Constelação e vida diáriaConstelação Familiar

Quem sou eu e qual o meu lugar no mundo?

Em algum ponto de nossas vidas começamos a nos questionar qual o nosso real posicionamento diante dela. Sendo uma pergunta difícil de responder, nem todos possuem as ferramentas necessárias para encontrá-la. Por conta disso, preparamos esse texto para lidar com algo que todos deveriam saber: quem sou eu e qual o meu lugar no mundo?

Reconhecer as suas origens

Dentro da Constelação familiar, para responder a pergunta “quem sou eu” é preciso olhar as suas origens. Embora não percebamos, somos um construto derivado de tudo aquilo que chegou antes de nós. Ainda que isso não nos defina por completo, serve de referência para quando buscamos uma identidade própria.

A família é o nosso primeiro centro de existência, servindo de abrigo e escola para vida. Com mais consciência da sua busca, é importante perceber de que maneira ela reflete em você. Por meio da sessão de Constelação, precisa abrir sua mente para entender quais escolhas foram suas e quais foram as delas.

Esse encontro com o facilitador responderá a maioria das perguntas e dará mais clareza do presente momento da sua vida. Isso significa que o estudo do seu passado abrirá um leque de opções ao seu futuro. E você tem essa grande abertura para responder:

  • “quem eu sou?”;
  • “qual é o meu espaço no mundo?”.

Seja responsável pelo o que sente

Um grande bloqueio para responder “quem eu sou” e se deixar levar por tudo aquilo que se sente. As emoções e sentimentos são resultados de interações com nós mesmos e com o mundo externo. Dependendo de sua natureza, podem ser boas ou ruins, retirando você do controle.

A título de exemplo, muitas pessoas se permitem alimentar uma intensa mágoa por causa dos erros dos outros. O ato de se deixar sofrer por conta desse sentimento impede que você dê um passo à frente na sua vida. Mesmo que não seja obrigado a perdoar alguém, precisa deixar de se guiar por essa dor interna.

Além dos outros, você mesmo pode bloquear a sua procura por localização e propósito no mundo. Evite se deixar levar por distrações menores que te afastem do que é essencial para você. Estudando “como saber quem sou eu” lida diretamente com a jornada de crescimento e autoconhecimento.

Proatividade

Outra maneira de responder a pergunta “quem sou eu” é sair da zona de conforto criada com o tempo. Muitos de nós nos acostumamos a viver dentro de um círculo de inatividade existencial, pois tudo se repete. Com isso, não há desafios ou qualquer elemento necessário para o crescimento individual.

Desse modo, é preciso se arriscar no mundo externo para que consiga descobrir o seu potencial. Assim que a sua zona de conforto for quebrada, o mundo ao qual se acostumou desmoronará.

A fim de evitar qualquer perda, procure ir além de si mesmo sempre que for possível. A jornada ao crescimento e entendimento de si mesmo passa por alguns obstáculos que não é possível desviar. Os que permanecem estáticos lutarão bravamente para manterem uma rotina existencial sem qualquer intervenção.

Não existem perguntas certas, existem perguntas

Quando alguém entra na busca para responder “quem sou eu”, muitos tentam encontrar as perguntas corretas. É preciso ter em mente que não existe um padrão de crescimento universal cabível a todos. Ou seja, cada um precisa trilhar os caminhos mais adequados ao seu desenvolvimento pessoal.

Muitos se perguntam se existem outras vidas ou planos de existência além desse que estamos. Caso existam ou não, que tal aproveitar essa vida da melhor maneira que conseguir? Com tudo o que sabemos, só temos uma chance de fazer a nossa vida acontecer e não podemos desperdiçar isso.

Leia também:  Constelações familiares e o caminho da cura: resumo do livro

E sobre de onde viemos e para onde vamos, deixe que isso flua como um rio na sua vida, passando por você. A sua vida fluiu dos seus pais e isso deve bastar quanto a esse questionamento. Quanto para onde vamos, siga adiante sendo feliz e grato por suas conquistas e a resposta encontrará o seu caminho.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Harmonização existencial

Na busca para cada um entender “quem sou eu” o conflito temporal pode tomar conta da sua jornada. Isso porque há uma ansiedade excessiva em relação ao futuro e apego demasiado ao passado. O presente fica em segundo plano sendo refém de coisas que não aconteceram ou não podem ser mudadas.

