Constelação e vida diáriaConstelação Familiar

Trabalhando a aceitação na Constelação Familiar

Por vezes, renegamos alguns aspectos de nossa vida, procurando nos afastar deles quando pensamos em recomeçar. Contudo, esse movimento gera consequências e sofrimentos, algo que impede o sucesso em nossas vidas. Entenda melhor o papel da aceitação em nossas vidas e como isso pode nos mudar para melhor.

O que é a aceitação?

A aceitação, segundo a Constelação familiar de Bert Hellinger, é entender de fato como as coisas são. É perceber que o que está feito está feito e não pode ser alterado de forma alguma. Com base nisto, devemos seguir adiante com a ideia de que atos já efetuados são imutáveis. Dessa forma, não devemos trabalhar para contrariá-los.

Contudo, aqui não cabe fechar os olhos e se submeter à situação. A ideia é que um ente absorva os fatos anteriores de modo a compreender a sua natureza. Aquilo ocorreu como deveria ter ocorrido e está tudo bem. Assim, independente dos resultados, foi daquela maneira e ponto.

A aceitação quebra completamente a lente cor de rosa que usamos na vida. Em suma, significa que escapamos da fantasia para encarar a realidade da vida. Nos tornamos seres mais conscientes de nós mesmos e das situações. Dessa forma, conseguimos alcançar uma evolução interina e permitir a chegada do novo em nossas vidas.

Por que devemos agregá-la em nossas vidas?

O ato de aceitar nos tira de uma zona de conforto incômoda criada pelas suposições. De forma simplória, conseguimos nos livrar dos “E se?”. “E se eu tivesse pedido demissão” ou “E se eu tivesse me casado”. Isso não é uma realidade e tampouco sabemos o que viria a acontecer, tendo acesso apenas na realidade que está vigente.

A aceitação por parte da Constelação familiar é que nos abre os olhos. Por meio dela, temos condições de nos desgarrar da aura de fantasia que é até destrutiva. A realidade, ainda que pareça e/ou seja dura, é o melhor caminho para nos encontrarmos como indivíduos. Assim, não há distrações que impeçam o nosso crescimento, algo a que temos direito.

Ainda que sejam boas até certo ponto, as fantasias são uma camuflagem às insatisfações mundanas. Pensemos em nossos pais, por exemplo. “E se os meus pais fossem pessoas diferentes?”. Simples: não seriam seus pais. Dessa forma, ao renegá-los você desconstrói a sua própria história.

Consequências

Não aceitar ou não saber fazer esse exercício pode implicar em alguns aspectos importantes da sua vida. A estruturação de fatos, ainda que incomode, não pode ser alterada, visto que o que aconteceu já está feito. Assim sendo, trabalhar arduamente para tentar mudar isso pode declinar a sua vida. Em geral, alguns dos sinais abaixo se manifestam:

Remorsos

Viver permeado de “E se” implica na construção de uma aura feita inteiramente de remorso. Sentimos uma inquietação vigente e duradoura, nos lembrando a todo momento de tal situação. A consciência parece pesar em nossas mentes, nos condenando a todo momento e nos incriminando por algumas ações.

Culpa

Ainda que não tenhamos ferramentas para agir na mudança que queremos, nós sentiremos culpa por isso. Acontece que os pensamentos depreciativos declinam a nossa própria imagem, nos fazendo acreditar na própria incapacidade. Nesta hora, seremos o nosso pior inimigo, visto que a culpa não se silencia tão facilmente.

Negação

Passamos a ignorar a realidade vigente em nossas vidas. Esse estado lembra um pouco o período de luto, onde não acreditamos na perda de um parente. Dessa forma, trabalharemos para manter aquela visão que carregamos. Neste caso, aceitar significaria sentir dor em algum nível.

Dores do crescimento

A aceitação pode ser uma peça difícil de ser trabalhada para algumas pessoas. Isso porque significa se livrar de objetos que serviam como certezas em nossas vidas. De forma simplória, significar recomeçar sob outro ponto de vista e se encontrar nesse mundo desnudo. No entanto, há um medo da verdade que cega algumas pessoas.

Não aceitar significa permanecer numa posição de inocência. Alguma experiência anterior o colocou nesta posição e o mesmo se sentiu mais confortável, devido à ideia do que poderia encontrar adiante. Deste modo, estaria inibido de ter de lidar com as dores vigentes de um mundo realista.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Quem permanece inocente fica impedido de crescer. Podemos associar aqui um “Complexo de Peter Pan” emocional. Continuará do mesmo jeito por tempo indeterminado, até que resolva mudar.

    Mudanças

    Ainda que alguns não queiram, é preciso e possível fazer uma rota para o crescimento. Permanecer nessa posição o impedirá deter experiências reais e construtivas para seu status como ser humano. O trabalho é lento e pode demorar um tempo, a depender da sua relutância. Contudo, ainda assim é possível.

    Olhe para o que está sendo negado

    Pode ser difícil para alguns, mas é necessário encontrar o que você nega. Perceba cada nuance daquele objeto, aqui um acontecimento, e procure não ignorá-lo. Em primeiro instante, seu tamanho e importância diminuem.

    Aceitar

    Agora que o enxergou, hora de aceitar. Poupe sua energia e pare de tentar mudar algo que já aconteceu, evitando desgastes posteriores. Você não pode e nem deve se render a isso. Dessa forma, poderá ter alívio, visto que se libera de uma prisão autoimposta.

    Veja as boas consequências

    Já parou para pensar do que está se privando ao negar algo? Ao mesmo tempo em que renega uma ideia ou fato, pode estar se abstendo de usufruir dos benefícios de outras. Estabelecer-se em uma posição ou lugar de zero aproveitamento também te blinda contra recompensas valorosas.

    A aceitação pode ser vista como um gesto de altruísmo para nós mesmos. Ao fazê-la, você se desinibe do mundo e se expõe diante dele. Capta novas impressões necessárias a sua nova construção. Dessa forma, consegue sanar as cicatrizes deixadas anteriormente e se abrir para novas experiências.

    Comece por aceitar e entender a natureza dos pais. Tente não mudar a realidade de como eles são, pois assim você mesmo poderá seguir em frente confiante e em paz. Após isso, será a vez do mundo. O enxergue como um mapa repleto de recompensas e com muitas possibilidades.

    Caso tenha dificuldades no processo, tenta buscar a formação em um curso de Constelação familiar. Nós possuímos uma das mais completas grades encontradas no mercado, imergindo os alunos em técnicas e experiências que podem transformar vidas. Os professores monitoram e desafiam os alunos através de dinâmicas construtivas, os ajudando a alcançar seu potencial.

    No mais, as aulas online se adequam a qualquer agenda. Portanto, você não terá dificuldades em estudar, já que fará seu próprio horário. Sendo assim, comece já a sua escalada para a plenitude com o curso de Constelação familiar. Assim sendo, poderá entender melhor o que significa aceitação e poderá implementá-la a nível pessoal e profissional também.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    3 × quatro =