Uncategorized

Como é feita a constelação familiar?

como fazer constelação

A Constelação Familiar é um método de conscientização e resolução de uma ampla gama de problemas que surgem na família de origem. Esses problemas podem se manifestar na vida cotidiana a nível de bem-estar individual,  relações interpessoais e  processo de autorrealização.

Como é feita a Constelação Familiar?

Através do método das Constelações Familiares podemos, de fato, tomar consciência das injustiças, exclusões e privações vividas por nossos ancestrais. Pois, a dolorosa memória pode ter nos alcançado e em alguma medida afetado nossa vida.

Ao deixar a representação cênica agir, podemos entender completamente a origem do processo que estamos vivenciando. Isso possibilita reintegrar as informações que faltam no sistema para restaurar sua ordem.

Método das constelações

Utilizando o método das Constelações Familiares, nós trabalhamos para reconstruir a nossa linha genealógica e tomar conhecimento de quaisquer traumas (morte, doença, guerra, falências), injustiças, exclusões, privações e vivências familiares, sociais e cultural. Pois, todas essas informações são, de fato, transmitidas de ancestrais para descendentes.

Isso não é necessariamente simples, muitas vezes o que está representado nas constelações é um cenário totalmente desconhecido e sem precedentes. E não poderia ser de outra forma, pois a constelação não nos mostra  apenas o que já sabemos sobre nossa família.

Por isso, reconhecemos com espanto certas atitudes e comportamentos relatados  pelos representantes. Assim, a verdadeira contribuição de uma constelação é nos revelar o que não sabemos sobre nossa família. A constelação mostra a parte submersa do iceberg, por ser uma representação típica do subconsciente.

Como fazer terapia de Constelação?

Muitas pessoas se interessam pelo assunto, mas não sabem como fazer a terapia de Constelação. O mais adequado é buscar, por meio de pesquisas, uma clínica especializada para que se possa atender seus anseios. Por ser um método relativamente novo, existem espaços que estão crescendo cada vez mais para realizar as terapias.

O mais importante para fazer a terapia de Constelação é abrir-se às informações que chegam. Além disso,  acolher com segurança até as revelações mais desconcertantes. Às vezes, acontece de a constelação revelar informações desconhecidas do cliente, mas prontamente confirmadas por investigações posteriores.

Em todo caso, não importa o que surja da experiência da constelação, nosso nível de consciência é capaz de processar e assimilar. Isto aumenta nossa consciência e permite que nosso campo morfogenético se reorganize mais profundamente.

Como funciona?

Existem três elementos fundamentais para realizar uma Constelação Familiar: um mediador (Constelador), um cliente e representantes.

Mediador

O mediador estabelece o conjunto fenomenológico no qual a constelação se desenvolve, investiga junto com o cliente o tema a ser explorado e, com base na sua experiência e competência, leva a constelação a uma solução eficaz.

Cliente

O cliente é o elemento fundamental de uma constelação, porque é quem traz a questão a ser trabalhada. Esta informação deve ser clara, não podendo ser genérica e evasiva. E, acima de tudo, focada em um tema que requer uma solução.

Nesse sentido, o cliente é importante porque é seu campo morfogenético que é representado fenomenologicamente, e que está ligado ao facilitador e os representantes.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Representantes

    Os representantes são geralmente as pessoas, mas também podem ser o objeto, sobre as quais são projetados pelo campo morfogenético sob certos aspectos dos membros do sistema familiar.

    De modo que, normalmente, os envolvidos possam se expressar livre e espontaneamente em sua audição, dando um desenvolvimento dinâmico à constelação, entratanto isto pode variar a depender da técnica usada pelo facilitador.

    Saiba mais…

    Inicialmente, após uma breve investigação do problema trazido pelo cliente e da situação genealógica e sistêmica, formula-se a questão para a qual se tentará uma solução por meio da constelação.

    O cliente escolhe, no espaço disponibilizado, ou simplesmente convida a arranjar livremente, representantes de sua família, ou de seu parceiro, ou de suas relações afetivas, profissionais, pessoais, então ele senta e observa.

    Finalmente, os representantes entram em contato com o campo mórfico do sujeito e são guiados por dinâmicas espontâneas, trazendo à luz a vivência emocional de pessoas reais ou das situações que representam.

    Armadilha na constelação

    Geralmente, em poucos minutos a constelação chega a uma paralisação, um bloqueio ou um congelamento: é a chamada armadilha. Na armadilha vemos a situação “real” do sistema familiar do sujeito, testemunhamos o surgimento de seu nó ou núcleo problemático.

    Só a visão e a consciência desses dados poderiam ser suficientes para o cliente desconstruir uma série de bloqueios internos e chegar a uma nova consciência sobre si mesmo e seu sistema. Mas, em geral, procura-se ajustar a situação, exercendo assim um papel ativo na redefinição do sistema.

    Portanto, por meio de uma mudança medida e gradual das posições dos representantes no espaço, espontaneamente ou por meio da intervenção do facilitador, o sistema é trazido de volta à ordem certa. Em seguida, em uma harmonia renovada, o interessado retoma seu lugar certo e restabelece o correto das relações com os membros do seu sistema.

    Como fazer curso de Constelação?

    No mundo de Bert Hellinger, criador deste método terapêutico, o indivíduo, para identificar e “dissolver” esses laços que alguns chamam de cármico, nunca é tomado como um elemento isolado.

    Dessa forma, ele está inserido em um contexto específico de relações, o que resulta na identificação de laços ou “problemas não resolvidos” com membros da família, mesmo que conscientemente não lembrados ou nunca conhecidos.

    A eficácia dessa abordagem é experimentada por milhares de clientes em todo o mundo, que experimentam uma sensação geral de “liberação” imediata, após explorar sua constelação familiar.

    Por exemplo:

    • alguns experimentam verdadeiros processos de autocura, ainda outros resolvem problemas de “longa data” sobre sua profissão ou dinheiro;
    • outros descobrem que estão começando a viver uma vida mais plena e satisfatória, outros observam repetidas coincidências favoráveis.

    Considerando os benefícios oferecidos pelas Constelações Familiares, você pode encontrar toda a instrução que alavancará seus conhecimentos, sua vida pessoal e profissional.

    Resumindo, muitos experimentadores desta metodologia parecem, finalmente, encontrar o caminho para suas aspirações, após tentar por um longo tempo.

    O curso da Clínica Constelação, em Florianópolis, irá guiá-lo não apenas a descobrir a teoria por trás das constelações de Hellinger, mas também mostrarei um exemplo de como uma constelação familiar realmente acontece na prática.

    Considerações finais

    No curso de constelação, você  vai descobrir como trabalhar INDEPENDENTEMENTE na sua Constelação Familiar pessoal, sem a necessidade de envolver outras pessoas. Você terá as ferramentas para identificar e resolver os nós mais importantes que poderiam impedir um bom fluxo de sua vida para a felicidade, saúde e bem-estar.

    Se você gostou do conteúdo que escrevemos para você sobre como é feita a constelação familiar, convido você a se inscrever em nosso curso online de Constelação Familiar. É uma ótima oportunidade para você aprimorar o seu conhecimento e ingressar no mundo profissional.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    11 + 6 =