Constelação e vida diária

Medo de Falar em Público: O que é, Causas, Sintomas, Como Superar?

Muitas pessoas tem medo em falar em público. Mas como é possível superar esse trauma? Se chegou até aqui, é sinal que você ou passa por este tipo de dificuldade ou conhece alguém que enfrente o caso.

Por isso, criei este texto para que você possa entender a fundo o que significa ter medo de falar em público e ainda, de que maneira é possível superar isso. Continue lendo e saiba tudo à respeito!

O que Significa ter medo de Falar em Público?

Falar em público para algumas pessoas é uma fobia, ou melhor, um caos. Até porque, cada pessoa reage de uma forma quando se trata do assunto. Seja por influência cultural ou sustentada por valores e crenças infundadas.

O termo “ medo de falar em público” vem do grego Glossofobia que significa: gl?ssa (??????), “língua” + fobos (?????), “medo” ou “temor”. O Medo de Falar em Público.

O que Causa o Medo de Falar em Público?

O medo de falar em público tem como causas os pontos fortes do cérebro, que funcionam como gatilhos mentais. E desta forma, determinam a maneira que cada pessoa sente ao reagir com as diferentes situações no decorrer da vida. 

Também existem outras causas, podendo ser elas emocionais. Que se formaram dentro do cérebro e sempre que a pessoa se expõe por esses caminhos neurais, são acionados e desencadeiam sensações físicas apavorantes.

Sintomas de Uma Pessoa que Possui Medo de Falar em Público

Cada pessoa apresenta sintomas diferentes. Algumas só em pensar que têm que falar em público apresentam desconforto geral. Já outras, têm sensações de náusea, ou pânico.

Além de boca seca, alteração no padrão da voz, tremores nas pernas e mãos, vermelhidão no rosto, insegurança, angústia, dor de estômago, rigidez muscular geralmente concentrada nos músculos das costas e pescoço. Podendo também sentir invalidez, medo e em outros casos, podem ser percebido pelo aumento da sudorese.

Como Superar este Medo?

O medo em falar em público está presente na vida de muitas pessoas. Tanto no âmbito pessoal quanto profissional, independente das condições culturais ou financeiras.  

Mas, se uma pessoa deseja crescer profissionalmente, deve vencer o medo com algumas medidas de mudança no comportamento. Além de lembrar que existe uma força terapêutica da Constelação que age em nosso favor que é a ordem do amor.

Primeiramente, a pessoa deve investir em sua imagem pessoal que é amar a si mesmo. Ao se apresentar em público é importante passar uma boa imagem.

O que pode ser feito através de uma aparência combinando o vestuário mais clássico, acessórios, cabelo, maquiagem. O que compreende os procedimentos de embelezamento, bem como sua gestão e comercialização.

Como falar em Público?

O assunto a ser falado deve-se começar com uma apresentação simples com tempo equivalente. Além de ser proativo e ter atitudes positivas como: ser educado, ter responsabilidade sobre a informação, ter pontualidade e aceitar os desafios.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Desta forma conquistando confiança e simpatia dos participantes presentes. Assim é possível ir se familiarizando com os diferentes públicos gerando boa impressão.

    Salienta-se a importância de Investir na qualificação profissional na área de atuação. Visto que, o conhecimento e habilidade são da escolha de cada pessoa. Até porque em algum momento da vida, você terá que falar em público ou discursar. Sendo um desafio da troca de informação com pessoas ou plateia.  

    Por isso, seja conhecedor dos próprios limites. Perder a vergonha é algo que vai de acordo com o comportamento psicológico de cada pessoa. Até porque cada um tem seus pontos positivos e negativos e limites.

    Desta forma, ir criando possibilidades relevantes para vencer o medo e a timidez, denominados transtornos psicológicos que afetam pessoas de diferentes idades.

    Cada pessoa tem habilidades (mesmo que inconsciente), de ser incapaz de realizar atividades em público. Mas, dentro de uma visão construtiva, organizar e planejar informações em fichas de apontamentos ou apresentações.

    Combinando assim tempo, conteúdos e certificando-se que todos os adereços estejam à disposição, como relógio e microfone. O que diminui os impactos psicológicos.

    Métodos Terapêuticos para Falar em Público

    Um método terapêutico é Treinar, treinar e treinar. Vale tudo para um treino, como assunto elaborado, organizado, preparado e cronometrado. Por isso, respire fundo e apresente o assunto para si mesmo em frente ao espelho.

    Se desejar tenha um amigo, ou até mesmo a família como ouvinte. Convém salientar que, o assunto a ser trabalhado e exposto ao público somente quem apresenta sabe o conteúdo os demais são ouvintes.

    Outra forma terapêutica que pode mediar o falar em público e com o público se aprimorar com um curso de oratória de alimentar o intelecto. Desta forma de ajudando a focar em dinâmicas, estratégias comportamentais e criar uma atmosfera de segurança, possibilitando uma apresentação tranquila com postura adequada.

    Existem outras intervenções significativas com sessões de psicologia e Constelação com técnicas utilizada na prática clínica. Que são capazes de explorar sistemicamente os problemas que a pessoa apresenta ou trás consigo.

    A Constelação como Auxiliadora no Caso

    A Constelação pode ajudar através de questionamentos feitos pelo terapeuta. Que por sua vez, são capazes de levar a pessoa a pensar, refletir e buscar respostas em seu Eu.

    Assim, é possível adotar novas atitudes, novo comportamento e ser libertado das frustrações, das amarras. Além de compreender que é capaz de tornar-se um (a) bom ou boa orador (a) sem medo do público.

    Conclusão

    Livrar-se do medo de falar em público não será uma tarefa fácil. Até porque falar em público exige boa fala, ter conhecimento e ser conhecedor do assunto a ser exposto e sem drama buscar aprimoramento participando de atividade em equipe. Diluindo assim o medo e as frustrações que dificulte falar em público.

    Assim com calma, perseverança e objetivo definido, será possível criar forma e aprimoramento de habilidades. Além do reconhecimento do próprio talento que os leva ao sucesso.

    O texto acima foi produzido por Lizete de Lourdes Brasil Paes, especialmente para o nosso Blog Constelação Clínica.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    5 × 5 =