Constelação e vida diária

Definição de Resiliência para a Constelação Familiar

resiliência para a constelação

A palavra “resiliência” foi muito utilizada ao longo dos últimos anos. Mesmo que muitas pessoas não entendam muito bem o que ela quer dizer. Você sabe o que significa ser resiliente? Qual a concepção dessa palavra? Descubra agora a definição de Resiliência para a Constelação Familiar!

As dificuldades da vida adulta

A vida de todos é composta de várias histórias e muitos desafios. Além disso, há muitas derrotas e perdas, mas é como você reage às suas intempéries que diferencia as pessoas.

A resiliência é a capacidade de reação diante de tais problemáticas, de se restabelecer e absorver a situação sem se abalar profundamente e seguir adiante, buscando novas experiências.

Significado acadêmico de resiliência

“Resiliência se configura como a habilidade de retornar a um estado existencial tranquilo após grandes tribulações”.  Em geral, os resilientes não temem sair de suas zonas de conforto por não temerem as dificuldades. Assim, não são pessoas inconsequentes,mas por se adaptarem com maior facilidade a novas situações, expõem-se com maior facilidade as mudanças.

Por meio da resiliência, é possível construir um padrão de pensamento e comportamento, o que ajuda a superar determinadas fases difíceis. Para alguns é mais fácil construir essa visão resiliente da própria vida.

Como é vista a resiliência para a Constelação Familiar?

Na terapia familiar sistêmica, averigua-se o sistema familiar ampliado. Ou seja, se existe alguém que esteja em um emaranhado nos destinos, escolhas, crenças, de membros anteriores de sua família. 

Isso pode ser trazido à luz por meio do trabalho com as Constelações Familiares. Assim, trazendo a visão real das dificuldades, a pessoa consegue se libertar mais facilmente delas. Com isso, ela passa a ter consciência do que age no seu sistema e a ter a opção da escolha sobre seu próprio destino. 

E, para romper um padrão o qual vem vivenciando em sucessivas repetições, para que ocorra a cura mais facilmente, se fará necessária a resiliência.

Saiba mais

O fato de estarmos vivos já é o suficiente para que tenhamos condições de irmos atrás do que necessitamos. Por nós mesmos. Ademais, permanecer na postura de cobrança em relação aos pais e aos antepassados, desejando que eles tivessem agido de outra forma ou lhes exigindo que tivessem outra postura, nos afasta dessa carga e força sistêmica familiar.

Isso acontece porque estamos aqui e podemos buscar novas atitudes para rompermos padrões e desfazer emaranhados. Abrindo novas oportunidades, também para as futuras gerações.

Resiliência e gratidão

Todos viemos ao mundo através de uma mãe e um pai, uma mulher e um homem, e somente com essas pessoas a nossa vida foi possível, já que se fosse outro pai ou outra mãe, seria também outro filho. 

Na Constelação, precisamos tomar os nossos pais sem ressalvas, olhando para as pessoas reais – um homem e uma mulher comum com suas falhas – e conectar com a grandeza da sua missão de pai e de mãe, da forma como foi. Percebendo-os como pessoas comuns que disseram sim à nossa vida, nos trazendo ao mundo, independentemente da forma como isso tenha ocorrido, ganhamos força através dessas raízes.

A importância da resiliência para a Constelação

Bert Hellinger nos diz: “quando alguém torna-se feliz, mesmo que os outros membros de sua família estejam infelizes, muitas vezes tem a consciência pesada. Frequentemente, ele faz de tudo para tornar-se infeliz novamente e, assim, se sente feliz em sua infelicidade”. 

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Às vezes, no seio familiar com padrão de fracasso e infelicidade, o indivíduo terá que ter força para quebrar o conceito familiar habitual de vida. Assim, buscar a felicidade exercitará a resiliência. E ele terá que submergir da dor e se manter na felicidade sem trazer a culpa por estar em outra sintonia.

    Ensinamentos

    Um dos fundamentais ensinamentos da Constelação Sistêmica é a concordância com as coisas. Ou seja, como elas são e da forma como se apresentam para nós.

    Além disso, concordar não é submeter-se cegamente às condições ou ser submisso a tudo e todos. Mas compreender que herdamos um passado de nossos ancestrais que não pode ser alterado, que foi a única forma possível de a vida ter seguido adiante e de sermos uma das estrelas nesta constelação.

    Mensagens de resiliência no âmbito da Constelação

    • “No meio de momentos onde a normalidade
      é conturbada por acontecimentos fora de nosso controle
      é que a resiliência é colocada a prova junto com
      nossa capacidade de enxergar o que realmente interessa.” de Osvaldo Santuci
    • “Quando alguém, porém, torna-se feliz mesmo que os outros membros de sua família estejam infelizes, muitas vezes tem a consciência pesada. Frequentemente ele faz de tudo para tornar-se infeliz novamente e assim se sente feliz em sua infelicidade”. Bert Hellinger
    • “Não há nada mais difícil de suportar que a felicidade. 
      Muitos suportam facilmente a infelicidade, mas, e a felicidade? Posso explicar o porquê. A maioria das pessoas, quando se sente feliz, sente-se também conectada com sua família através da sua infelicidade. As pessoas sentem-se inocentes e possuem a consciência tranquila. Esta, no contexto da infelicidade, representa um grande consolo para elas”. Autor desconhecido

    Considerações finais sobre resiliência para a constelação

    O ato de tomar a vida é uma realização muito profunda. Por isso, tal ato consiste em assumir minha vida e meu destino. Tal como me foi dado através de meus pais. iso considerando os limites que me são impostos, e com as possibilidades que me são concedidas.

    Portanto, é com o desejo de cura através do amor, respeito e com o sentimento de resiliência que se poderá tomar novos rumos. Além disso, haverá novos caminhos que também  poderão ter conflitos e dificuldades. Os quais provavelmente nossos descendentes terão que ter superá-los.

    Oswaldo Santucci, consultor especialista em educação e capacitação sistêmica nos diz que, “[…] no meio de momentos em que a normalidade é conturbada por acontecimentos fora de nosso controle é que a resiliência é colocada a prova junto com nossa capacidade de enxergar o que realmente interessa”.

    Conheça nosso curso de Constelação Familiar

    Gostou do artigo? Quer aprofundar seus conhecimentos sobre a terapia da Constelação Familiar? Então não perca essa oportunidade e confira agora nosso curso, 100% on-line, de Constelação Clínica!

    Este artigo foi produzido por Alice Portugal, exclusivamente para o nosso Blog Constelação Clínica.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    1 × três =