Constelação Familiar

O que é e como funciona a constelação familiar?

o que é e como funciona a constelação familiar

A constelação familiar é uma terapia que oferece ajuda para que nenhuma família fique desamparada ou em desunião. Neste artigo vamos te mostrar o que é e como funciona a constelação familiar uma terapia que vem sendo bem procurada ultimamente e que esta ajudando milhares de famílias.

O que é e como funciona a constelação familiar

O que é

Constelações familiares: uma forma de explorar e melhorar a dinâmica familiar. Uma Constelação Familiar é, sobretudo, um processo terapêutico realizado em grupo e que atua na parte mais profunda de nossa consciência.

Primordialmente, a teoria em que se baseia esta técnica é que as pessoas têm certas âncoras negativas inconscientes, que nos transmitem sentimentos dolorosos e dos quais às vezes não sabemos como nos livrar.

Sendo assim, essas âncoras muitas vezes nos levam a reproduzir certos comportamentos ou a viver repetidamente certas situações negativas, sem saber muito bem como resolvê-las.

Como funciona a constelação familiar

As Constelações Familiares são feitas com várias pessoas que não têm nenhum vínculo entre si e que frequentam a mesma oficina.

É importante esclarecer que embora as Constelações Familiares sejam realizadas em grupo, não é considerada uma Terapia de Grupo como tal, pois a dinâmica de trabalho é muito diferente.

Surgimento da constelação

Bert Hellinger, psicoterapeuta alemão e ex-padre desenvolveu este método em meados da década de 1990 é o gerador desta técnica. Ao longo de sua carreira, ele tratou e estudou classes por mais de 50 anos.

Segundo Bert, que verificou que muitos de nós, espontaneamente, usamos padrões familiares destruidores que nos guiam ao estresse, ansiedade, raiva, culpa, afastamento e até a doença como forma de “pertencimento” às nossas famílias.

Contudo, sua teoria é que, com o amor profundo, uma criança muitas vezes sacrifica seus próprios interesses em uma tentativa vã de aliviar o sofrimento de um dos pais ou de outro membro da família.

O que a constelação familiar permite

As Constelações Familiares nos permitem quebrar esses padrões para que possamos viver de forma mais consciente, saudável, feliz e acima de tudo plena. Os resultados podem mudar verdadeiramente a vida.

Objetivo das constelações familiares

Assim, o objetivo das Constelações Familiares é descobrir a dinâmica oculta de uma família e suas relações de forma experimental.

Este é um método gentil e sensível que permite que as energias dos relacionamentos sejam reveladas por meio dos representantes, de forma que possa levar a uma solução.

Isso significa que cada membro do sistema pode encontrar seu lugar no grupo por meio de uma conexão saudável e respeitosa entre si.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Como é desenvolvida uma sessão de Constelações Familiares?

    Para realizar a Constelação Familiar, várias pessoas se encontram, incluindo o constelador (terapeuta), e as sessões são realizadas que duram uma manhã ou uma tarde.

    Um workshop é composto por 3 a 6 pessoas, dependendo da organização com a qual o grupo foi estruturado anteriormente. Ademais, cada participante terá sua vez de constelar e sua constelação durará aproximadamente uma hora.

    Durante a constelação, as outras pessoas tornam-se parte ativa da terapia, uma vez que podem ser escolhidas para representar as experiências inconscientes daquela que está fazendo a constelação (realizando a terapia).

    A dinâmica de uma constelação

    Após cada curva da constelação, uma pausa de 10 minutos é feita para descansar e continua com a próxima. Desta forma, a dinâmica de trabalho é contínua e cada pessoa que comparece realiza trabalhos pessoais e de grupo.

    Não é necessário que quem frequente tenha algum tipo de conhecimento sobre as constelações, pois a forma de trabalhar é ordenada e, ao mesmo tempo, experiencial e criativa.

    Em suma, cada pessoa que frequenta uma oficina de constelações familiares realiza um trabalho pessoal, tanto na sua constelação como na das outras:

    • É muito comum sentir que o papel ou papéis que cada pessoa experimentou como representante está relacionado com aspectos de sua vida e história pessoal.

    Sobre o que são as Constelações Familiares?

    Esse processo é eficaz em questões de natureza sistêmica. Principalmente quando há problemas pelos padrões de comportamento que vêm da família de origem.

    Essa terapia ajuda a resolver problemas familiares e encontrar sentido e propósito na vida, além de resolver questões pessoais.

    O processo da constelação familiar

    O processo de Constelações Familiares funciona em muitos níveis simultaneamente, funciona em um nível profundo, como a hipnoterapia.

    De acordo com Hellinger, a energia com a qual estamos lidando aqui é principalmente a energia da alma.

    Temas que podem ser constelados

    Diversos temas e conflitos podem ser tratados ou resolvidos em constelações, e eles são:

    • dificuldades nas relações familiares;
    • desenvolvimento pessoal;
    • trauma infantil;
    • conflito conjugal, relacionamentos atuais ou passados;
    • problemas com crianças;
    • orientação em momentos vitais de mudança;
    • depressão, tristeza e melancolia, com ou sem causa aparente;
    • perda e sofrimento – superando eventos trágicos;
    • recursos para enfrentar doenças;
    • problemas de fertilidade, adoções;
    • exclusão e problemas de relacionamento social;
    • destinos difíceis (mortes prematuras, abortos);
    • sentimento de autossabotagem para não alcançar o sucesso financeiro, profissional ou pessoal;
    • outros tópicos: heranças, ações judiciais;
    • orientação ao nível profissional e projetos.

    Constelações familiares: uma abordagem fenomenológica

    A princípio, a Terapia existencial é baseada em uma abordagem fenomenológica como uma forma de trabalhar o que o terapeuta requer para anular as hipóteses, teorias ou programa aprendidos.

    Tudo isso permite que o cliente passe a explorar sua realidade, permitindo assim a situação a ser exibida por si mesma. Isso pode fornecer informações úteis a partir das quais uma pessoa pode ver o significado de sua situação.

    A abordagem do terapeuta

    Da mesma forma, nas Constelações Familiares, um terapeuta é exigido ou adota uma abordagem fenomenológica na qual ele deixa seus conhecimentos ou suposições anteriores.

    Dessa forma, permite que a constelação com seus representantes se desdobrem e revelem o que é necessário para o cliente e o problema que apresenta.

    Constelação familiar em grupo

    A terapia em grupo e individual tem os mesmos objetivos, que é analisar o emaranhado de conflitos, problemas, traumas que o indivíduo passa em seu sistema familiar.

    Mas essa constelação conta com outras pessoas, que podem representar os familiares ou apenas assistir à apresentação. Por isso, as constelações em grupos normalmente são feitas em workshops agendados.

    Porem vai de o indivíduo querer ou não que seja em grupo, pois muitas pessoas se sentem “ameaçadas” em abrir seus problemas, sentimentos ou situações para outras pessoas.

    Considerações Finais

    A constelação vem crescendo cada vez mais e ajudando milhares de pessoas que sofrem dentro da sua casa, quando se trata dos pais, irmãos ou familiares.

    Paralelo a isso, Bert Hellinger criou a constelação para que o estresse, ansiedade, conflitos e brigas familiares fossem resolvidos e que pudessem todos viver em harmonia dentro de sua própria casa.

    Gostou desse artigo que fizemos especialmente para você sobre o que é e como funciona a constelação familiar? Convidamos você a se inscrever em nosso curso totalmente online de constelação familiar.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    treze + sete =