curar sua Vida: 7 dicas do livro

Você pode curar sua vida

Todos nós sempre encontramos uma maneira para lidar com as dificuldades cotidianas. Com a ajuda do livro Você pode curar a sua vida, Louise Hay ensina aos leitores como fazer autoanálises profundas. A nossa equipe selecionou sete dicas preciosas dessa leitura para você transformar a si mesmo.

Dica 1 – O seu pensamento influencia o seu mundo

Segundo o livro Você pode curar sua vida, nós influenciamos as nossas vidas por meio do pensamento. Ou seja, a maneira como nós vemos a vida afeta o mundo físico ao redor. Assim, Louise Hay em seu livro afirma que nós atraímos aquilo que imaginamos, sejam coisas boas ou ruins.

De acordo com Louise Hay, as pessoas devem focar os seus pensamentos no momento presente. Se uma pessoa pensa de forma positiva ela cria expectativas positivas para o amanhã. Logo, as pessoas devem usar o poder do pensamento a favor delas a fim de criar um amanhã mais produtivo.

Dica 2 – A falta de perdão adoece

No livro de Louise Hay a autora indica que não perdoar as pessoas pode nos adoecer. A autora de Você pode curar sua vida ressalta a importância da autoavaliação para as pessoas saberem quem perdoar. Talvez você precise perdoar aquela pessoa que mais te incomoda e deixar a sua dor ir.

Entretanto, você perdoar alguém não significa ignorar os comportamentos errados dessa pessoa. Se uma pessoa perdoa outra ela está dizendo para si mesma que deseja abrir mão de um sentimento ruim. Logo, a pessoa que sabe perdoar não acumula mágoas que causam algumas doenças.

Para Louise, é mais fácil uma pessoa olhar para a própria dor que enxergar a dor dos outros. Nós não precisamos guardar rancor de alguém, ainda que uma pessoa tenha nos feito algum mal. Contudo, nós nunca devemos esquecer o mal que nos fizeram, pois perdoar não significa esquecer atitudes.

Dica 3 – Não se deve culpar os pais

As pessoas tratam os pais da mesma maneira que foram tratadas quando eram crianças. Dessa forma, os filhos se tornam um reflexo da educação familiar que receberam quando eram menores. Assim, é provável que uma pessoa se enxergue da mesma forma que os pais dela a enxergavam.

Segundo o livro Você pode curar sua vida, os adultos recriam a vivência familiar da infância. Além disso, as pessoas também projetam em suas relações as figuras dos seus pais. Tudo porque os pais são os primeiros modelos de relacionamento que nós temos na vida.

Todavia, Louise Hay afirma que nós não devemos culpar os nossos pais, pois talvez eles não deram o que não podiam dar. Ou seja, os pais fazem o que podem a fim de criar os filhos da melhor forma. Uma pessoa precisa entender a infância dos seus pais com o objetivo de compreender a história de vida deles.

Dica 4: Faça uma faxina na sua mente

Uma pessoa sempre precisa de uma autoavaliação a fim de entender as suas experiências pessoais. Por meio dessa autoavaliação qualquer pessoa perceber o que a impede de ser feliz de verdade. Ainda que seja difícil, é possível melhorar o seu autoconhecimento com o intuito de desfazer crenças limitantes.

Como resultado, você:

Melhora a capacidade de avaliação

Todas as pessoas que fazem uma avaliação da própria vida têm mais chances de resolverem seus problemas. Mesmo que você não supere logo uma dificuldade, você descobre um plano de ação para resolvê-la. O segredo é você conhecer as próprias capacidades e necessidades.

Supera o medo das mudanças

Mudar nunca é fácil e você, assim como muitas pessoas, já teve medo de fazer escolhas importantes. Entretanto, você saberá o precisa para crescer somente quando descobrir o seu potencial.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Torna-se mais paciente

As pessoas que desejam resultados imediatos sempre ignoram etapas importantes para solucionar um problema. Ser paciente te torna menos resistente aos processos que você não gosta, mas deve fazer. Além de aprender mais, você também percebe o que precisa ser feito para mudar o mundo ao redor.

Leia também:  Significado de honrar para a Constelação Familiar

Dica 5 – Suas palavras possuem força

Em suma, tudo o que nós falamos influencia de forma direta os nossos pensamentos. Dessa forma, quando uma pessoa diz palavras positivas para si ela se motiva a alcançar os próprios objetivos.

Em seu livro Você pode curar sua vida, Louise Hay afirma que as pessoas devem pensar naquilo que desejam. Com essas afirmações, uma pessoa aumenta a sua autoestima, aprovando as próprias metas e ações para realizá-las. Quem pensa positivo deve sempre torcer por si mesmo.

Dica 6 – Volte a amar a si mesmo

As pessoas quando são crianças ou bebês não carregam bloqueios e filtros na sua maneira de pensar. Logo, elas se expressam sem medo e amam os outros e a si próprias com facilidade. Entretanto, quando adultas, elas valorizam o medo e outras sensações negativas, esquecendo de se amarem.

A sexta dica que nós trazemos do livro Você pode curar sua vida é : se ame como fazia quando criança. Nunca sinta vergonha de abraçar a si mesmo para dizer que se ama. Você demonstra esse carinho por si quando:

Valoriza os seus pontos positivos enquanto tenta melhorar os pontos negativos,

Não se cobra demais, exigindo muito de si mesmo sempre,

Sempre que atingir uma meta, se recompensa, reforçando que você é capaz de conquistar seus objetivos.

Dica 7 – Você não é perfeito, e tudo bem

Segundo Louise Hay no livro Você pode curar sua vida, as pessoas devem se valorizar mais. Ou seja, as pessoas devem amar a si mesmas em vez de apenas valorizar os outros. Quem valoriza demais os outros a fim de obter a aprovação deles se torna uma pessoa infeliz.

Por isso que uma pessoa sempre deve apoiar a si mesma e aos objetivos da sua vida dela. Nenhuma pessoa é capaz de valorizar os outros somente para preencher a falta de amor próprio de alguém. Dessa forma, se uma pessoa aprende a aceitar as próprias falhas e se amar ela tem mais chances de ser feliz.

Se uma pessoa é capaz de se amar ela, sem dúvida, é alguém mais forte e saudável, além de ser feliz. Amar-se também significa confiar em si mesmo e se aceitar como você é.

Considerações finais sobre Você pode curar sua vida

A maior lição que nós tiramos do livro Você pode curar sua vida é que a força vem de dentro. Desse modo, nós sempre podemos ir longe quando valorizamos a nossa força interior. Com a ajuda do autoconhecimento, qualquer pessoa entende como aproveitar o potencial que possui.

As pessoas têm nesse livro um manual de como aprender lições valiosas para a vida. Já que a mudança começa por dentro, os leitores entendem que a chance de melhorar o futuro é no presente.

Que tal você praticar as dicas do livro Você pode curar sua vida com o nosso curso online de Constelação familiar? O nosso curso é a ferramenta ideal para você desenvolver o seu poder interno e autoconhecimento. Garanta já a sua vaga por um valor acessível e entenda melhor como curar a sua vida e mudar o eu futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =