Constelação e RelacionamentosConstelação e vida diária

Família e trabalho: 7 dicas para conciliar os dois

Todos nós sonhamos em ser bem-sucedidos profissionalmente, chegando ao ápice de nosso trabalho. Contudo, muitos também desejam construir suas famílias, esbarrando em questões que podem implicar nesses dois caminhos. Entenda melhor a relação entre família e trabalho e como conciliá-los com sete dicas fundamentais.

Sobre o trabalho

Durante anos, focamos nossa energia, tempo e até dinheiro para garantir uma formação mais digna. Todo esse esforço acontece porque queremos trabalhar com aquilo que gostamos ou temos afinidade. Dessa forma, a dedicação constante e maciça culmina em realização profissional, já que temos grandes chances de ser bem-sucedidos.

Assim sendo, nosso trabalho é aproveitado da melhor forma possível. Cada experiência conta, seja introjetando conhecimento a nível pessoal ou projetando ao mundo externo. Isso porque há um estímulo constante que nos instiga a sempre procurar por mais. Nosso trabalho se torna a nossa vida, regendo como será a nossa rotina e o que faremos com ela.

Contudo, algumas pessoas se deixam levar unicamente pelo trabalho. Assim, praticamente fica impossível conciliar essa atividade com tantas outras, como a família. A natureza conflitante e diferente não se une, assim como água e óleo. Isso acaba por criar uma dualidade entre o ter e o querer, causando angústia com tentativas frustradas de conciliar.

Sobre a família

A família é o resultado máximo da doação que queremos fazer ao outro. É a forma que temos de construir o nosso próprio nicho, empregando regras, concepções e acordos que visam a uma boa convivência. Também é uma peça fundamental para a sociedade, visto que é o berço da formação inicial de um indivíduo.

Cabe ressaltar que a família se apresenta sob vários aspectos. Dessa forma, pode vir em composição comum, com apenas uma mãe ou pai, dois pais, duas mães… Independente da forma, a sua função permanece inalterada. Em suma, deve ser o centro de amor, afeto e compreensão que todos precisamos.

Entretanto, as dificuldades podem surgir quando a família se funde com o trabalho. A natureza e obrigações de ambos tomam muito espaço na vida de um indivíduo. Sem o devido controle, todo o sistema pode vir à ruína, atingindo principalmente os familiares. Às vezes, o trabalho não liga à família, mas essa sempre se queixará da presença dele fora do seu campo.

Implicações

O texto não fala da impossibilidade de coexistência entre eles, nada disso. Porém, muitos indivíduos não sabem como conciliar os dois. No final, ambos se machucam, em especial a família. Veja o que normalmente acontece:

Falar do trabalho à mesa

Ao fim do dia, todos costumam contar suas desventuras ao parceiro e a família. Isso é bom, visto que mantém a conversa em dia. Entretanto, muitos costumam falar e levar o trabalho à mesa.

Assim, seja por meio de detalhes excessivos ou através de um celular, saturam a conversa com um tema pouco acessível para quem não participa do ambiente de trabalho. Com o tempo, isso acaba por afastar qualquer tentativa de contato. Nesse caso, investir em conversas significativas é importante.

Ausentar-se constantemente

Ainda que o trabalho seja a fonte de todo o sustento da família, muitos costumam se ausentar por conta dele. Sair cedo demais e sempre chegar tarde é um dos sinais de que um indivíduo pode negligenciar a família. Ainda que alguns brinquem, ele literalmente passa mais tempo no trabalho que em casa.

Ignorar a sua família

A família, no extremo da situação, acaba entrando em uma negligência máxima por parte de um dos pais. A sua existência passa a pesar pouco sobre a tomada de decisões no trabalho. Basicamente, ela deve concordar passivamente com a decisão feita ao trabalho. Como é de se esperar, nem sempre a escolha agrada a todos.

A pressão sobre a mulher

Em geral, a mulher sofre mais para conciliar a família e trabalho. Isso porque a maternidade e o cuidado com o lar pesam bastante nessa escolha. Quase todas cuidam da casa de forma majoritária, bem como a criação dos filhos. Basicamente, a casa só funciona com a intervenção dela.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Quanto à maternidade, é um momento de transformação gigantesca na vida de qualquer mulher. Ela precisa parar qualquer atividade laboral para cuidar exclusivamente da criança. Ainda que o marido ajude, o principal papel é dela. Muitas pensam bastante sobre isso com medo de comprometer o seu progresso no trabalho.

Leia também:  Como ser romântico: 7 dicas simples

Sete dicas de conciliação

Cultivando hábitos simples, é possível juntar a família e trabalho, de forma a harmonizar uma existência pacífica. Isso deve ser levado à risca, visto que não deve abrir mão da sua família. Sendo assim, se mantenha alerta e tente não negligenciar a composição mais importante que possui no momento. Com base nisso, faça o seguinte:

Jante regularmente com eles

Faça da refeição em família um hábito regular e contínuo. Ao menos três vezes por semana, reúna todos para comerem juntos e conversarem. Dessa forma, renovam seu contato diário.

Organize sua agenda

Para lidar com a família e trabalho é preciso se planejar bastante. Saiba dividir a linha que separa os dois, deixando cada um em seu lugar. Por exemplo, tente desligar o telefone sempre que se senta à mesa.

Divida as obrigações

Não é problema algum fazer atividades domésticas, contato que sejam bem distribuídas. Faça com que cada um se engaje e cuide de determinada atividade para ajudar.

Tire férias

As férias são o momento de se reconectar com a família. Dessa forma, jamais abra mão delas. Você pode estar perdendo experiências em conjunto incríveis.

Faça algo produtivo

Se o tempo que possui com eles é pouco no momento, preze pela qualidade da convivência. Nesse caminho, tente evitar atividades que desperdiçarão o tempo juntos, como as brigas.

Tente procurar ajuda

Se possível, já cogitou a ajuda de uma diarista? Ela cuidará das atividades domésticas de forma prática e eficiente. Como resultado, você terá mais tempo para se dedicar aos filhos e companheiro.

Humanize-se

Você não pode ser uma divindade capaz de conciliar família e trabalho e dar conta de tudo. Uma vez ou outra, poderá negligenciar algum aspecto e sentir culpa por isso. Tudo bem, pois com os erros vem o aprendizado e pode se sair melhor amanhã. Não se martirize.

Comentários finais sobre família e trabalho

Unificar a existência da família e trabalho em um mesmo lugar pode ser complicado para muitos. A exigência de um com a realidade do outro funciona como lados opostos de um imã, se afastando sempre. Isso acaba por sugar você a um único lado, podendo negligenciar totalmente o outro.

Com as dicas acima, espero que entenda melhor o papel de cada campo. Mesmo que precise do trabalho para sobreviver, a família também é importante. Merece respeito pela sua história, existência e pelo o que te dá.

Para ajudar a dissolver qualquer conflito, fale conosco e procure pelo nosso curso de Constelação familiar online. Se não sabe por onde começar, o curso ajudará a entender as origens do mal-estar que vivencia por hora.

Com aulas online, você tem acesso a um rico material para entender a estrutura da família. Os professores se encarregam de direcionar cada conteúdo ao seu tempo, permitindo que absorva na medida em que pode. Ao fim do curso, o certificado registrará suas competências como constelador.

Quer estudar um curso de qualidade e pagando pouco por isso? Faça nosso curso de Constelação online. Justamente por vir em formato digital, poderá te ajudar a conciliar família e trabalho, além de seus estudos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 3 =