Constelação e Relacionamentos

História de amor: mitos e verdades

verdades e mitos de história de amor

Podemos admitir que quando falamos em história de amor, sentimos um imenso frio percorrer pela nossa barriga.

Na maioria das vezes acreditamos nos contos de fadas que nos contam, desejando então viver aquela história de intensa e romântica.

Nesse artigo trouxemos dicas valiosas para você que deseja viver uma história de amor calorosa e intensa com o seu parceiro.

Como viver uma história de amor

Aproveite cada momento

Aproveite os seus momentos com a pessoa amada, levando cada minuto com seriedade e ternura.

Além disso, entregue-se 100% ao seu parceiro de corpo e alma sem se preocupar com o que vai acontecer a seguir.

Coloque paixão no relacionamento

Num relacionamento, é necessário que haja paixão, desejo e cumplicidade. Assim sendo, não se esqueça de trabalhar todos esses ingredientes em sua história de amor. Afinal de contas, quem não gosta de carinho?

Se dedique ao seu parceiro

Da próxima vez que vocês ficarem juntos por um dia, se dedique a pensar em todas as maravilhosas habilidades de seu parceiro e nos momentos felizes que vocês viveram. Também se solte! Sorria quando a pessoa amada olhar para você, por exemplo.

Se afaste do pessimismo

Fique longe das pessoas que não acreditam no verdadeiro amor. De certa forma, a opinião alheia pode acabar lhe influenciando, fazendo-o desacreditar que o amor existe.

Acredite no príncipe encantado

Mesmo que o romance que você esteja vivendo no momento seja temporário, é possível viver uma história de amor com um príncipe encantado. Basta você aproveitar o momento e faça cada segundo valer a pena.

Se arrisque

Coloque o essencial na sua bolsa todos os dias: ilusão, sorrisos, decisão e sedução. Não adianta, o fator de risco acompanhará cada momento da sua história de amor. O mesmo pode ser dito da aventura.

Em uma história de amor intensa, não há espaço para muita reflexão. Deixe-se levar pelo coração e principalmente pelo desejo.

Descubra o que nunca lhe contaram sobre os mitos e mentiras do amor

O amor pode fazer tudo

Embora esta frase soe bem, o que está por trás dela não é tão bom. Afinal de contas, ela está lhe dizendo que mesmo que seu relacionamento seja um desastre, isso não importa. Acreidita-se que, se houver amor, tudo se resolverá sozinho.

Obviamente, todos nós sabemos que isso não é verdade. É necessário ter a noção de que os problemas são resolvidos por meio da ação e do confronto.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

O amor dói

É claro que um relacionamento exige sempre um esforço dos dois lados. Afinal de contas, é necessário construir um futuro ao lado de outra pessoa.

Em vista disso, o amor dói quando as decepções chegam. Dessa forma, todos aqueles sonhos que foram construídos em pequenos segundos podem ser destruídos.

Os ciúmes machucam

“Ele está com ciúmes porque me ama”. Pode ser verdade que ele te ama. No entanto, dizer que ele tem ciúme porque te ama é uma mentira maior do que dizer que uma cegonha dá à luz a bebês.

O ciúme, ou o sentimento de posse, revela muito sobre uma pessoa. Ele mostra que ela tem pouquíssima autoconfiança e muito baixa auto-estima. Ninguém pertence a ninguém.

“Ele tem que saber tudo sobre mim”. É importante ser honesto com seu parceiro, mas cada pessoa é livre para guardar o que quiser para si.

Se você quiser dizer algo porque confia nele, faça isso porque realmente deseja. Não pense que isso tem que acontecer porque ele precisa saber tudo sobre você.

Leia também:  Como superar a separação dos pais?

O amor não é um relacionamento egoísta

As frases “se ele me ama, ele mudará” ou “se eu o amo, tenho que fazer qualquer coisa” são usadas para justificar o egoísmo, tanto seu quanto da outra pessoa. Se você pretende iniciar uma relação com alguém, que ela seja saudável para ambas as partes.

A atração por outras pessoas continua existindo

Obviamente ninguém é cego. Tenha você um relacionamento sério ou não, é lógico que você continuará a sentir atração por outras pessoas. O mesmo acontecerá com o seu parceiro. Está tudo bem! Se houver comprometimento e fidelidade, o relacionamento irá durar!

O amor nem sempre é para toda a vida

Manter um relacionamento para toda a vida exige muito esforço. Afinal, pessoas, situações e sentimentos podem mudar.

Dessa forma, você não precisa forçar as coisas ou se sentir mal se um relacionamento terminar. A melhor opção é enfrentar o momento.

Um relacionamento não é sinônimo de privação

Quando você está em um relacionamento, é lógico que você irá dividir parte do seu tempo com a outra pessoa. Ainda assim, não se esqueça de continuar fazendo o que você gosta. Em vista disso, incentive o seu parceiro a fazer isso também.

Lembre-se de que você não precisa realizar todos os caprichos do seu amado. A chave do relaciomento é o equilíbrio.

História de amor

O amor é uma emoção poderosa. Ao longo da história, casais apaixonados causaram guerras e controvérsias, além de criarem obras-primas na escrita, na música e na arte. Se isso já não bastasse, eles conquistaram o coração do público com o poder de seus laços.

Prepare-se para se emocionar com essas histórias de amor que contaremos abaixo para você!

Paris e Helena

Helena era a esposa de outro homem. No entanto, quando Páris — o “belo e louco por mulheres” príncipe de Tróia —a viu, ele se decidiu a tê-la. Vale dizer que ela era a mulher proclamada por Afrodite como mais bonita do mundo.

Helen e Páris fugiram juntos, dando início à Guerra de Tróia que durou uma década. Segundo o mito, Helena era meio divina, filha da Rainha Leda e do Deus Zeus, que se transformou em cisne para seduzir a rainha.

Se Helena realmente existiu, nunca saberemos. No entanto, a sua história romântica, que ficou registrada na maior obra épica de todos os tempos, nunca poderá ser esquecida. Ela será para sempre “o rosto que lançou mil navios”.

Cleópatra e Marco Antônio

“Brilhante de se olhar e ouvir, com o poder de subjugar a todos”: essa foi a descrição de Cleópatra, rainha do Egito. Ela poderia ter qualquer coisa ou qualquer pessoa que quisesse, mas se apaixonou apaixonadamente pelo general romano Marco Antônio.

Como Shakespeare descreve, o relacionamento deles era volátil, tolo. Mas depois que eles arriscaram tudo em uma guerra contra Roma e a perderam, eles escolheram morrer juntos em 30 AC.

“Serei um noivo na minha morte e correrei para ela como se fosse o leito de um amante”, disse Antônio. Claro que Cleópatra o seguiu, apertando uma áspide venenosa contra o peito.

Considerações finais

Se você vive uma história de amor, lembre-se que a beleza de estar apaixonado é encontrar novas maneiras de continuar se apaixonando pelo seu parceiro.

Para aqueles que ainda estão procurando pelo amor, não deixe o cinismo da geração das mídias sociais atrapalhar as suas esperanças.

É verdade que o amor acontece quando você não está olhando e quando menos espera. Assim sendo, tenha fé em você mesmo e no amor que você merece.

Você deseja entender mais como funciona o amor e quer saber como lidar com relacionamentos? Convidamos você a se inscrever em nosso curso online de constelação familiar. Dessa forma, você poderá aprender mais sobre o universo familiar e sobre a mente humana.

Leia também:  O que é família e quais os tipos de família?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =