Constelação e RelacionamentosConstelação e vida diária

Família: conceito para a Constelação Familiar

Ainda em face de tantas descobertas e avanços, a família, independente da formação, mantém o mesmo propósito. Graças a ela, temos o nosso centro diante da vastidão encontrada no mundo. Entenda mais o que ela significa para a Constelação familiar.

Conceito

Família tem um significado bem abrangente em relação ao mundo que vivemos hoje. Nos padrões antiquados das gerações passadas, se constituía da figura provedora do pai, maternal da mãe e inexperiente do filho. Felizmente, outros padrões foram reconhecidos e hoje trabalhamos a pluralidade parental.

Família é todo o conjunto de harmonia proporcionado por uma ou mais pessoas. É uma cadeia onde há trocas e devoluções entre os membros, que trabalham constantemente para manter a ligação de pé. É todo o círculo que nos ajuda na evolução pessoal e em grupo, de modo a trabalhar nossa interação com o mundo.

Hoje em dia, a família pode ser formada pela mãe e filho, pai e filho, duas mães ou pais e a criança, além dos avós e tios… O conceito felizmente é bem abrangente quanto a isso. Ainda que muitos se oponham a essa configuração, vale salientar que isso ajuda a criança a entender o que é pluralidade. Dessa forma, ele aprende desde cedo o que é o respeito.

Leis da Constelação

Bert Hellinger construiu três leis básicas para que haja harmonia em um seio familiar. Segundo ele, por meio delas, é possível garantir que haja sucesso para todos os entes envolvidos. Não apenas a quem vive agora, mas quem chegará no círculo posteriormente. Assim sendo, entenda cada uma:

Lei da ordem

Basicamente, esta se resume a uma ideia de que deve haver hierarquia no seio familiar. Quem nasceu antes tem a palavra com prioridade do que quem veio depois. Deve-se respeitar quem nasceu primeiro, como os pais e avós. Estes, por sua vez, devem ensinar e educar os filhos.

Lei do equilíbrio

Esta lei se pauta na ideia de que deve haver trocas equivalentes entre os membros. Nenhum deles deve dar algo em excesso, seja material ou não. O outro também não deve ficar numa pose passiva e apenas receber. Segundo Hellinger, o descumprimento da lei acaba por gerar conflitos e discordâncias.

Lei do pertencimento

Por fim, a lei do pertencimento. Ainda que um membro tenha feito algo a macular o seio familiar, seu lugar ali não pode ser retirado. Mesmo com um consenso geral, não se pode expulsar a figura dele da família. Isso porque, ainda que tenha feito algo de errado, tem um direito nato de pertencer aquele círculo.

Heranças

Muito além dos bens materiais, a família se encarrega de passar outras heranças aos descendentes. Chamamos isso aqui de impressões. Muitos descendentes possuem a tendência de seguir o mesmo caminho de algum ancestral, repetindo os seus feitos. Como tal, acaba por gerar as mesmas consequências, sejam boas ou ruins.

Isso acontece porque o círculo familiar acaba por empurrar um membro a uma posição que não é dele. Tudo isso visa consertar algo que está inacabado e que ainda causa movimentos. Ainda que tenha de se mover, o círculo familiar precisa selar as rachaduras que possui.

Sendo a origem ou a ação reparadora, um indivíduo registra as suas ações no fluxo da família. Como um rio, este continua a seguir, levando consigo as antigas impressões e captando as novas. Todo esse movimento serve para conduzir a vida, induzindo os membros a preservar o antigo ainda que estejam vivendo o novo.

Impressões captadas

Continuando o tópico acima, as ações de nossos ancestrais se perpetuam ao longo do tempo. Cada uma acarreta consequências, produtivas ou não, dentro do fluxo familiar. Graças a isso, somos conduzidos a reproduzi-las, afetando as nossas relações hoje com o mundo. São alguns exemplos:

Infidelidade

Esse é um trágico movimento a ser repetido. A traição anteriormente em nossa família deixa uma lacuna de dor e ressentimento. Futuramente, um dos membros, sem um guia para lhe mostrar um caminho diferente, pode seguir na mesma rota. Assim, de forma circular e repetitiva, provocará a mesma dor que viveu anteriormente.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Tendências emotivas

    Graças ao círculo da família, podemos ser levados a um caminho emotivo de acordo com as raízes. Os resultados anteriores obtidos nos induzem a seguir as decisões que temos hoje. Por exemplo, alguém depressivo foi influenciado pela família a estar nessa condição. Da mesma forma, alguém mais altivo e feliz passou por um processo semelhante, mas na direção contrária.

    Problemas de relacionamento

    Algum episódio vivido anteriormente em nossa família deixa marcas inflamadas. Graças a isso, experimentamos as dores das consequências, ainda que não saibamos de suas causas. Isso abre as portas para que sejamos conduzidos pelos mesmos caminhos, repetindo as mesmas dores. Sendo assim, nossas próprias relações podem declinar.

    Como trabalhar a família

    Não é uma tarefa tão fácil, mas é fundamental se dispor a fazer a manutenção do seio familiar. Entender e respeitar a natureza do outro é fundamental. Contudo, quando necessário, é possível construir um caminho de harmonia para expor insatisfações. O diálogo é uma ferramenta bastante poderosa.

    Além disso, a compreensão é um degrau à felicidade. Evitar julgamentos e se dispor a entender faz com que os membros se sintam acolhidos e respeitados. Haverá uma troca generosa de ações que facilitarão o convívio entre os membros. Isso resume em parte o que é ter uma família.

    O significado de família aborda diversas variantes. Precisamos olhar a interação entre os membros, bem como os sentimentos gerados. Cada um é responsável por uma carga específica, bem como as responsabilidades inerentes vindas com elas. A construção disso depende da participação de todos, sem exceções.

    Mesmo assim, família é o símbolo de acolhimento e pertencimento. Graças a ela, temos um centro ao qual retornar quando quisermos, independente do nossos estados. Se cultivada corretamente, pode nos recarregar das adversidades oriundas do mundo. Portanto, independente da composição, trabalhe para manter seu seio familiar bem.

    Como um curso de Constelação pode ajudar

    Neste caminho, se inscreva em nosso curso de Constelação familiar 100% EAD. Com a ajuda dele, você poderá analisar alguns aspectos inerentes do seu seio e trabalhar para melhorá-los. Graças aos métodos e fundamentos repassados por professores qualificados, você consegue enxergar um modo de alcançar harmonia.

    Se estiver preocupado com horários e preços, esqueça. As aulas online permitem que estude quando e onde puder, sem interferir na rotina. Ademais, as mensalidades não pesam no orçamento e podem ser trabalhadas tranquilamente. Ao fim do curso, você recebe um certificado, atestando e validando as suas capacidades como um excelente constelador.

    Após isso, estará apto a entender e reformular a estrutura da sua família de de outras pessoas também, encontrando um excelente cerne em que se apoiar. Assim sendo, não perca mais tempo! Seja um constelador agora mesmo.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    5 × 5 =