Constelação e Profissões

A Constelação na vida de um profissional de Teologia

teologia

A Constelação Familiar é uma terapia que abrange muitas áreas profissionais. Além disso, muitas pessoas ainda não sabem de todos os benefícios desta terapia incrível! Hoje, nós vamos apresentar a você como a Constelação Familiar e Sistêmica atua na vida de um profissional de teologia!

O que é Teologia?

A Teologia é o estudo sobre as questões acerca da existência de Deus. Por exemplo, o conhecimento sobre a divindade, sua relação com os homens e com o mundo. 

Muitas pessoas imaginam que seja apenas estudar a Bíblia Sagrada, mas o curso vai muito além disso, e tem uma duração média de 4 anos. Assim, é um curso que estuda muitas áreas, como antropologia, arqueologia, comunicação etc.

Depoimento: minha vida como profissional de teologia

Há alguns anos, participei em Belo Horizonte de um evento em Psicodrama. Fiquei fascinada, pois eu passei por uma ótima experiência, e isso me levou participar de forma mais intensa em um treinamento intensivo. E, em seguida, a trabalhar por um tempo com a técnica ajudando outras pessoas. 

Além disso, também cursei por um breve tempo Psicanálise e Psicologia. Na experiência em Psicodrama, pude compreender conflitos pessoais, como o relacionamento com minha mãe e, bem mais tarde, com meu pai, que eu nem havia sido criada com ele, mas o conheci aos 12 anos de idade. 

Nesse tempo, fui abusada sexualmente e depois moralmente. Por conta disso, tinha um senso de culpa muito grande. E, assim, quando ouvi falar sobre a Constelação familiar, percebi a profundidade e a possibilidade de conhecer e compreender mais a relação familiar e interpessoal também. 

Agora, tenho percebido como a Constelação tem ajudado uma prima e outras colegas, que mesmo sendo psicólogas, não abrem mão da Constelação Familiar e Sistêmica.

Cursei Teologia por cinco anos, sendo inclusive ordenada pastora evangélica. E, por muito tempo, usava a técnica, com resultados. Além disso, trabalhei por alguns anos em parceria com a Antiga FEBEM (Fundação Casa), e usei muito essa técnica também com os meninos. 

Como comecei a trabalhar com a Constelação Familiar?

Recentemente, uma colega que trabalha com ímãs me convidou para o curso de Constelação Familiar. Assim, fiquei entusiasmada com a possibilidade de cursar, analisando a parte financeira, tempo, o fato de ser à distância, etc.. 

E o mais empolgante: a possibilidade em trabalhar com pessoas. Isso pois parei um curso de Psicanálise, e vejo, então, uma oportunidade de cura para mim e para outros, porque nunca fui constelada, mas passei perto, creio.

Como teóloga, a exigência em aconselhamento e a técnica são muito importantes, imagino como é sendo uma consteladora! Também sou professora, mas no momento curso Inglês e estou aposentada. 

Estou sonhando em ser uma consteladora, tem sido meu objetivo e já visualizo assim. Vejo-me atendendo, constelando, me aprofundando e ganhando dinheiro, mesmo porque ganho muito pouco, mal aposentada.

Recebo em minha casa um grupo de mulheres e, dia desses, usei uma técnica do Psicodrama com uma delas, ao que após ela me disse ser parecido com a Constelação. Isso me incentiva trabalhar mais, porém,, quero desenvolver e ser uma profissional, pois gosto demais. 

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Creio que é urgente e necessário todo embasamento teórico, bem como as credenciais para o exercício de constelar outros. Sendo a Constelação “a profissão do futuro”, pois se vive dias de conflitos intensos nas mais diferentes situações, traumas e também crise e desafetos em ambientes e equipes de trabalho.

    Conclusão

    Creio que, após ter lido algo da Constelação Familiar e sobre Bert Hellinger, meu espírito está mais aguçado e sedento para estudar e aprofundar. Acredito mesmo ser a Constelação algo revolucionário para a cura dos povos doentes. 

    Por isso, gostaria de clinicar e ser remunerada, mas sinto que o voluntariado fala muito forte comigo também. Então, se eu puder fazer algo em benefício de que vidas sejam curadas vou me sentir muito realizada. Por isso, mãos à obra para adquirir as ferramentas para compreendê-las sendo mais humana compreensível, relacionável e empática.

    Gostou do artigo? Que tal fazer como nossa aluna e também se tornar um/a constelador/a de sucesso?! Confira nosso curso, 100% on-line, de Constelação Familiar e Sistêmica, e acompanhe nosso blog para mais artigos interessantes como esse!

    Autor anônimo.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    3 + treze =