Constelação e RelacionamentosConstelação Familiar

Como constelar uma pessoa difícil de lidar?

Cada pessoa carrega peculiaridades em sua natureza, de modo a defini-la como única. Infelizmente, algumas delas carregam traços bastante carregados que inibe qualquer tentativa de aproximação. Saiba como constelar alguém que se mostra como uma pessoa difícil de lidar e aprenda a lidar com ela.

Conhecendo sua personalidade

Graças às infinitas bases de personalidades existentes, nem sempre é fácil lidar com o outro. São justamente essas peculiaridades que tornam uma relação mais fluida ou complicada, dependendo diretamente de quem contatamos. Nisso, eventualmente, encontraremos uma pessoa difícil de lidar que é oposta às nossas opiniões.

O embate se dá porque esta busca contrariar tudo o que nós falamos e/ou fazemos por sermos diferentes dela. Assim, podemos acabar perdendo facilmente a paciência e entrando nesse jogo de ataques mútuos. O que muitos esquecem é que isto apenas fomenta a vontade da pessoa de nos enfrentar.

Com isso, quando nos relacionamos com alguém difícil, precisamos entender como funciona sua personalidade. Isso permite elaborar estratégias e dar chance a criação de soluções práticas e saudáveis. Dessa forma, subverte-se positivamente esse comportamento no outro, de modo que conseguimos construir relações mais saudáveis e afetivas com ele.

O poder da empatia

Por incrível que pareça, a Constelação familiar irá sugerir a empatia em um encontro com a pessoa difícil de lidar. Dessa forma, quem sofre com os ataques deste vai finalmente entender as suas motivações. Com isso, é possível perceber o motivo desse indivíduo agir assim. Isso vai permitir uma maior sensibilização ao encontro.

Essa pessoa difícil, em geral, não tem uma noção completa de como seu comportamento afeta o outro. Por conta disso, não percebe que nutre uma postura irritante e bastante distante dos demais. A partir do momento em que se constela uma pessoa assim, é possível liberá-la desses vícios comportamentais destrutivos.

Na psicoterapia, o próprio indivíduo é quem necessita realizar um esforço para que compreenda a si mesmo. O processo lhe permitirá obter clareza quanto às suas atitudes e tudo o que está por trás delas. Talvez pela primeira vez em muito tempo, consiga olhar de verdade para si e perceber suas motivações. Com esta clareza, tomará uma postura mais evolutiva.

Características não notáveis

Durante a sessão de Constelação, serão trazidas à tona queixas quanto ao comportamento da pessoa difícil de lidar. Nisso, todo o seu histórico acabará sendo puxado, de modo a revelar traços de sua persona. A mesma negará e talvez combata, já que ela sozinha não consegue perceber suas falhas. Dentre o leque de respostas esperadas, se destaca:

Não perceber o quanto irritam os demais

Como visto linhas acima, uma pessoa difícil de lidar não tem muita noção das ações que pratica. Há uma certa impulsividade agindo sobre ela, de modo que se torna “cega” socialmente. Dessa forma, não tem compreensão da forma como é vista pelos demais, bem como suas próprias ações.

São inflexíveis

Há uma teimosia quase que viva no comportamento dessas pessoas, fazendo com que se firme em uma posição. Ao invés de serem aqueles que enxergam uma oportunidade ali, pois avaliaram todo o terreno, este faz apenas para impor. A ideia é ir na contramão para mostrar que ele está certo e os outros não.

Não se importam muito com os outros

Infelizmente, esse grupo não se importa muito com as necessidades e sentimentos dos outros. É como se desenvolvessem um bloqueio natural a qualquer vontade que qualquer outro tenha. Além disso, não existe distinção entre adulto ou criança. Quaisquer que sejam os pedidos, os mesmos são devolvidos com ignorância e desprezo.

