Constelação Familiar

Constelação Familiar e Hipnose: Principais Diferenças

hipnose

Muitas pessoas confundem técnicas terapêuticas, como se todas elas fossem a mesma coisa, ou com o mesmo foco. Você sabe qual a principal diferença entre a Constelação Familiar e a Hipnose? Não? Então confira agora!

O que é Constelação Familiar?

A Constelação Familiar é uma terapia focada em trabalhar as energias e emoções que nos influencia. Bert Hellinger, criador do método, afirma que somos um condensado emocional de toda a nossa árvore genealógica. Por meio de um campo familiar, temos acesso a uma energia única que reúne todas as ações de nossa família.

A casa onde vivemos nos ampara quanto as interações que nossa família teve ao longo dos anos. Esse laço único registra acontecimentos que reverberam na vida de todos. Sendo assim, há uma influência disso em tudo que pensamos e fazemos. Nossas ações remetem diretamente a um histórico emocional familiar.

Ademais, independente da característica dos eventos, se são bons ou ruins, eles servem de apoio para nossa evolução pessoal. Mas dependendo dele, nosso progresso pode ser profundamente atrapalhado. Isso inclui nossa vida pessoal e profissional, já que o dinheiro também resulta de como nossa família age. A Constelação Familiar visa esclarecer questões relacionadas a isso.

Como a Constelação Familiar atua?

Normalmente, as constelações são conduzidas em grupos. Porém, alguns profissionais também praticam as sessões de forma individual. Ademais, seja individual ou em grupo, as constelações seguem algumas etapas.

Como são as sessões individuais?

Durante as sessões, o constelador assume o papel de todos os integrantes, ou então, confia isso ao paciente. Assim, com pedaços de papel ou bonequinhos simbolizando os familiares, o paciente se torna o constelador, definindo a configuração da constelação familiar.

Alguns terapeutas consideram a constelação em grupo mais eficaz. Pois na constelação individual corre-se o risco de que o paciente esteja se afastando de suas próprias emoções, o que o tornaria inapto a assumir o papel de outros integrantes da família.

Como são as sessões em grupo?

Durante as sessões em grupo, o terapeuta irá ouvir os integrantes da família ali representados para tentar identificar o problema. Após isso, é definida a constelação de forma progressiva até encontrar uma solução. Entretanto, em alguns casos, não há solução a ser encontrada. Por isso, é introduzido o ritual de encerramento da sessão, e recomendações sobre como lidar com a problemática são feitas.

O que é Hipnose?

A hipnose é feita com um pêndulo, dedos ou, até mesmo, a voz. Ela é um estado psicológico especial induzido. Ademais, essa técnica vem sendo cada vez mais utilizada como tratamento. Por isso, como tratamento, pode ser chamada de hipnoterapia.

Por mais que pareça inofensiva, a técnica de hipnose deve ser feita apenas por profissionais especializados, já que sua prática pode ser perigosa caso feita sem conhecimentos específicos.

Além disso, a hipnose é utilizada tanto para regressar até uma certa idade, quanto para tratar problemas psicológicos. Por isso, é extremamente importante que a técnica seja feita por um profissional especializado, já que esses problemas psicológicos podem ser agravados.

Como a hipnose atua?

A hipnose atua como uma terapia com foco no regresso. Ou seja, a partir dos comandos do terapeuta, o paciente passa a sentir e acreditar no que o terapeuta diz.

Ademais, a hipnose é recorrente no tratamento de depressão, fobias e sofrimentos de pacientes. Além disso, também é utilizada em problemas de amnésia, vícios e obesidade. Ou seja, é uma técnica ampla, que pode auxiliar em muitos problemas psicológicos.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Entretanto, há a necessidade de ser feita, sempre, com um profissional especializado e autorizado, já que pode haver complicações que são, muitas vezes, irreversíveis. Ademais, na hipnose, o paciente mantém seu grau de consciência, com atividades cerebrais intensas. A hipnose é um trabalho mútuo entre o paciente e o terapeuta.

    Então, qual a principal diferença entre a Constelação Familiar e a Hipnose?

    De início, podemos notar que tanto a Constelação, quanto a Hipnose são técnicas terapêuticas. Porém, a Constelação Familiar tem o foco em analisar, a partir da perspectiva familiar, quais as causas dos problemas relatados. Por isso, essa técnica leva em consideração a árvore genealógica do paciente, junto das ações de cada familiar, tanto os que convivem quanto os que já se foram.

    Oposto a isso, a Hipnose tem como base a mente do paciente. Ou seja, a família pode até ser colocada em pauta, mas não é uma exigência. Essa terapia visa tratar os problemas do paciente com enfoque em seu inconsciente, que é acessado a partir da hipnoterapia.

    Gostou do artigo? Deixe um comentário sobre como a Constelação Familiar pode te ajudar! Quer aprofundar seus conhecimentos? Então se inscreva no nosso curso, 100% online, de Constelação Clínica! Com ele, você estará apto a ser um constelador de sucesso!

     

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    três × 1 =