Constelação e RelacionamentosConstelação Familiar

Casais inteligentes enriquecem juntos: 8 lições do livro

Casais inteligentes enriquecem juntos

O livro Casais Inteligentes Enriquecem Juntos é do escritor brasileiro Gustavo Cerbasi. A obra foi lançada em 2004 e conta com 176 páginas. Em 2009, o livro foi o nono mais vendido no Brasil na categoria “Autoajuda e esoterismo”, segundo o levantamento da Revista Veja.

Por isso, o nosso post traz 8 lições do livro. Então, confira agora mesmo e, ao final, temos um convite especial para você.

8 dicas do livro Casais Inteligentes Enriquecem Juntos

1 – Identifiquem o seu perfil financeiro

É muito importante saber o que te motiva a acordar todos os dias para continuar enfrentando os desafios da vida. Tendo como base essas motivações, poder traçar os seus sonhos e buscar realizá-los de qualquer forma.

Então, se isso é tão necessário na vida pessoal, imagine como é tão importante na vida a dois. O autor do livro percebeu isso e aponta que não saber o perfil financeiro do seu cônjuge é um grande erro. A discordância pode levar a várias discussões e, até mesmo, ao fim de um relacionamento.

Quando o Cerbasi fala sobre o perfil financeiro, ele cita cinco perfis: poupadores, gastadores, descontrolados, desligados e financistas. Cada um deles tem características próprias que pelo nome já entrega algumas delas. Vale a pena saber qual é o seu e do seu parceiro, para vocês poderem trabalhar juntos.

2 – Tenha um planejamento financeiro

Quando não temos noção para onde vamos, acabamos indo para qualquer lugar. E esse lugar pode ser um fim do relacionamento. Se começarmos mal, a probabilidade dele continuar desse jeito é alta.

Por isso que o autor do livro “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos ” indica que é preciso construir um planejamento financeiro o quanto antes. Se isso não for feito no início do relacionamento, precisa ser realizado quando o casal saber dessa dica.

Pois, o casal só terá benefícios ao fazer esse planejamento financeiro! Entretanto, Cerbasi alerta algo muito importante: simplesmente guardar dinheiro não traz prazer algum. Aliás, essa reserva não trará prazer, se o casal não aprender a construir os planos em conjunto.

3 – Tenha sonhos e planos em comum

Quando se une, geralmente o casal passa a conviver com dois salários e há duas cabeças pensando a como lidar com o dinheiro. Então, é bem difícil conseguir conciliar os objetivos de cada um? Por isso, os sonhos dos dois precisam ser parecidos. Ter a independência financeira e fazer uma reserva são dois bons exemplos.

Mas se o seu cônjuge tem um objetivo diferente do seu, não há problema nenhum! Basta vocês dois saberem respeitar os desejos de cada e criar um orçamento que contempla ambos objetivos.

Então, o respeito e a tolerância devem reinar na hora de fazer um planejamento financeiro, levando em conta os planos pessoais de cada um. Além disso, vale ressaltar que o precisar estar em destaque é suas metas comuns, pois eles alimentam os objetivos do casal.

4 – Tenha disciplina com suas contas e seus investimentos

Pode parecer bem óbvia essa ideia no mundo financeiro, mas o autor reforça a importância dessa lição. Porém, o panorama que o Cerbasi pinta é um pouco diferente. Imagine uma pessoa que é muito consumista. Podem existir várias alternativas para impedir que ela gaste bastante, como deixar o cartão de crédito em casa.

Mas, mesmo assim, essa não é uma garantia de que isso vá manter a pessoa disciplinada. Por isso, Cerbasi aponta alguns métodos alternativos para manter a motivação e resistir às tentações.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Saiba mais…

Cerbasi indica uma planilha que tenha dois indicadores: quanto de juros você recebe dos seus investimentos e o quanto falta para ter a independência financeira. Pois, saber que a cada dia que está alcançando a tranquilidade financeira pode ajudar a se manter fiel aos seus objetivos.

Leia também:  Constelação Familiar em Goiânia

Porém, ele explica que isso funciona para ele. Isso pode ou não funcionar para você. Por isso, é importante que o casal busque alternativas que os ajude a se manterem fiéis aos seus planos financeiros.

5 – Comemore as conquistas do casal

Essa é uma lição que é praticamente inevitável não fazer, não é mesmo? Isso porque quando temos uma conquista, rapidamente queremos comemorar. Mas, quando o casal está há vários anos juntos, eles não enxergam mais as novidades que acontecem com eles.

Por isso, o ensinamento que Cerbasi nos passa é bem simples: sempre celebre as conquistas atingidas. Então, vocês conseguiram guardar aquele dinheiro que tinha estipulado? Marque um jantar no seu restaurante favorito, claro respeitando as suas economias.

Aliás, são nesses momentos que farão com que o casal saia da rotina e possa prosperar nos seus planos. E o melhor de tudo: juntos. Portanto, comemore cada vitória.

6 – Não tenha segredos

A infidelidade financeira é um problema que um casal pode ter. É muito comum a pessoa fazer uma dívida enorme e não contar para o seu cônjuge. Os motivos podem ser diversos, desde vergonha até o medo de o parceiro querer a separação.

Por isso, é preciso ter um diálogo sincero entre os dois, para que ambos possam resolver o problema. Assim que a situação for resolvida, o casal deve voltar ao projeto. Mas seria bom se tivesse um plano para poder lidar com esses imprevistos.

7 – Estabeleça fundos separados para emergências

Uma dica para o problema falado no tópico anterior, é ter um fundo separado para emergências. Pois, todo o casal, em especial os que já tenham filhos, deve ter dinheiro separado para possíveis imprevistos e gastos emergenciais.

Por isso, o autor recomenda que essa reserva tenha em média o valor de seis meses de despesas básicas da família. Mas lembre-se: dinheiro guardado não é dinheiro parado! Então, esses recursos precisam estar em um investimento que tenha liquidez diária.

Nos dias atuais, existem muitos investimentos em renda fixa que rendem mais do que a poupança. Além disso, oferecem a possibilidade de saque a qualquer hora. Então, vale a pena fazer uma pesquisa sobre esse tipo de investimento.

8 – Dialogue sobre o dinheiro com o seu cônjuge

Para finalizar a nossa lista de lições do livro “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos”, falaremos sobre o diálogo sobre dinheiro num relacionamento. Pois, não é novidade que a escola não tenha disciplinas específicas sobre educação financeira. Aliás, crescemos sem entender os aspectos básicos do mundo financeiro.

Então, quando encontrarmos o nosso par, teremos como base o que outro sabe sobre esse assunto, supondo que ele saiba. Porém, se nenhum dos dois sabe como lidar com o dinheiro?

Para que os dois tenham uma relação saudável com dinheiro, ambos precisam estudar mais. Então, não tenha vergonha de dizer que não entende sobre a taxa SELIC, por exemplo. Juntos vocês podem fazer cursos sobre educação financeira ou ler livros e conversar sobre administrar o dinheiro.

Considerações finais sobre Casais Inteligentes Enriquecem Juntos

Por fim, se você gostou do nosso post sobre as lições do livro “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos ”, conheça o nosso curso de constelação familiar 100% EAD. Pois, com ele você saberá como prevenir e resolver conflitos. Então, saiba mais acessando o nosso site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 15 =