Constelação FamiliarFormação em Constelação

Constelação familiar na prática: como é feita?

constelação familiar na prática

A curiosidade sobre o funcionamento da Constelação familiar na prática aumentou ao longo dos anos, principalmente quando a abordagem ganhou mais espaço em empresas, escolas e tribunais. 

Descubra já do que se trata e as diferentes maneiras de ter uma vivência com a prática terapêutica!

Constelação familiar na prática: quais são as modalidades existentes?

Talvez você tenha ouvido falar sobre a Constelação Familiar em um contexto em que ela foi aplicada numa empresa familiar ou em uma escola. 

De fato, é comum que consteladores trabalhem como facilitadores nesses ambientes.

A Constelação foi inicialmente pensada para famílias

No entanto, é possível e totalmente adequado entrar em contato com a Constelação enquanto tratamento terapêutico para problemas familiares.

Portanto, não faz sentido enxergar a terapia de Bert Hellinger como algo que se aplica apenas a organizações.

Abaixo, separamos algumas modalidades cujo intuito é reestabelecer a harmonia dos sistemas familiares e a paz interior de cada indivíduo.

Constelação em grupo

Uma das primeiras modalidades que vale a pena conferir para entender o funcionamento da Constelação familiar na prática é a sessão em grupo!

Ao participar uma primeira vez, você terá a sensação de que está em uma peça de teatro sem público. Por que isso acontece?

A representação dos integrantes de outros sistemas

Nessas sessões, algumas das pessoas presentes podem se voluntariar para representar papéis dentro dos sistemas familiares de outras pessoas e vice-versa.

É uma atividade interessante, regeneradora e que inspira muito tanto quem vê a própria vida encenada quanto quem atua. Insights e momentos únicos de redenção nascem de momentos assim.

A oportunidade de receber comentários francos

Além de dar a chance de se abrir para os outros e compartilhar mais sobre como é a sua dinâmica familiar, a constelação em grupo também se mostra extremamente útil pela oportunidade de receber insights.

Ao abrir uma situação para um grupo de pessoas, você obtém a opinião delas sobre esse assunto. Ademais, enriquece a sua própria experiência a partir do que o outro já viveu. 

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Constelação individual

No caso da constelação individual, é importante considerá-la caso queira ter uma experiência privada com um constelador. Nem todas as pessoas acham interessante dividir sua vida pessoal com um grupo e tudo bem.

Caso prefira sessões individuais, basta entrar em contato com um constelador e ele buscará entender a dinâmica do seu sistema familiar bem como possíveis desequilíbrios que levam você a ter algum problema hoje.

Constelação com bonecos

De modo geral, uma vez que não é possível contar com o apoio de outras pessoas para encenar momentos hipotéticos do seu sistema familiar, é necessário fazer a constelação com bonecos.

Portanto, já vá para a sessão consciente de que o uso de brinquedos é de praxe nessa modalidade de Constelação familiar na prática. Nesse caso, os bonecos representam as entidades do seu sistema.

Mitos e verdades sobre a sessão de constelação familiar: confira!

Agora que já apresentamos algumas das principais modalidades da Constelação, confira alguns mitos e verdades sobre a abordagem terapêutica!

Uma vez que se trata de uma terapia alternativa, muitas pessoas continuam receosas. Ademais, há muita desinformação e rumores circulando por aí.

A Constelação Familiar é uma experiência religiosa?

A Constelação familiar na prática NÃO é uma experiência religiosa. Portanto, afirmar que ela seja vinculada a qualquer tipo de religião é falso. 

Inclusive, pessoas de todas as religiões são bem-vindas a participar.

Porém, o que pode acontecer é o constelador ser vinculado a alguma religião. Há consteladores cristãos e consteladores que seguem a doutrina da cabala.

De todo modo, não necessariamente a doutrina religiosa do constelador interfere no seu tratamento. Essa não é a conduta esperada, mas pode acontecer.

Leia também:  Como a Constelação auxilia no Transtorno Bipolar

As sessões em grupo não são interessantes para pessoas tímidas?

Isso é verdade. Tudo bem não querer compartilhar a sua vida com desconhecidos, ainda que a experiência possa ter resultados bacanas.

De todo modo, vale lembrar que é possível participar da constelação em grupo como ouvinte.

Dessa forma, ainda é possível aprender bastante com os exemplos dos demais participantes e com a discussão em torno de cada caso!

A constelação com bonecos é adequada apenas para o público infantil?

Esse é um mito. Na Constelação familiar na prática, o uso de bonecos é bastante comum no tratamento de adultos e crianças.

Os brinquedos são uma maneira prática de representar os entes de um sistema familiar, nada mais que isso. Eles são uma ferramenta bastante útil de visualização que não dá para ignorar.

Porém, vale lembrar que os bonecos também são um recurso lúdico valioso que ajuda com o tratamento de crianças. Não é verdade que a única serventia dos brinquedos é essa, mas trabalhar com crianças fica mais fácil.

É possível tratar relacionamentos com entes que já faleceram?

Sim, é verdade. Tanto na constelação em grupo quanto na constelação individual a encenação de entes que já faleceram é possível.

Ao entender qual o relacionamento que você mantinha com essa pessoa e a interferência dela no sistema familiar, é possível interferir positivamente no seu sistema com o objetivo de restaurar a harmonia e a paz.

Quantas não são as conversas que queríamos ter com alguém que já se foi? Muitas pessoas passam anos com palavras amargando no coração, prontas para serem liberadas.

A constelação familiar é uma ótima oportunidade de se libertar das situações que você achou que nunca viveria. 

A Constelação traz benefícios para outras organizações, além do âmbito familiar?

Com certeza! No início deste artigo, comentamos que uma das maneiras de conhecer a Constelação familiar na prática é por meio do trabalho de consteladores em empresas, escolas e tribunais.

Isso acontece justamente porque os ensinos de Bert Hellinger sobre as organizações sistêmicas não se aplicam apenas às famílias. Todas as organizações se beneficiam grandemente!

Por esse motivo, é bastante interessante ter profissionais consteladores em qualquer lugar, até mesmo em casa. Um professor que é constelador lida muito melhor com os alunos e demais funcionários da escola.

O mesmo vale para um empresário e para seus funcionários. Entender os princípios da constelação é entender princípios fundamentais para a convivência harmônica em qualquer lugar em que haja mais de uma pessoa convivendo em conjunto.

Constelação familiar na prática: Considerações finais

Por fim, já que enfatizamos a importância de ter uma formação em constelação, convidamos você a conhecer nosso curso de Constelação Clínica totalmente EAD.

Com ele, você terá o certificado para atuar como constelador se quiser. Porém, caso esteja satisfeito com o seu trabalho, pode aplicar o conteúdo adquirido ao que já faz.

Esperamos que tenha desfrutado da leitura sobre a Constelação familiar na prática. Agora você tem informações o suficiente para desmistificar a abordagem terapêutica e até participar da sua primeira sessão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × dois =