Constelação e RelacionamentosConstelação Familiar

Livros sobre pais e filhos: 8 livros mais recomendados

Livros sobre Pais e Filhos

Como já sabemos, a relação entre pais e filhos é um dos relacionamentos mais importantes. Por conta disso, é repleto de complexidades e para entender mais sobre o assunto é fundamental apostar em uma boa base teórica. Então, separamos 8 livros sobre pais e filhos, confira!

Pais e filhos livro: 8 melhores

1 – Carta ao pai (1966), de Franz Kafka

O primeiro livro sobre pais e filhos foi escrito na década 1960, mas vale bastante para a nossa época atual. “Carta ao pai” é ambientada no início do século XX, quando Franz decide escrever uma carta para o seu pai, o comerciante Hermann Kafka. A motivação vem depois da fria recepção que ele teve ao saber do seu noivado.

Aliás, o principal objetivo dessa mensagem era expor toda a sua mágoa perante ao pai autoritário que teve. Adjetivos como tirano, regente e rei são comuns na carta escrita por Franz. O livro só foi publicado após a morte do autor e a carta virou um documento importante na literatura universal.

2 – A estrada (2006), de Cormac McCarthy

O livro já conta com um Prêmio Pulitzer na categoria ficção. “A Estrada” se passa em um futuro não muito distante, quando o planeta Terra é completamente devastado. Nesse contexto apenas alguns sobreviventes lutam por sua vida. Entre eles, temos um homem e seu filho, que buscam se salvarem sem nenhuma garantia de segurança.

Como cada um depende do outro para sobreviver nesta jornada, a obra é uma linda história de amor entre pais e filhos. Afinal, mesmo em uma situação muito extrema, é possível que esse sentimento seja ainda mais forte.

3 – Patrimônio (1991), Philip Roth

O nosso terceiro livro sobre pais e filhos da nossa lista é “Patrimônio”. A obra retrata os sentimentos de Philip Roth com seu pai à beira da morte. Embora o autor fosse considerado um dos escritores mais reclusos e rabugento por vários críticos, nesse livro ele abre o seu coração.

A obra possui uma narrativa bastante simples, mas que envolve o leitor com os relatos íntimos de Philip.

4 – O filho eterno (2007), de Cristovão Tezza

Outro livro que tem um caráter autobiográfico é o “Filho Eterno” do escritor brasileiro Cristovão Tezza. A obra expõe, por meio de um foco narrativo próximo ao pai, quais são os obstáculos de se criar um filho que tem síndrome de Down.

Aliás, o livro foi considerado pelo jornal O Globo como uma das melhores obras de ficção dessa década. “Filho Eterno” foi traduzido para outras línguas como inglês e espanhol, além de ter sido adaptado tanto para o teatro quanto para o cinema. Então, vale muito a pena conferir essa obra de Tezza.

5 – De filho para pai (2013), de Márcio Vassallo

Por meio de uma narrativa bastante poética, Márcio Vassalo apresenta ao leitor a história singela de um pai e de seu filho pequeno. Aliás, é com esse cotidiano tão simples e semelhante para todos, que é uma ótima leitura de fazer junto com o seu pequeno. Afinal, é por meio de brincadeiras, amizades e tristezas que compõe um relacionamento entre pai e filho.

6 – Extraordinário (2012), de R. J. Palacio

O livro norte-americano já ganhou uma versão para os cinemas em 2017 e fez bastante sucesso. A obra de R. J. Palacio conta a história de Auggie Pullman, um garoto que nasceu com uma deformidade facial e fez várias cirurgias plásticas. Aos 10 anos, ele começa a frequentar uma escola regular pela primeira vez.

Nessa nova jornada de descobertas e também de certos desafios, ele contará com a ajuda de seus pais. “Extraordinário” é uma obra que vale muito a pena conferir, pois aprendemos lições valiosas sobre a relação de pais e filhos.

7 – Papai é meu (2020), de Ilan Brenman

Outro livro que traz uma realidade que aconteceu com o autor é “Papai é meu”. É muito comum entre irmãos haver esse tipo de disputa e partindo de uma experiência real, Ilan Brenman desenvolveu essa obra.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Misturando ficção e realidade, a história mostra como é o ciúme e o amor entre duas irmãs e seu pai. Por ser bastante ilustrativo, o livro é uma dica de leitura com o seu pequeno na hora de dormir.

    8 – Adivinha quanto eu te amo (2011), de Sam Mcbratney

    Para finalizar a nossa lista de livros sobre pais e filhos, trouxemos “Advinha quanto eu te amo”. A história bastante lúdica gira em torno de um pequeno coelho que tenta mostrar o quão grande é seu amor pelo seu pai. Embora o Coelho Pai entre nessa brincadeira para ajudá-lo, ele logo descobrirá que essa não é uma tarefa tão fácil assim.

    Bônus: livros para pais

    Para finalizar o nosso post, reunimos 4 livros para os pais com dicas de criação e como cuidar dos filhos. Então, confira os próximos tópicos com as nossas sugestões.

    1 – Quem Ama, Educa (2002), de Içami Tiba

    Esse livro se tornou um best-seller na área da educação, afinal o psiquiatra Içami Tiba discute temas bastante atuais. Além disso, o autor propõe aos pais e responsáveis que devem deixar de fora determinados padrões repetitivos da educação. Com isso, poderão adaptar-se ao mundo com novos estímulos. Então, é uma leitura imperdível para os pais.

    2 – A Maternidade e o Encontro com a Própria Sombra (2003), de Laura Gutman

    Esse livro é bem diferente do primeiro que trouxemos, pois ele tem o objetivo de ajudar a mulher entender o que é a maternidade. Por isso, não traz dicas e sugestões de como cuidar de um bebê, mas sim discutir temas complexos, como as consequências que o nascimento do pequeno traz para a mente da mulher.

    A autora Laura Gutman é psicopedagoga com especialização em família e com seu livro ela tenta ajudar a mulher a superar as suas inseguranças. Afinal, esses medos podem prejudicar a educação dos seus pequenos.

    3 – Mamãe eu quero + (2009), de Sonia Hirch

    Como sabemos ter uma boa alimentação é algo fundamental, por isso é importante abordar desde a infância, cabendo aos pais esse papel. Por isso, trouxemos o livro da jornalista Sonia Hirch ensina como escolher alimentos corretos para as crianças. Além disso, ela indica fugir de alimentos industrializados e priorizar o aleitamento materno.

    4 – Limites sem traumas (2001), de Tania Zagury

    Por fim, “Limites sem traumas”, mestre em educação Tania Zagury, aborda como o conceito de ética deve nortear a educação das crianças e dos adolescentes.

    Para isso, a autora desenvolve de maneira didática que a “liberdade total” é prejudicial na educação dos filhos. Além disso, discute como e excesso de liberdade prejudicará o convívio deles com a sociedade.

    Considerações finais: Livros sobre Pais e Filhos

    Com o nosso post “Livros sobre Pais e Filhos” você pode entender melhor sobre como deve ser uma boa relação entre ambos. Mas, caso precise saber mais sobre como resolver os conflitos que surgem nesse relacionamento, temos um convite: conheça o nosso curso completo de Formação em Constelação Familiar e Sistêmica. Não perca a oportunidade de aplicar os princípios da Constelação no seu trabalho e na sua vida familiar!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    dezessete − nove =