Constelação FamiliarTranstornos

Terapia floral: como funciona?

terapia floral como funciona

A terapia floral visa uma melhora significativa envolvendo problemas psíquicos, e vem ganhando cada vez mais espaço.

Profissionais da área de terapia floral têm essa experiência diária de acompanhar uma grande evolução e dos pacientes por meio de uma maior autoconsciência. Assim, em consequência disso, a terapia floral proporciona um reencontro consigo mesmo.

Esses profissionais trabalham de maneira efetiva. Ademais, têm plena ciência de como a técnica aplicada corretamente pode trazer diversas vantagens.

Os benefícios da terapia floral vêm sendo observados, não somente pelos especialistas da área, mas também por outros profissionais. São exemplos os médicos, psiquiatras, psicólogos, psicanalistas, pedagogos, dentre outros.

O que a Organização Mundial da Saúde diz a respeito disso?

A OMS declarou em 1978, durante a Conferência Internacional sobre Cuidados Primários de Saúde, que a prática da terapia floral, através de do uso de medicamentos(essências florais) pode ser efetiva em diferentes situações particulares.

Ainda nessa mesma conferência, reconheceram que ainda que o medicamento seja sugerido de forma equivocada, não traz prejuízos.  Efeitos colaterais também são desconhecidos.

Um pouco sobre a história da terapia floral

Desde que a terapia floral foi descoberta e sistematizada pelo Dr. Bach durante a década de 1930, um número considerável de pessoas foi beneficiado pelo seu uso.

Atualmente, a terapia floral é reconhecida como uma área do conhecimento com diversos fundamentos. Além disso, é bem estruturada. Nesse contexto, através dela é totalmente possível atingir um equilíbrio emocional e comportamental. Isso de forma simples e bem suave.

Aplicação da terapia floral

A terapia floral pode ser recomendada para auxiliar no tratamento de diversos distúrbios emocionais e também comportamentais. São exemplos: déficit de atenção, TOC, carência emocional, pessoas que sofreram algum tipo de trauma, trata instabilidades do humor, depressão, dentre outros.

Resultados efetivos

Para obtenção dos resultados desejados, as orientações devem partir de um terapeuta especializado. Além disso, um profissional da área da saúde deve ser devidamente treinado para aplicação da terapia.

A pessoa interessada pode também, por si mesma, procurar informações com relação a aplicação destas técnicas. Dessa forma, adquirindo o conhecimento necessário para fazer aplicação em si mesma. No entanto, recomendamos sempre a consulta a um profissional da saúde antes de ingerir qualquer medicamento.

Onde posso fazer a aplicação da terapia floral?

A aplicação da terapia floral não se limita ao centro especializados desta área. Nesse contexto, ela tem ganhado espaço em asilos, escolas, em hospitais antes da realização de alguma cirurgia, e também no pós-operatório, dentre outros locais.

Ela também pode ser combinada com outras terapias da medicina alternativa. Dessa forma, pode ser mais efetiva na recuperação do paciente.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Mecanismos de funcionamento

    O sucesso e efetividade na aplicação da terapia floral, se dá por conta de propriedades terapêuticas contidas nas essências florais.

    Essas essências são extraídas, em sua maioria, de plantas florais. Cada uma dessas plantas têm uma determinada propriedade. Em determinado aspecto, uma planta pode trabalhar no combate à tristeza, ativando a produção de serotonina, outra pode combater a produção de cortisol.  Dessa forma, vão combatendo diversos tipos de fobias.

    A maioria dos seres vivos compartilham as mesmas emoções. Por exemplo: humanos, cães e os gatos, dentre outros animais, têm medo, apresentam momentos de agressividade, tristeza, ousadia, dentre muitos outros.

    Por meio de pesquisas feitas pelo cientista Cleve Backster, foi comprovado que também os vegetais e plantas apresentam estados de humor, semelhantes aos nossos, como alegria, medo, ansiedade, empatia, dentre outros.

