Depoimento

A Constelação na Vida de um Psicólogo

psicólogo

Você sabe como a Constelação Familiar auxilia a vida de um psicólogo? Não sabe e ficou curioso? Então confira agora como essas duas profissões se auxiliam e se complementam!

O depoimento de um psicólogo

Sou psicólogo há 16 anos, e minha busca pelo conhecimento faz parte do meu cotidiano. Pois tenho como objetivo encontrar uma forma de acessar o inconsciente de meus pacientes. Para, assim, poder auxiliá-los a viver de uma forma mais leve, mais fluida.

Minha formação é em psicanálise e análise junguiana, e também fui buscar técnicas de outras linhas para que pudesse ter um ferramental disponível, de forma a ajudar meus pacientes no que precisassem, que em muitas vezes é algo para ajudá-los a dar conta no aqui e agora. Enquanto que, em paralelo mergulhamos no seu inconsciente para trabalhar nas causas de seus sofrimentos ou na busca de seu autoconhecimento.

O primeiro contato com a Constelação Familiar

Li o livro de Bert Hellinger ainda na minha graduação, tendo feito sentido a partir do que acreditava. Mas, naquele momento, minha busca acabou me levando para outros caminhos…

Nunca constelei ou fui constelado, tenho algumas restrições. Pois acredito que para “mexer” no inconsciente é preciso, acima de tudo, respeito. Infelizmente, tenho recebido pacientes que participaram de constelações e, ao me relatarem suas experiências, percebi que faltou um cuidado de quem estava atuando como constelador.

Associado a isso, ao longo da minha prática clínica fui percebendo o quanto as principais causas de sofrimento dos pacientes estavam em suas infâncias e no relacionamento com seus pais. Mas também fui sentindo que mesmo após termos trabalhado as principais questões buscando ressignificá-las, ainda algo ficava pendente.

Dando uma segunda chance para a Constelação em sua vida de psicólogo

Foi quando li um artigo sobre constelações familiares com bonecos que me colocou em contato novamente com este tema.

        Fui buscar nas minhas estantes, os livros que eu havia comprado ao longo de minha carreira sobre o tema. Comecei a procurar entender melhor como era a dinâmica das constelações familiares e de que forma poderia utilizá-la em minha clínica.

        Comprei bonecos e cautelosamente iniciei o trabalho com os pacientes para verificar como eles recebiam e percebiam as dinâmicas que aconteciam na constelação.

        Foi muito gratificante visualizar o que antes ficava oculto, os emaranhamentos, os vínculos, a forma como cada paciente montava sua constelação e após, ao olhar para o que fizeram, perceberem questões que nunca haviam sequer passado nem de leve nas análises de suas questões pessoais.

        Decidi, então, me aprofundar ainda mais, e comecei a buscar um curso online que atendesse às minhas expectativas. Me deparei com o curso de Constelação Clínica, que me permite fazê-lo no meu tempo, com uma metodologia que julguei ser a melhor.

Resultados do psicólogo que utiliza a técnica da Constelação Familiar

        Hoje, já são visíveis os resultados nos pacientes em que tenho trabalhado em suas constelações. E tem sido um apoio muito grande na minha busca de auxiliar os pacientes a minimizarem seus sofrimentos e dores.

        Ademais, ali se percebem questões que não viriam à tona apenas com o processo de análise. Um passado que brota aos olhos dos pacientes e aos meus, mostrando o quanto é possível sentir o que aconteceu de forma inadequada nos relacionamentos. E, dessa forma, poder ressignificá-las.

        Muitas vezes, o processo terapêutico entra num momento de estagnação. Ou seja, num looping que prende o paciente e o psicólogo numa busca de algo que não está no paciente. Mas está nas pessoas que fizeram parte de sua história, dificultando o caminhar na jornada a que se propôs fazer.

Considerações finais

        E, ao final da constelação, processos que até então eram inconscientes se tornam conscientes. Desta forma, há uma compreensão maior e mais rápida por parte dos pacientes. Trazendo para si a leveza e tranquilidade que vieram buscar no processo terapêutico.

        E eu, que busco o conhecimento como um caminho para ajudar meus pacientes, não quero ficar de fora de algo tão simples e, ao mesmo tempo, tão grandioso, desenvolvido por Bert Hellinger, e que tem auxiliado constelados e consteladores em suas buscas!

Gostou do depoimento? Deixe um comentário sobre sua área de atuação e como a Constelação te auxilia! Tem interesse em aprofundar seus conhecimentos? Então se inscreva no nosso curso, 100% online, de Constelação Clínica! Aproveite essa oportunidade para se transformar em um constelador de sucesso!

Texto produzido por autor anônimo.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 11 =