Pense no futuro como uma massa de modelar ou qualquer coisa que seja moldável. As mãos que controlam e dão forma a ele representam o presente momento, algo que precisamos aproveitar. Para que o futuro possa acontecer, o presente precisa ser vivido e aproveitado intensamente.

Quanto ao passado, basta acolhê-lo com amor e respeito ao que aconteceu. Por mais desagradáveis que sejam, algumas situações surgem para alavancar o nosso avanço na vida. Lições são aprendidas, verdades são reveladas e tudo aquilo que precisamos é esclarecido.

Como saber quem sou eu?

Uma excelente maneira de encontrar uma resposta a “quem sou eu” e conhecer a si mesmo. O autoconhecimento garante que você construa conscientemente uma identidade verdadeira e sadia. Tente começar por:

Apreciar você mesmo

Entenda que ao reconhecer os seus defeitos você não está ignorando as virtudes que possui. A exemplo, as pessoas que amam você vão lembrar mais do bem que fez a elas do que as falhas. Você não está se gabando de si mesmo quando passa a se apreciar, permitindo ser feliz consigo e com os demais. Isso te ajuda a responder a pergunta “quem sou eu?”.

Compreender que é maior do que seu passado

As coisas que ocorreram no seu passado não precisam definir quem você é hoje. Se te machucaram, enganaram ou desvalorizaram você não deve se importar em quem você quer ser agora. Desse modo, tente se livrar da maldade alheia e passe a amar você mesmo pois seu futuro é bem maior.

Valorizar as pequenas coisas

Uma excelente maneira de responder “quem sou eu” e se atentar às pequenas coisas do cotidiano que te felicitam. Isso porque hábitos simples mostram claramente coisas a seu respeito, como viajar, comer, ouvir música… A cada dia o mundo vai revelando suas camadas estimulando você a aproveitar das coisas menores que oferta.

Frases “quem sou eu” para que possa refletir

Algumas frases sobre “quem sou eu” são úteis para te ajudar na reflexão sobre a sua própria essência. Reflita sobre as que selecionamos!

  • “Quando eu me pergunto quem sou eu, sou o que pergunta ou o que não sabe a resposta?”, Geraldo Eustáquio de Souza;
  • “Ninguém tem o direito de me julgar a não ser eu mesmo. Eu me pertenço e de mim faço o que bem entender”, Raul Seixas;
  • Quem sou eu? A alegria de quem me ama, a tristeza de quem me odeia e a ocupação de quem me inveja”, Desconhecido;
  • “Eu… eu… nem eu mesmo sei, nesse momento… eu… enfim, sei quem eu era, quando me levantei hoje de manhã, mas acho que já me transformei várias vezes desde então”, Lewis Carroll;
  • “Eu sou é eu mesmo. Divirjo de todo o mundo… Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa”, Guimarães Rosa.

Considerações finais sobre a pergunta quem sou eu

Responder a pergunta “quem sou eu” a fim de encontrar o próprio lugar não é uma tarefa fácil. No meio do caminho pode haver quedas, arrependimentos e desilusões que desmotivarão a sua busca. Contudo, esse tipo de bloqueio é comum e esperado, fazendo até parte de sua jornada.

Leia também:  Constelação Familiar em Goiânia

Ao mesmo tempo em que descobre as partes que não gosta, passa a apreciar aquelas mais positivas e construtivas ao seu respeito. Trata-se de aprender, crescer, mudar e entender que sua jornada começa a partir de qualquer lugar. Passe acreditar que tudo é possível e que a chave para a renovação está dentro de si.

Para te ajudar na busca sobre “quem sou eu”, se inscreva em nosso curso 100% online de Constelação Familiar. O mesmo vai expor tudo aquilo que tem lhe segurado, bem como revelar o seu potencial e poder ao autoconhecimento. Entre em contato conosco e inicie já a sua para uma vida melhor, maior e plena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − seis =