    Assim, nesta perspectiva, trabalhando com essências florais com ondas positivas, é possível manipular o humor dos seres vivos.

    Do ponto de vista espiritual, a terapia floral, resgata essa consciência, trazendo consequentemente uma sensação de bem-estar e conexão com o divino.

    Nesse contexto, trata-se de uma terapia que pode ser uma boa opção:

    • quando a pessoa tem ciência de que enfrenta problemas emocionais ou de ordem psicológica;

    • quando os pais, ao observar o comportamento do filho, percebem que ele enfrenta dificuldades;

    • quando sente-se a dificuldade de se desenvolver, dado um padrão de ações improdutivas;

    • ou quando alguém está passando por um momento grave de doença.

    Como o terapeuta ajuda o paciente?

    O terapeuta, diferentemente de um médico convencional, irá levar em questão mais o lado humano do problema que está sendo relatado pelo paciente. Isso porque ele vai sentir o problema ao estabelecer uma troca de informações com o paciente.

    Dessa forma, vai tentar compreender quais os aspectos emocionais da pessoa podem estar influenciando em problemas até mesmo físicos. A partir daí, fará a prescrição de alguma essência ou compostos de essências, que venham combater de forma natural, esta anormalidade.

    Após iniciado o tratamento, é recomendável que o próprio paciente se questione de qual era o estágio inicial de quando começou o tratamento. Além disso, deve ficar atento ao modo como isso está evoluindo. Nesse contexto, se a pessoa ainda não atingiu um nível de melhora satisfatória, pode continuar o tratamento, até que apresente alguma melhora.

    Terapia de forma complementar

    Como a maioria das terapias disponíveis na medicina alternativa, é altamente recomendado que seja realizada de maneira complementar à medicina convencional. Isso com o intuito de intensificar o tratamento, pois não deve trabalhar sozinha.

    Lembramos isso porque existem doenças que têm sintomas altamente perigosos, que podem levar até mesmo à morte. Portanto, nesse contexto, devem ser acompanhadas através de um tratamento mais agressivo, que muitas vezes só tem solução dentro da medicina convencional.

    São aqueles que agem contra sintomas de certas enfermidades de forma mais rápida e efetiva, reduzindo riscos. Assim sendo, oferecem uma alternativa de tratamento mais efetiva e segura.

    Necessidade do tratamento por meio da terapia

    A necessidade desse tratamento, pode ser, conforme falamos anteriormente, em caráter complementar. No entanto, existem pessoas que fazem o uso da terapia por questões mais subjetivas e pessoais. Isso apenas para lidar melhor com seus próprios conflitos e encontrarem paz consigo mesmas.

    Existem pessoas que escolheram a profissão dos sonhos, mas ainda assim não se sentem felizes. Isso ocorre porque não têm liberdade dentro de determinados espaços, se sentindo sufocadas e deprimidas. Dessa forma, são levadas ao questionamento a respeito da escolha do caminho certo. Assim, por conta disso iniciam diversos questionamentos internos, o que configura uma crise existencial.

    Outras pessoas se sentem muito pressionadas, às vezes pelos outros, mas às vezes essa é uma cobrança que elas mesmas fazem consigo. Portanto, surge um complexo de perfeccionismo, em que a pessoa não encontra contentamento em nada, sempre vendo um problema mínimo para colocar tudo para baixo.

    Enfim, o ser humano é bastante complexo, e portanto, existe uma vasta gama de tratamentos para nos ajudar a encontrar o equilíbrio de que precisamos. Assim, a terapia floral vem justamente para buscar esse ponto chave, de autocontrole e conhecimento, para enfrentar o dia-a-dia, de maneira mais leve e tranquila.

    Para saber mais sobre terapias diferenciadas, como a floral, confira nosso curso EAD. Nele, você aprenderá sobre a Constelação Familiar, que pode ajudar na mediação de conflitos nos relacionamentos mais diversos.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    dois × 3 =