Constelação e RelacionamentosConstelação Familiar

O que é guarda unilateral dos filhos?

guarda unilateral

Neste artigo, explicaremos como funciona a guarda unilateral dos filhos. Se você tem curiosidade sobre como funciona esse modelo, leia com atenção as explicações!

O que é uma guarda unilateral?

Para explicar o termo, primeiramente, é essencial definir o que significa a palavra unilateral. Unilateral nada mais é do que tudo aquilo disposto de um só lado. Por outro lado, a guarda unilateral é uma medida judicial que garante direito, obrigação e dever que legaliza a permanência da criança em certo lar.

Portanto, a guarda de menores será atribuída a apenas uma pessoa. Esse texto está de acordo com o artigo 1538 do Código Civil.

Por outro lado, a guarda compartilhada é atribuída aos pais que não moram no mesmo teto, de forma conjunta. Em conjunto, eles assumem os deveres, direitos e obrigações em relação aos filhos. Portanto, esses modelos de guarda são complementares.

Quando ocorre a guarda unilateral?

De acordo com a legislação brasileira, o adolescente de até 17 anos pode ter a sua guarda atribuída a apenas um dos genitores. Neste caso, tanto o pai como a mãe podem tomar todas as decisões relacionadas ao filho.

Considere como exemplo um casamento que chega ao fim, mas o casal tem dois filhos. Certamente, ocorre uma discussão sobre quem ficará com a guarda desses menores. Afinal, uma das possibilidades é que seja aplicada a guarda unilateral.

Essa é uma decisão para ser tomada com muita calma. É importante identificar os locais onde os responsáveis residem, a qualidade do relacionamento entre os pais e como essa relação será conduzida daqui para frente. Todos esses fatores impactam a quem será atribuída a guarda, principalmente se o relacionamento entre os pais das crianças é ruim.

Quais as vantagens?

A guarda unilateral tem por finalidade minimizar os efeitos negativos da separação na vida dos filhos. Portanto, se os seus filhos estiverem sofrendo maus tratos, tanto físicos como psicológicos, é a hora de pedir a guarda unilateral.

Assim sendo, a convivência em família ficará melhor e menos tóxica. Consequentemente, essa decisão pode evitar que os seus filhos cresçam diante de maus exemplos. Afinal, acabariam os constantes conflitos entre os genitores e a influência negativa de um indivíduo abusivo é minimizada.

De toda forma, há vantagens e desvantagens nessa atribuição. Não podemos presumir que toda relação de pais separados não seja harmoniosa. Portanto, o importante é pensar em primeiro lugar em cada caso, e principalmente no bem-estar dos filhos.

Qual o direito do pai na guarda unilateral?

É direito tanto do pai como da mãe exercer a guarda unilateral. Isso significa que, mesmo separados, nenhum deles pode reclamar desse direito e muito menos exonerar-se da obrigação de criação e educação do filho caso a guarda seja designada a somente um dos pais.

A guarda unilateral é de quem possui proximidade diária com o filho. Ou seja, isso não impede que uma vez ou outra o pai fiscalize como andam a criação e o desenvolvimento do filho.

O sistema periódico de visitas do genitor que não detém a guarda é bastante criticado, pois propicia o afastamento entre pais e filhos. Porém, para algumas famílias essa pode ser a melhor opção. Contudo, para outras não. Aqui vale considerar que os interesses dos filhos também devem ser resguardados.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Como se dá a guarda unilateral?

Conforme mencionado antes, é necessário que se demonstre provas e motivos na apresentação da ação de guarda unilateral. Como por exemplo, abandono, maus tratos e falta de condições financeiras. Porém, caso existam outros motivos, é preciso que seja levado ao juiz para que ele avalie a situação.

O instituto de guarda unilateral é usado apenas em último caso, uma vez que o juiz irá avaliar a necessidade da criança, bem como se favorece ou não o crescimento da criança ou adolescente. Ou seja, tudo depende da interpretação do juiz

Leia também:  Mensagens e frases de paz interior

Por fim, é necessário contratar um advogado para mover a ação. Afinal, essa é uma área de direito privado, ou seja, de relações estabelecidas entre particulares, principalmente quando o tema é de direito de família.

Quando a guarda unilateral é melhor?

A guarda unilateral é melhor quando um dos genitores não têm a possibilidade de participar de forma ativa na vida dos filhos, principalmente na vida burocrática da criança. Como por exemplo, escolher a escola em que o filho vai estudar, escolher o transporte escolar, comprar o material etc.

Além disso, é preciso levar em conta o interesse da criança também. Afinal, nada melhor do que o próprio filho decidir o que é melhor para ele mesmo, uma vez que sabe como é a relação entre os seus genitores, pois esse tipo de ação afeta a criança ou o adolescente de forma direta.

Por fim, tudo depende de como é a relação familiar no geral. Afinal, se um dos genitores mora em cidade diferente e vive viajando a trabalho, pode ser uma decisão viável. Normalmente pede-se o consentimento de ambos os pais para esse tipo de decisão.

Formas de conseguir a guarda unilateral

Por via das dúvidas, há duas formas de conseguir a guarda unilateral. A primeira delas é por meio do consenso que o casal estabelece. Ou seja, quando há um consenso dos pais a respeito de quem ficará com a criança.

Por outro lado, também é possível conseguir a guarda unilateral por meio do litígio. Ou seja, caso os pais não entrem em consenso e lutem pela guarda do filho, a decisão final caberá somente ao juiz.

É importante lembrar: tanto no consenso quanto no litígio, quem decide sempre é o juiz. Ele é quem fará uma análise sobre qual dos dois pais possuem as melhores condições de dar aos filhos segurança, criação, afeto, saúde e educação.

Considerações finais

Por fim, é importante ressaltar mais uma vez que cada casal sabe o que é melhor para um convívio familiar saudável. Porém, de qualquer forma, a guarda unilateral não deixa de ser uma opção. Portanto, é essencial pensar bem antes de tomar qualquer decisão que envolva o bem-estar de seus filhos.

Gostou de saber sobre a guarda unilateral ou está passando por um momento à beira da separação, mas não quer se separar? Então acesse o nosso curso online de constelação familiar. A partir dos conhecimentos que você vai adquirir, estará capacitado para assumir a responsabilidade pelo equilíbrio e o sucesso da sua família.

Com aulas 100% online (EAD), você vai aprender um pouco mais sobre como a lidar com a guarda unilateral ou conflitos familiares. Ademais, aprenderá também a garantir o bem-estar de uma família de modo geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 9 =