Constelação e RelacionamentosConstelação Familiar

4 dos melhores filmes sobre família para você assistir

Família nem sempre é um assunto fácil. Cada núcleo familiar tem seus próprios problemas e regras. Inclusive, situações de nossos antepassados podem interferir nas relações de hoje e afetar os nossos comportamentos. Por essa razão, é importante pensar no que é família e como isso é importante para nós. E que jeito melhor de falar disso do que com alguns filmes sobre família?

Através de filmes nós podemos nos educar, conhecer mais sobre culturas, além de explorar relações que nunca veríamos ou vivenciaríamos. Pensando nisso, nós do Constelação Clínica trouxemos uma lista com os melhores filmes sobre família para você assistir.

Inclusive, nós decidimos trazer filmes não apenas americanos. Dessa forma, quando você ver os filmes que selecionamos, poderá ter uma percepção além da ocidental. Esperamos que você goste e aproveite!

filmes sobre família infográfico, garota ocidental, como nossos pais, os descendentes

1 – A Garota Ocidental (2016)

O primeiro filme que queremos indicar é um filme paquistanês. Esse filme aborda um conflito familiar por causa de visões diferentes entre gerações em relação a casamento. A protagonista é interpretada pela atriz francesa Lina El Arabi. Sua personagem Zahira é uma mulher de espírito livre e pensamento ocidentalizado, pois sua família é imigrante na França.

Na história, quando ela faz 18 anos, seus pais impõem que ela tenha um casamento arranjado. Para isso, ela deveria escolher entre 3 pretendentes. Porém, ela se opõe a isso e causa um conflito na família entre tradição e coração.

O produto da imposição familiar

Durante todo o filme Zahira enfrenta obstáculos decorrentes das imposições familiares. Além disso, a jovem acaba se apaixonando e ficando grávida. É importante salientar a importância do irmão de Zahira, Amir, para desenvolver do conflito.

Por mais que as tensões trabalhadas sejam um tanto diferentes das vividas no ocidente, há muito o que se identificar. Afinal, estamos vivendo um momento em que os choques geracionais estão cada vez mais fortes. É difícil sentar à mesa e ter um momento de tranquilidade.

2 – Bacalaureat (2016)

Bacalaureat é um filme da Romênia dirigido por Cristian Mungiu. A trama do filme explora os caminhos que um pai precisa tomar para que sua filha tenha uma vida confortável.

O personagem principal é o médico Romeo, interpretado por Adrian Titieni. Ele é um homem de meia idade que mora com sua mulher Magda (Lia Bugnar) e a filha Eliza (Maria-Victoria Dragus). Além delas, Romeo possui uma amante, Sandra (Malina Manovici), por quem possui um carinho enorme.

O desenrolar do filme começa quando Eliza sofre uma violência a caminho da escola. Esse episódio a impede de completar a tempo questões de uma prova importante para seu futuro. É justamente esse o motivo de Romeu precisar caminhar por uma estrada em que ética e moral são suavemente separadas.

Conflitos familiares com implicações éticas

No decorrer da trama, o personagem passa por vários conflitos filosóficos. Inclusive, fica claro nesta história como as ações que tomamos geram consequências muitas vezes impensadas. Ademais, a todo momento, você se questiona e reflete sobre como esse pai irá agir e qual a consequência disso. Mas não só isso, é nítido como as ações externas interferem no comportamento dele e o dele nos outros.

Romeo saí da posição de um homem inquestionável, para alguém que ultrapassa todos os limites morais. Outro ponto alto do filme são os debates entre pai e filha. Nesse momento, também vemos como é importante que Eliza caminhe sozinha e faça as suas escolhas.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Como no filme anterior, há o retratamento do combate entre gerações. Neste, em específico, vemos como nenhuma família e perfeita, uma vez que todos tem seus segredos. Além disso, até onde podemos chegar por amor aos outros? Até que ponto a moral e os bons costumes podem nos direcionar?

