Constelação FamiliarTerapias alternativas

Mitos e verdades sobre a hipnose que você precisa conhecer

Crescendo em torno do charlatanismo ao longo do tempo, a hipnose sempre foi um assunto intrigante e bastante desafiador. Já é de se esperar que a maioria de nós cresça com muitas dúvidas e poucas certezas sobre ela. Hoje traremos alguns mitos e verdades sobre esse estado de indução para esclarecer suas dúvidas.

É correto afirmar que a hipnose trata doenças?

Sim, podemos afirmar que a hipnose trata doenças, mas é preciso entender o conceito do mal antes de tudo. Doenças são comumente vistas como manifestações físicas de outros males. Nisso, pouco se associa ao fato de que não afetam somente o corpo, mas também a mente e o campo social.

Assim, a hipnose pode ser melhor recomendada para comportamentos pessoais e mentais nocivos ao indivíduo e seu círculo. Por meio dela, as alterações psicológicas que sofre podem ser requalificadas e reconduzidas a um caminho melhor e maior.

Assim, como tratamento possível a algumas doenças psíquicas, podemos destacar:

Depressão

Reabilitar o seu padrão de pensamentos e emoções, condicionando aqueles que são mais destrutivos. Nesse caminho, pode diminuir os sintomas da doença e se mostrar mais produtivo em relação à sua saúde.

Ansiedade crônica

Quase todos nós sofremos bastante com a questão da ansiedade, principalmente pelo modo de vida que temos. Por meio da terapia é possível localizar a presença psíquica do paciente no presente, evitando apego ao passado e medo do futuro.

Distorção de imagem

De agora em diante, pode se ver como realmente é e se sentir confortável quanto a isso.

Nós apagamos quando somos hipnotizados?

Definitivamente, não, nós não dormimos quando somos hipnotizados por outra pessoa. O indivíduo em questão quando muda seu estado cerebral e mental ainda se relaciona com o lugar e as pessoas ao redor. Caso ele passe a dormir, fica impossível sugestioná-lo a algo, já que estará inconsciente para isso.

A mudança somente acontece durante a sessão porque existe uma comunicação entre hipnólogo e o seu paciente. Embora o corpo esteja mais imóvel que o comum, essa aquietação corporal vem da necessidade de se concentrar bastante no momento. O transe que entramos possibilita fazermos conexões cerebrais diferentes das quais acostumamos.

É possível reviver vidas passadas?

A resposta que cabe aqui é um meio termo entre sim e não. Neste caso, estamos lidando com a crença do próprio paciente em relação à sua existência e nessa possibilidade. Entretanto, o fato é que a hipnose permite um acesso único para as memórias de sua vida, inclusive da sua tenra infância.

Porém, precisamos deixar claro que o hipnólogo não deve influenciar nessa questão das vidas passadas, sendo antiético. A importância da regressão está em localizar memórias traumáticas em qualquer época de sua existência. Nesse caminho, pode se recuperar e superar suas dificuldades de sua vida.

Pode aprisionar alguém com a indução?

Não há como aprisionar alguém com a hipnose porque ela não aprisiona o indivíduo a qualquer coisa. Bem como não se pode dizer que ela conduza você a qualquer lugar. Tudo o que acontece e a experimentação de vivências pessoais passadas para análise sem que saia do seu lugar.

Além disso, caso o terapeuta pare de conversar com o paciente, o máximo que pode acontecer é ele dormir. Se o procedimento funcionar, ele acordará em seu ritmo normal, como que em uma noite comum de sono. Nisso, também é incorreto dizer que há chances de não voltar do transe.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Dá para tirar o livre arbítrio de alguém?

    De maneira alguma o paciente pode ser forçado a fazer tudo aquilo que não gosta enquanto hipnotizado. O livre arbítrio é uma parte essencial da terapia que permanece imaculado da vontade do hipnólogo. A verdade é que o tratamento somente vai ajudar a desfazer seus preconceitos e alertas em sua mente.

    O hipnotizado vai agir conforme aquilo que ele percebe ser inofensivo e adequado, já que ainda tem controle sobre si. Dessa forma, caso o hipnólogo o induza a algo que ele não queira, ele vai ser capaz de recusar prontamente.

    A hipnose pode acelerar tratamentos?

    Felizmente, sim, é verdade que a hipnose pode funcionar como um catalisador e aprimorar os resultados de outras terapias médicas. Você pode reduzir o seu tempo de tratamento consideravelmente quando iniciar a sua recuperação. Por conta disso, além da rapidez, os resultados obtidos se mostram os melhores possíveis.

    Graças a uma pesquisa realizada por Alfred Barrios, um dos maiores nomes na área, ficou constatada a melhora grandiosa de 1.832 pacientes. Com uma média de seis sessões, foi constatada uma taxa de recuperação deles em 93%.

    Seus valores podem mudar com a hipnose?

    Outro mito bastante comum sobre esse estado de indução é a capacidade dele de mudar os valores de alguém. É impossível utilizar esse recurso para mudar os valores morais de um paciente durante a sessão. Entretanto, é cabível fazer a reprogramação de um comportamento automático dele para que haja diferente em alguns momentos.

    Tal esforço somente é possível porque:

    Há motivação no paciente

    O mesmo se permite da sua capacidade pessoal em querer alterar a própria realidade, se beneficiando. Lembre-se que nenhum procedimento pode ser imposto ao indivíduo caso ele não queira ser sugestionado. Contudo, quando esse desejo parte internamente, sua motivação em fazer mudanças pode ser extremamente eficaz.

    Libertação de preconceitos

    Quando o hipnólogo se livra de sua autocrítica e seus preconceitos, é possível acessar novas áreas em sua vida. Os sugestionamentos, por exemplo, podem ter um acesso e efeitos mais simples de se alcançar. Por exemplo, uma pessoa que bebe bastante pode passar a detestar o álcool graças aos comandos recebidos.

    É possível aprimorar seu autoconhecimento com hipnose?

    Para encerrar os mitos e verdades da hipnose, essa é uma das maiores afirmações sobre o método. A indução permite que você melhore o seu entendimento interior e se torne mais consciente de si mesmo. Desse modo, pode confiar mais na sua própria capacidade de realizar e fazer acontecer.

    Acreditando no seu potencial pode acessar sensações mais fortes, construtivas e únicas em sua vida que alavanquem sua jornada. Esse tipo de ação mostrará que você pode ficar bem consigo, sabendo exatamente quem você é. Se serve de incentivo, pense em todas as coisas que nunca pôde fazer e que agora são possíveis.

    Considerações finais sobre a hipnose

    A hipnose se mostra uma diretriz mais profunda e complexa do que vemos em produções cinematográficas. Tenha em mente que se trata de uma abordagem de recondução a um estado mais pleno de sua vida. Através do transe, pode reviver episódios que definiram negativamente quem é hoje.

    Ademais, pode ser uma ótima ideia para se encaminhar, caso tenha alguma dúvida. Embora mergulhe no seu passado, a proposta é revitalizar o seu futuro.

    Além dela, procure auxílio em nosso curso online de Constelação familiar, encontrando revelações importantes. Isso porque o curso possibilita o alimento ao seu autoconhecimento, mostrando peças importantes sobre si que necessita aplicar em sua rota. Se isoladas carregam um poder de transformação absurdo, imagine quando juntar a hipnose com a Constelação familiar?

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    três × 5 =