Constelação e Profissões

Psicologia Comportamental: Benefícios de Estudar Constelação

Você sabia que um profissional de psicologia comportamental pode utilizar a Constelação para realizar o seu trabalho de uma maneira mais eficaz?

No texto de hoje, você irá entender de que maneira isso acontece. E ainda, quais benefícios a Constelação pode garantir para profissionais de Psicologia comportamental. Continue a leitura para saber tudo à respeito!

O que Faz um Profissional de Psicologia Comportamental?

O profissional de psicologia comportamental é responsável por trabalhar ajudando as pessoas. Seja para repararem, ajustarem e/ou equilibrarem seus comportamentos diante de uma situação ou no dia a dia das suas vidas.

Benefícios da Constelação na Psicologia Comportamental

Os benefícios que o profissional de psicologia comportamental pode ter estudando constelação seria entre outros:

1) conseguir detectar a causa do comportamento do seu paciente. Ou seja, ele saberia o motivo pelo qual seu paciente começou a se comportar desta maneira.

2) Ele poderia trabalhar esse emaranhamento libertando o seu paciente. Desta forma conseguindo modificar o seu comportamento.

3) Ajudaria este paciente a integrar na família, se sentindo mais amado. Trazendo assim a harmonia familiar.

Um Caso da Constelação na Psicologia Comportamental

O paciente K que tem comportamento agressivo com os pais e autodestrutivo, por ter sido abandonado pelo pai quando era pequeno. Se comporta de forma revoltada, não aceitando ordens. Além de fazer uso de drogas para  afrontar os pais.

O avô, paterno deste paciente K, também foi abandonado quando criança e sofreu muito com isso. Com  a revolta saiu de casa cedo e foi viver sozinho. Tudo isso sem aceitar regras e experimentando o que a vida podia te dar.

Com isso, o avô de K, conheceu uma mulher com quem teve um filho J, Já J por sua vez, gerou o K e não tinha certeza de que era mesmo seu filho. Por isso, passou a vida o rejeitando, mesmo tendo assumido a paternidade.

E assim K por ter sido rejeitado pelo pai, vive inconformado e se comporta de maneira agressiva.

Através disso, quando a psicóloga possui conhecimentos da Constelação Familiar, descobre que K está repetindo o padrão de comportamento do seu avô. Até porque o mesmo foi abandonado e viveu sozinho sem limites nem regras. E assim, K está honrando este avô se comporta da mesma forma.

Como a Psicologia Comportamental pode Trabalhar este caso com a Ajuda da Constelação?

A psicóloga fará a quebra deste padrão repetitivo, trazendo para a consciência de K, o porquê dele estar se comportando desta forma. E assim, permitindo que o mesmo deixe com o seu avô um comportamento que é dele e que o mesmo está repetindo.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Depois da constelação, K modificou então seu comportamento se sentiu Liberto. Desta maneira, não sentiu mais a necessidade de viver da forma que vivia antes.

Conclusão

Sendo assim, podemos dizer então que a Constelação pode ser uma grande aliada da Psicologia comportamental. Trazendo assim fatos familiares passados, para então entender o comportamento atual do indivíduo.

Gostou do Texto? Comente o que achou do mesmo e deixe sua opinião à respeito!

Este texto foi produzido por Márcia Regina Pires de Souza Cruz, uma de nossas alunas do curso de Constelação Clínica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 4 =