Constelação e Relacionamentos

A própria felicidade, de Sophie Hellinger (resumo do livro)

Sophie Hellinger - A própria felicidade

Sophie Hellinger é colaboradora ativa na construção e expansão dos ensinamentos da Constelação familiar desde a sua descoberta. Por causa disso, ela possui uma bem-sucedida carreira como escritora, espalhando o incrível saber de décadas de aprendizado. Convidamos você para conhecer uma das obras mais conhecidas de Sophie atualmente, o livro A própria felicidade.

Conteúdo

O livro A própria felicidade de Sophie Hellinger resgata os fundamentos da Constelação familiar clássica. À medida que o tempo, avança se provou necessário a inclusão de novos meios para trabalhar o relacionamento entre as pessoas. Para isso que surgiu a Constelação familiar, uma terapia voltada à libertação do que nos impede de amar.

O livro de Sophie Hellinger apresenta uma introdução esclarecedora a respeito dos fundamentos da terapia sistêmica contemporânea. Por meio de exemplos práticos, a autora descreve com detalhes o que nos move para uma vida saudável. Mais do que nunca, a felicidade na família e no amor se tornou um presente alcançável por todos.

Sophie introduz também as Novas Constelações familiares, revitalizando os conceitos da modalidade terapêutica clássica. Construída em parceria com Bert, as Novas Constelações introduzem ideias e propostas inovadoras ao crescimento pessoal e em grupo familiar.

Os destinos da família

O livro A própria felicidade chama o leitor a olhar o vínculo familiar de origem com o destino dos membros da família. Por meio dessa observação, é possível perceber como é difícil se libertar da família e ter uma resolução somente sua. Mesmo que o vínculo familiar carregue consequências graves, a pessoa que pertence a ele o experimenta sem questionar.

Por exemplo, quem deseja ficar parecido com o pai se sente feliz com o pertencimento. Contudo, a separação honrada desse vínculo pode gerar medo e uma angústia para a pessoa que estava seguindo o destino familiar. Por causa disso que a ligação permanente é vivida com intensa segurança, alegria e sem riscos para o dependente.

Assim, conclui-se que sofrer por um problema é mais fácil do que resolvê-lo, o que leva as pessoas a preferirem a infelicidade pela sua comodidade. Por meio do livro de Sophie, vemos o poder da Constelação de revelar o fluxo do vínculo de destino. A própria escritora se manifesta em relação a essa realidade, aconselhando que:

  • soluções rápidas são perigosas e por isso as pessoas devem ter cuidado com elas;
  • deve-se evitar recaídas naquilo que é antigo e nos prende ao passado;
  • é necessário buscar uma resolução que sintonize os destinos e que seja forte o suficiente para que todos os membros do vínculo vivam bem.

Metas

Quanto mais aproveitamos a leitura do livro A própria felicidade, melhor entendemos as metas de Sophie Hellinger com a obra. Ainda que se trate de um trabalho de introdução, a autora se encarrega de sanar as dúvidas que surgem no caminho. Tanto que ela responde sobre:

Os princípios básicos da vida

Sophie se mostra detalhista e focada nos pormenores sobre os princípios básicos da vida. Embora possa parecer simples, a compreensão a respeito deles nos permite conduzir adequadamente os nossos relacionamentos na família e trabalho. Consequentemente, esse entendimento nos ajuda na conquista da felicidade e do amor.

Consequências dos emaranhados familiares

Outra meta da escritora é tornar claro como os emaranhados podem afetar profundamente uma família. Para fixar esse pensamento, Sophie ensina o leitor a pensar sobre essas dificuldades de uma maneira imparcial. Assim, é por meio de suas impressões que uma pessoa pode refazer seus passos e buscar uma solução.

O valor das consciências diferentes

A diversidade de pensamento pode causar tanto caos quanto harmonia em um grupo familiar. O livro não apenas ensina a detectar linhas de pensamento, mas também encontrar e proteger o valor de pensar de forma diferente.

O casamento e a família

A leitura de A própria felicidade se torna cada vez mais dinâmica à medida que o leitor completa os capítulos. Mesmo que a obra foque de forma geral na Constelação, há espaço para discussões pertinentes e específicas no decorrer dela. Por exemplo, a autora discute sobre o relacionamento entre pais e filhos e a relação conjugal.

Leia também:  Frases para o dia do professor

Os capítulos dedicados a esses tópicos são bem instrutivos, revelando os elementos influentes na construção dessas relações. Ele não apenas os apresentam, mas também ensinam o leitor a reforçar a ligação entre familiares e a encontrar a sustentabilidade desses relacionamentos.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Constelação clássica X Nova Constelação

Atualmente, a Constelação clássica já não é mais difundida como antes, sendo pouco utilizada no meio terapêutico. Dessa forma, o curso da Hellinger Schule não usa mais o formato original da terapia na formação dos alunos. Entretanto, mesmo ultrapassada, a Constelação clássica ainda é elemento para a observação do desenvolvimento dessa sabedoria nas últimas décadas.

Tanto Sophie quanto Bert Hellinger entenderam que a Constelação clássica pode estar facilmente limitada hoje em dia. Por isso que eles se mantiveram atentos às tendências com o intuito de ofertar o melhor para os seus alunos. A obra A própria felicidade é escrita com base nas Novas Constelações sistêmicas.

Avanços

Por ser um livro escrito a partir das ideias das Novas Constelações familiares, A própria felicidade é por si só avançado. Ainda que respeite a base primordial da Constelação, a obra consegue se reinventar ao propor outras intervenções para o seu crescimento interno. É mais clara também, facilitando a acessibilidade do leitor ao tema abordado.

Desse modo, os ensinamentos que são repassados para você se tornam muito mais eficazes. O conteúdo aprendido é, de fato, enriquecedor para o nosso desenvolvimento como pessoas, parceiros e profissionais.

Por que devo ler A própria felicidade?

Em suma, o livro A própria felicidade é bastante didático ao abordar as nuances das relações familiares. Ele não apenas mostra o que pode afetá-las negativamente, mas também explica como você e os outros familiares podem reconstruí-las e fixar o amor ao vínculo.

Mesmo que você seja apenas um iniciante ou então um facilitador já formado, a obra é imersiva e acessível para aprendizado sem restrições.

Considerações finais sobre A própria felicidade

O livro A própria felicidade de Sophie Hellinger é uma aula sobre como a influência da Constelação muda a família. Ele aborda esse assunto positivamente, é claro, guiando os processos de como você e os outros membros podem alcançar a felicidade.

Mais do que nunca é possível ao leitor ter clareza para alcançar prosperidade nos relacionamentos. O seu fluxo familiar terá espaço o suficiente para tentar novas lições de desenvolvimento e conquista da unificação familiar.

Porém, se você quiser uma imersão completa e transformadora na Constelação, venha conhecer o nosso curso de Constelação familiar. Além de aprimorar o seu autoconhecimento, o curso contribui para a mudança de perspectivas, impulsionando a descoberta do seu potencial. Além de aproveitar melhor os ensinamentos de A própria felicidade, com o nosso curso você ressignificará as referências do que é viver bem e feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 11 =