Constelação e ProfissõesConstelação Familiar

Dia do publicitário: Como a constelação pode auxiliar nesta profissão?

Hoje é dia 1 de fevereiro. Com esse dia, entramos em um novo mês. Talvez as suas metas de ano novo não tenham se realizado ainda, mas ainda há tanto tempo! Na entrada do novo mês, também comemoramos o dia do publicitário. Caso você trabalhe na área, gostaríamos de lhe dar os parabéns! Além disso, aproveitamos para informar como é possível conciliar a formação em publicidade e a atuação em constelação!

A atuação do publicitário

Tendo em vista que nem todos os leitores do nosso blog são publicitários, pedimos perdão a você, leitor que atua na profissão, para que possamos introduzir o seu trabalho aqui. Aguarde 3 parágrafos que já mostraremos como você pode se tornar um profissional mais competitivo sendo também constelador. Por hora nos direcionamos a você, leitor leigo.

O publicitário é o profissional responsável por promover uma marca ou os produtos e serviços que ela oferece. Por exemplo, um publicitário de uma marca de telefones celulares é responsável por veicular de modo atrativo todas as funcionalidades do aparelho. Assim, trata-se do profissional que está por trás de todo tipo de estratégia de venda e exibição do produto.

Ademais, o publicitário também responsável por um termo conhecido como “identidade de marca” ou branding, termo do inglês bastante conhecido por aqui. Quando você constrói um negócio, a identidade do mesmo deve ser construída de modo a atrair pessoas. Isso pode ocorrer não só por meio das estratégias de venda, mas da identificação entre a marca e seus clientes em potencial. 

O que é a constelação familiar?

Agora você que já é publicitário pode voltar a conferir o que nós temos a dizer. Embora já esteja careca de saber sobre seu trabalho, talvez não conheça a Constelação Familiar. Em linhas gerais, trata-se de uma modalidade de terapia que foi desenvolvida por Bert Hellinger. Nesse modelo de tratamento terapêutico, os pacientes participam de uma imersão na realidade do presente e passado do seu sistema familiar.

Um sistema pode ser entendido como um conjunto de coisas. Por esse motivo, talvez você fique inclinado a pensar que o sistema da sua família englobe apenas quem mora com você. No entanto, como mencionamos mais acima, para a Constelação o sistema familiar é muito mais complexo. Ele considera tanto quem já fez parte da família em algum momento e faleceu quanto quem faz parte da família agora. 

Bom, considerando tudo isso, você deve estar pensando que isso não deve ter nada a ver com outras profissões. Porém, é aí que você se engana. Atualmente, é muito comum ver empresas que transferem os conceitos da constelação para o ambiente dos negócios. Assim, em vez de o sistema familiar ser composto por ligações sanguíneas, o sistema corporativo é composto por todos que fazem parte da empresa.

O publicitário e a construção da identidade

Se você adotar os princípios da Constelação Empresarial no seu trabalho como publicitário, conseguirá algumas vitórias no lugar em que trabalha. Vejamos um exemplo de como isso pode acontecer logo abaixo!

Como publicitário, nem sempre é muito fácil traduzir a identidade da empresa em campanhas publicitárias eficientes. Talvez em seu local de trabalho o branding ainda nem tenha sido definido! Assim, quando vocês tentam transmitir seus valores, interesses e missão para clientes e investidores, acabam frustrados com frequência.

Nesse contexto, o sistema familiar não está equilibrado, já que nem todos estão unidos em prol de um objetivo comum. Para ajudar as empresas a conquistarem esse equilíbrio organizacional e, posteriormente, prosperidade, é importante ter em mente alguns dos principais conceitos da Constelação. Vamos falar sobre eles mais abaixo, já adaptando suas noções ao contexto empresarial para facilitar o seu trabalho. Confira!

Leis Sistêmicas ou Ordens do Amor

Lei do Pertencimento

Em primeiro lugar um dos principais princípios da Constelação Familiar é o direito de pertencer. A Lei do Pertencimento garante que todas as pessoas que fazem parte de um sistema têm direito a pertencer a ele. Isso independe de qualquer atitude que faça os outros membros do sistema pensarem o contrário.

Tome como exemplo um funcionário que faz a limpeza da empresa. Em termos de salário, ele não ganha a mesma quantidade de reconhecimento que o CEO. No entanto, ele pertence e tem o direito de pertencer ao sistema tanto quando o CEO. Assim, é importante valorizá-lo como tal. Não é necessário falar em Constelação para ver que um funcionário desprezado é um funcionário infeliz e desmotivado.

Lei do Equilíbrio

Além disso, a Constelação defende que deve haver um equilíbrio entre dar e receber nas relações entre os membros do sistema. Trata-se da Lei do Equilíbrio. Quando uma pessoa se doa mais do que as outras, essa decisão ou exigência acaba gerando um desequilíbrio que afeta todo mundo. Quem recebe demais acaba se tornando desagradável, assumindo direitos inexistentes. Quem recebe menos se ressente.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Lei da Ordem ou da Hierarquia

    Nesta lei, está previsto que as relações hierárquicas e de ordem devem ser respeitadas. Um funcionário chegou na empresa antes de seu fundador. Assim, o funcionário deve respeitar os esforços e a história dessa pessoa que veio antes. Por mais inovadoras que sejam suas ideias, princípios importantes para quem chegou antes devem ser vistos com respeito e admiração.

    A relação entre publicidade e constelação

    A relação entre a constelação e o trabalho que você desempenha como publicitário hoje têm mais a ver com nuances diferentes que o seu trabalho pode assumir. No entanto, é necessário ressaltar que as orientações da Constelação são muito relevantes para a construção da identidade de marca, principalmente. O branding é usado para vender produtos e serviços, mas também é crucial para mostrar ao público a cara da empresa.

    Se o sistema em que você trabalha está com problemas, você pode até vender uma imagem de equilíbrio. No entanto, será que ela reflete de verdade o que está acontecendo internamente? Essas são questões muito importantes não só para você enquanto profissional de publicidade, mas para todos. A definição de quem vocês são também definirá o faturamento da companhia no futuro.

    Integração da constelação à atuação do publicitário

    Mmais acima comentamos sobre nuances diferentes que seu trabalho pode assumir. Aqui falaremos um pouquinho sobre isso. Quando falamos em nuances, estamos nos referindo a algumas atuações diferentes que você pode assumir informalmente e formalmente. Para garantir um bom funcionamento empresarial e cooperatividade, muita gente contrata consteladores para fazerem dinâmicas com os funcionários.

    E se não fosse necessário fazer isso porque você, publicitário e conhecedor do que é a identidade da empresa, sabe exatamente o que fazer para melhorar a dinâmica do sistema? Quem melhor do que você para fazer o trabalho e, é claro, ganhar mais para isso? Ter uma formação em Constelação Familiar pode ser útil para isso.

    Onde fazer um curso para ser constelador?

    Caso tenha ficado interessado em adicionar a formação de constelador ao seu currículo para expandir sua atuação profissional, te fazemos um convite. Matricule-se hoje em nosso curso 100% EAD de Constelação Clínica. As mensalidades são modestas e você poderá estudar quando e onde quiser. Bom, por fim, feliz dia do publicitário! Parabéns pela profissão!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    cinco + dezoito =