Constelação FamiliarFormação em Constelação

Constelação familiar sistêmica: qual o seu papel?

Devido à sua recente explosão, não nos admira que muitas pessoas ainda não saibam o real papel da Constelação familiar sistêmica. Muitos enxergam a mecânica de trabalho dessa terapia alternativa como algo confuso ou distante da realidade. Vamos esclarecer esse mito como a terapia pode ajudar na sua vida.

O que é a Constelação familiar?

Constelação familiar sistêmica é uma terapia que trabalha a origem das emoções e comportamentos impulsivos que possuímos. O seu criador, Bert Hellinger, propôs e comprovou que as atitudes de nossos ancestrais continuam a mexer com nossas vidas. Assim, dada à natureza de alguns movimentos, isso acaba por nos atrapalhar em algum momento.

No seu trabalho, Hellinger descobriu que toda a nossa árvore genealógica pertence a um campo invisível, chamado de campo familiar. Esse campo é responsável por agrupar e reunir a energia gasta por cada membro da família.

Além disso, ele influencia que os mais novos repitam o caminho de seus ancestrais. Assim, como dito acima, dependendo da ação, essa repetição pode ser o motivo de desavenças sérias.

A Constelação familiar sistêmica visa o estudo desses fenômenos no indivíduo. É o seu local de trabalho e para isso que foi criada, identificando a raiz dessas manifestações. Dessa forma, em qualquer época da vida, sempre será conveniente procurar a ajuda de um constelador sistêmico.

Qual a sua função?

Com base na raiz do problema, a terapia sistêmica visa revelar as causas daquele mal-estar. Por meio dela, um indivíduo consegue entender como a sua herança familiar está afetando suas chances de progredir na vida. O campo familiar atua como uma rede que prende e sufoca o paciente. Ao mesmo tempo em que a cria, também é preso por ela.

Durante a sessão, o constelador ativará o campo familiar do paciente. O processo se dá através de representações, onde o indivíduo posiciona mentalmente a figura dos parentes em objetos ou pessoas.

Assim, cadeiras, vasos e outros indivíduos se encarregam de representar outros membros da família. O processo fenomenológico se encarregará de exibir em terceira pessoa o que o paciente não vê.

O papel da Constelação familiar sistêmica é esclarecer como as vinhas de sua família estão entrelaçadas. O caminho escolhido por seus ancestrais definiram que tipo de vida o paciente estava fadado a ter. Às vezes, as escolhas resultam em ótimos resultados e o indivíduo se torna naturalmente próspero.

Contudo, quando caminha na direção oposta, o paciente despenca de uma ladeira e só é amparado pela terapia.

O que ela pode mostrar?

Não existe uma receita pronta para cada tratamento. Embora o processo haja de forma semelhante com os pacientes, os resultados obtidos dependerão diretamente dos problemas que eles têm. A exposição às causas dos seus desconforto o faz entrar em contato com um espectro até então desconhecido por ele mesmo.

Traumas como traições, abortos separações, mortes e até estupros são revelados. Em geral, são situações que os fragilizam bastante. Isso acontece justamente por trazer os mesmos sentimentos que seu ancestral manifestou. A dor da descoberta se dá porque ele presencia conscientemente toda a carga a que seu parente foi submetido.

O vínculo é forte o suficiente para emocionar os clientes. Muitos entram em um estado de tristeza profunda, raiva e até choram. Se a constelação encontra caminhos mais saudáveis, muitos transbordam isso através do riso ou sensação de conforto. Vale ressaltar que essas reações dependem muito do que o constelador irá encontrar.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Benefícios da terapia

A Constelação familiar sistêmica possui um poder de ação muito forte. Isso significa que após avaliado, você experimenta o momento de limpeza do processo. Entra em contato com o que de melhor possui, graças ao poder da terapia. Veja alguns benefícios que pode alcançar:

Leia também:  Suicídio: 7 dicas de prevenção para pais e mães

Plenitude

Indivíduos cujo o campo familiar interfere constantemente de forma negativa sentem um vazio. Muitos descrevem a sensação de que algo falta em suas vidas, algo que dê motivo para que vivam. Graças a terapia, eles podem entender a razão desse desencaixe. É como se o seu quebra-cabeça interno se completasse, exibindo o caminho a ser tomado.

Entendimento

Quando estamos perdidos em nossas próprias ações, dificilmente conseguimos parar e enxergar o combustível dessa natureza. De forma simplória, é como um animal raivoso guiado pelo próprio sentimento. A Constelação familiar sistêmica nos permite visualizar o nosso próprio berço.

Entendendo nossas origens e em como elas nos afetam, conseguimos interpretar nossa existência. Passamos a nos conhecer mais e melhor, desenvolvendo atitudes e impondo alguns limites necessários.

Relações

Quando pensamos em relacionamentos, chegamos a um consenso de que a imprevisibilidade pode ser um problema. Nesse caminho, podemos conversar sobre a singularidade de cada indivíduo. Todos são únicos e naturalmente e isso pode entrar em choque.

Quando falamos da família e amigos, esse atrito produz faíscas maiores. Isso porque as diferenças atingem um lado mais pessoal e ainda mais emocional. Com a ajuda da terapia, você consegue fortalecer esses laços e perceber o que é importante de verdade nos seus contatos.

Onde ter acesso

Felizmente, a Constelação familiar sistêmica é bastante flexível quanto ao ambiente onde pode ser usada. Isso significa que, independente da situação, o processo de terapia pode ser levado adiante. O maior requisito é que o paciente entenda a linguagem que está sendo trabalhada. Isso pode ser feito em:

Consultórios e palestras

São os pontos de partida dos consteladores ao atendimento. Seja em um ambiente mais privado ou em uma sessão aberta ao público, é possível concluir a terapia com sucesso.

Ambiente de trabalho

A terapia pode ser aplicada em conjunto como forma de aperfeiçoar o trabalho da equipe. Quando todos se dispõem a ser constelados, o resultado converge numa melhor aplicação de recursos.

Educação

Seja em escolas ou faculdades, a terapia sistêmica pode ajudar a sanar problemas de aprendizado. Muitos alunos possuem uma péssima ligação com a herança da família. Dessa forma, isso acaba afetando diretamente a sua educação e desenvolvimento. Contudo, entendendo o que foi exposto pela terapia, o paciente mudar a sua concepção sobre o conhecimento.

Cabe ressaltar aqui que a Constelação familiar sistêmica não se trata de um processo esotérico ou algo do tipo. A terapia tem embasamento em estudos feitos por várias décadas. A existência da propostas apresentadas em seus princípios são verdadeiras e agem continuamente sobre nós.

Ademais, concluímos que o papel dela é nos ajudar em um processo de cura. Os males que sofremos e causamos podem ser compreendidos de forma externa e fiel, reproduzindo as suas interações. Ao fim do processo, você entra em resgate próprio e consegue mudar a rota da sua vida.

Ficou interessado? Que tal fazer um curso?

Para esclarecer ainda mais e aplicar isso, se inscreva em nosso curso de Constelação familiar sistêmica. Sem rodeios, através das aulas online proporcionamos os fundamentos e atualizações científicas que contribuirão à sua formação. Isso significa que terá uma base sólida, mas flexível o suficiente para que você possa se atualizar no seu tempo.

Com pequenas parcelas, você encontra o mais completo curso ofertado na área. Quebre as barreiras de sua mente e descubra quem pode ser e onde deve chegar. A constelação familiar sistêmica pode te ajudar com isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − sete =