Conheça seus limites

A Constelação familiar funciona em via dupla, tanto para quem é constelado quanto para quem constela. Ademais, afeta as pessoas com quem o constelado se relaciona de modo geral. O intuito é abranger todo o campo familiar envolvido naquele embate e propor uma solução a ambos. Entre elas, direcionada e quem vive com a pessoa difícil de lidar, está o conhecimento dos próprios limites.

Pessoas complicadas de se relacionar, geralmente, sempre arranjam argumentos para rebater críticas. Quanto mais alguém investe contra este, mais ele encontra motivação para ser como é. Com isso, experimente ir na direção contrária e impedir que esse ciclo continue.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Será que vale tanto a pena brigar com alguém que enxerga apenas o que quer? Às vezes, mesmo estando errado, uma pessoa só enxergará o que quer.Até que isso mude um dia, evite alimentar brigas e quaisquer tipos de discussão que não valham a pena. É justamente o que esta quer para si e isso só cansará você.

    Como lidar com pessoas difíceis?

    Felizmente, a Constelação familiar tem alguns caminhos para trabalhar com alguém difícil de lidar. Por meio das sessões, serão levantadas algumas ações que permitam um melhor direcionamento dessa interação. Tanto o indivíduo difícil quanto quem o rodeia será convidado e refletir sobre si e sobre os demais. A primeira dica é:

    Tentar entendê-la

    Como já trabalhado anteriormente, a psicoterapia vai indicar que a empatia tome conta dessa relação. Nunca sabemos por completo a história de alguém até que este se abra e nos diga por completo. Em geral, algum trauma ou problema costumam ser as causas de suas ações. Assim, se permita a sensibilização para entendê-lo.

    Faça com que ela reflita

    Por meio de questionamentos, faça com que ele pense a respeito de si. Tente conduzir a conversa para que este pense a respeito de suas próprias ações e sentimentos. Dê a ele uma chance de pensar sobre si mesmo e se explicar posteriormente. Talvez seja essa abertura que ele tanto procurava.

    Evite cair em provocações

    Uma conversa com este indivíduo chega ao fim quando alguém para de cair nas provocações dele. É uma espécie de prazer sádico abalar o outro da forma que este pode, sentindo prazer no processo. Sendo assim, evite se deixar levar por provocações. Sem reações, restará a esse aproveitar de um silêncio que sua mente precisa.

    Considerações finais sobre constelar alguém difícil de lidar

    É um consenso: ninguém gosta de interagir com uma pessoa difícil de lidar em qualquer situação. Por mais que sua boa vontade o motive a isso, muitos entenderão que não foi uma boa ideia fazer isto sem preparo adequado. Cada um carrega um universo particular e leva tempo até compreender o outro por completo.

    Mesmo assim, encontre os caminhos adequados para permitir a esse uma reabilitação social. Por meio da Constelação familiar, faça um esforço maior para chegar ao íntimo deste, já que terá um grande apoio. Pouco a pouco, ele saberá que uma mudança de postura é bem-vinda, necessária e vital para manter bons relacionamentos.

    Conheça nosso curso de Constelação Familiar

    Com tudo o que leu aqui, seu ingresso em um curso 100% EAD de Constelação familiar é mais que bem-vindo. O curso dará a você a clareza precisa para entender o comportamento dos outros, bem como o seu também. Assim, conhecendo bem a si, pode conter impulsos destrutivos e trabalhar alternativas em prol da boa convivência.

    Nossas aulas online te dão completa flexibilidade para montar horários de estudos personalizados à sua vontade. Mesmo que distante, poderá contar com o acompanhamento de nossos professores a qualquer hora e de qualquer lugar. É com a ajuda deles que desbravará o rico conteúdo das apostilas.

    Ao fim do curso, terá em mãos um certificado impresso, atestando a sua grande competência como constelador. Entre em contato conosco e descubra o que a psicoterapia pode fazer por você e pelos demais, principalmente tratando-se de alguém difícil de lidar. Faça nosso curso de Constelação familiar!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    7 − 5 =