Depoimento

Por que Resolvi me Inscrever no Curso de Constelação? (Depoimento)

Muitas pessoas me perguntam o porquê resolvi me inscrever no Curso de Constelação. Até porque apesar de ser um curso maravilhoso, ainda é de pouco conhecimento para muitas pessoas.

Por isso, resolvi fazer este depoimento escrevendo meus motivos de me inscrever no curso e como ele pôde me beneficiar.

Meu primeiro contato com a Constelação Familiar

Meu primeiro contato com a Constelação Familiar foi através de uma amiga que me convidou para assistir a um workshop sobre o assunto. Como sou psicanalista achei o tema interessante e aceitei o convite.

Durante o workshop, foi apresentado a origem da Constelação Familiar de Bert Hellinger, sua história e resultados.

Ao se expor que tratava-se de uma encenação feita por um conjunto de pessoas. E que essas pessoas representavam membros da família com uma situação específica relatada pelo cliente/constelado. Vi então que se desenvolvia todo um processo, na tentativa de compreensão do conflito pelos envolvidos a situação.

Ao final do Workshop, entendi então que a história contada estava resolvida e que todos os familiares envolvidos estariam liberados ou curados daquela situação. Isso tornou a Constelação mais interessante, despertando minha curiosidade sobre o assunto.

Meu Papel como Observadora na Constelação

Foi quando minha amiga foi convidada a ser constelada sendo orientada como deveria proceder. Eu apenas fiquei como uma observadora curiosa para ver na prática como tudo funcionava.

Assisti à constelação, a qual tinha por objetivo sua relação com a mãe. Que casualmente eu a conhecia e sabia do nível de dificuldade de relacionamento entre elas devido o controle que a mãe exercia sobre ela. Sendo que minha amiga já estava com seus quarenta e dois anos.   

Observei a cena que se formava e cada aspecto que era mostrado de ambas me pareciam muito familiares. O que me deixou impressionada e ao mesmo tempo acionou ainda mais meu senso analítico e observador de psicanalista e Psicoterapeuta Transpessoal.

Com o decorrer do processo, pude constatar uma situação idêntica à que havia presenciado na casa de minha amiga há meses atrás.

O entendimento da Constelação que Fez eu Me Inscrever no Curso

Durante o desenvolvimento da constelação da minha amiga, pude perceber que esse comportamento se repetia de geração em geração. A partir da sua bisavó, uma forma ríspida de tratamento e controle que forçava as mulheres da família a serem submissas e viverem em constantes situações de medo,.

Pelo fato de receberem severos castigos casos desobedecessem ou ousassem dizer não aos mais velhos.  

Por ser um workshop, o processo foi solucionado rapidamente. Porém pude perceber uma mudança na fisionomia de minha amiga como se realmente tivesse vivenciado a situação.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Ao término do workshop minha amiga procurou o palestrante e marcou uma nova constelação familiar. A qual não a acompanhei para evitar constrangimentos.

Mas nos primeiros quinze dias após o workshop, minha amiga comentou que havia notado algumas mudanças em sua relação com a mãe e que estava mais tolerante.

Como Passei a Entender a Constelação Familiar

Após realizar sua constelação familiar de fato, meses depois, nos encontramos e ela novamente comentou que havia ocorrido mudanças significativas na sua vida. Se sentia mais livre e capaz de fazer suas próprias escolhas.

Além disso, eu pude observar o mesmo comportamento em relação a sua filha. O que veio a comprovar como uma atitude de antepassados reflete em nossas vidas hoje.Mesmo que não tenhamos tido contato com essa pessoa, familiar.  

Foi quando percebi o quanto a Constelação Familiar havia ajudado minha amiga em poucos meses e resolvi acompanhá-la num grupo que estava dedicando-se a constelações.

Assisti a vários casos, alguns de doenças graves, ou mesmo de bloqueios emocionais que racionalmente não se justificavam. Pessoas com anos de terapia e não conseguiam superar o trauma.

Assim aconteceu meu primeiro contato com Constelação Familiar como observadora.

Por que Resolvi me Inscrever no Curso?

Então, vendo os resultados apresentados, resolvi me inscrever no curso Constelação Familiar. Como forma de auxiliar e melhorar meu relacionamento com meu pai, que após a Constelação, atualmente é o melhor possível. Isso porque tive a compreensão dos motivos que geraram o conflito.

Sou muito grata a essa amiga por ter me apresentado a esse método de terapia e por isso que decidi me inscrever no curso de Constelação Familiar. Para desta forma utilizar como ferramenta de trabalho junto aos meus clientes e dar continuidade ao grupo no qual tive meu primeiro contato e solução de um conflito familiar de muitos anos.

Conclusão

Me inscrever no curso de Constelação familiar foi essencial para abrir o meu mundo para novas descobertas. Até porque através de constelação, pude entender o porquê agimos de tal maneira.

Por isso, este é um curso que faço e indico para todos que querem garantir uma grande evolução na sua vida pessoal e profissional.

Este depoimento foi feito por Eva Beatriz da Silva, uma de nossas alunas do curso de Constelação Clínica.

One thought on “Por que Resolvi me Inscrever no Curso de Constelação? (Depoimento)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 2 =