    3 – Como Nossos Pais (2017)

    Agora trazemos um filme brasileiro para nossa lista.

    Enredo

    Nesse longa, a atriz Maria Ribeiro interpreta Rosa e Paulinho Vilhena interpreta o marido dela, Dado. Rosa está infeliz com seu trabalho, em crise no casamento e acaba de saber que seu pai não é seu pai biológico. Essa última notícia provoca uma transformação muito profunda na personagem.

    Além disso, Rosa é mãe e precisa conciliar todas as mudanças pelas quais está passando ao mesmo tempo que passa por problemas com a criação das filhas.

    No enredo, Rosa enfrenta todos os problemas e ainda tenta encontrar com o verdadeiro pai, que tem alto cargo no governo do país. Nesse processo, muitas coisas acontecem: encontros e reencontros. Além disso, a relação entre ela e sua mãe tem momentos de explosões e emoções.

    Aplicação

    É interessante ver que a Rosa é uma mulher que reconhecemos. Ela não é alguém estranha que vive coisas irreais. Rosa é aquela vizinha, aquela tia, toda mulher. Ela é a representação de mulheres fortes que estão batalhando por si e por quem amam ao passo que descobrem quem são.

    Redundância é repetir que famílias não são perfeitas. Contudo, é importante internalizar isso. Famílias são construções dentro de relações. Nesse contexto, é bacana encontrar filmes sobre família que retratam isso tão bem.

    4 – Os descendentes (2011)

    Para finalizar nossa lista de filmes sobre família, trouxemos um filme americano. Nele George Clooney interpreta o advogado Matt King. Ele é um descendente de uma família importante do Havaí. Sendo que sua família possui uma grande e cobiçada parte de terra ainda virgem, com 25.000 acres.

    • Equilibrando a família e o caos

    No início do filme, sua esposa Elizabeth sofre um acidente com um barco motorizado e fica em coma. King tem então de enfrentar diversos desafios atrelados ou não a essa tragédia.  Nesse contexto, enquanto tudo isso acontece, ele ainda precisa educar a filha pequena e lidar com a mais velha, que é rebelde e desgarrada.

    Como se já não fosse suficiente esse conflito todo, Matt acaba sendo pressionado a vender suas terras em virtude de uma lei. Assim, se ele não se desfizesse dela, rodos teriam complicações futuras.

    • Traição

    No meio de tudo isso, ele descobre que Elizabeth,a esposa em coma, estava tendo um caso com outro homem. A descoberta da traição faz com que ele repense toda a sua vida. Ademais, dá novo significado ao que que está passando e estabelece o que é valoroso para ele.

    Como no filme Bacalaureat, há uma traição. Porém, em Os descendentes vemos a situação a partir do prisma do traído. Como nos filmes anteriores, vemos como a influência da família é mais do que pais, irmão e filhos. Toda a nossa descendência reverbera e influencia nossa vida atual e nosso futuro

    O que aprender em filmes sobre família

    Nossas famílias nos influenciam mais do que imaginamos e podemos ver isso na seleção que fizemos com filmes sobre família. As famílias são diferentes. Se a gente tentar determinar que só exista um tipo de família, estaremos agredindo as pessoas que vivem em formatos diferentes.

    De que adianta alguém acreditar que uma árvore não é uma árvore se tiver raízes para cima da calçada? Continuará sendo uma árvores, não importa a opinião de quem pense ao contrário.

    Conheça nosso curso de Constelação Familiar

    Nesse contexto, aproveitando que estamos falando sobre a dinâmica familiar, saiba que a Constelação Familiar é uma terapia especializada no tratamento da família.

    Se você quer conhecer mais sobre o tema, acompanhe nossos artigos e conheça o nosso curso 100% online de Constelação Clínica! Conhecimentos como os adquiridos nessa formação farão muita diferença na sua vida pessoal e profissional, bem como os filmes sobre família.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    onze + dezenove =