Formação em ConstelaçãoTranstornos e Doenças

Dor de cabeça: 5 explicações emocionais

Dor de cabeça: 5 explicações emocionais

Você costuma ter dor de cabeça com frequência? Se a resposta for positiva, fique atento a esse artigo. Nós vamos tratar de 5 explicações emocionais que estão atreladas a esse desconforto. Assim, você poderá compreender quais os diferentes fatores estão por trás das suas dores.

Causas da dor de cabeça

Sabia que a dor de cabeça é comum no cotidiano de muitas pessoas? Há várias causas para essa dor tão incômoda. Muitas vezes a dor de cabeça constante é um sintoma de alguma doença. Não por acaso pessoas com pressão alta, problemas de visão, o período menstrual ou até mesmo a genética são algumas causas.

Há também quem tenha dor de cabeça por ficar sem comer por um longo período. Comer ou beber em excesso também costumam causar esse tipo de dor. Podemos também mencionar outras causas, como exposição ao sol, ruídos, televisão, celular e o computador em intensidade.

Entretanto, é preciso ficar atento quando você costuma ter essas dores. Se as suas dores não estão condicionadas para nenhum dos exemplos mencionados anteriormente. Entenda que outras causas para a dor de cabeça são as explicações emocionais.

A dor de cabeça emocional

A seguir, listamos algumas causas emocionais que causam a dor de cabeça constante. Veja que esse sintoma pode ser apenas o começo de problemas mais sérios. Assim, a dor de cabeça psicológica pode na verdade pode ser um alerta para a necessidade de um tratamento emocional.

1. Estresse
Com tantas adversidades, é quase impossível não se estressar. O estresse é um incômodo presente em muitas pessoas: o trabalho ou falta dele, boletos para pagar e conflitos fazem parte da nossa vida. Não é à toa que geralmente o sinônimo de estresse é a dor de cabeça.

2. Tensão
A tensão também pode ser considerada uma causa emocional para dor de cabeça. Pessoas tensas, com frequência também estão preocupadas com algo ou alguém.

3. Ansiedade
Ansiedade é um transtorno psicológico que vem afetando a nossa sociedade. Um dos sintomas desse estado é a dor de cabeça, que pode ser atrelada também à má alimentação e a compulsão alimentar, por exemplo. Por isso, é preciso identificar muito bem os demais sintomas.

4. Insônia
A insônia parece ser um sintoma dos itens anteriores, como também algo isolado. Pessoas com insônia têm a tendência de sofrer com dor de cabeça devido à inconstância no sono.

Aqui estamos nos referindo tanto aqueles que demoram para conseguir dormir, quanto para os que não conseguem dormir tranquilamente durante um período. Ou seja, quem tem o costume de acordar de hora em hora acaba não descansando o suficiente e sofre ao longo do dia.

5. Ataques de pânico
Os ataques de pânico também são considerados como um tipo de transtorno psicológico. Podemos elencar nesta categoria os diferentes tipos de fobia, ou seja, aquele medo exagerado. Nesses momentos, o indivíduo também pode sentir dor de estômago, ânsia de vômito, palpitações e sudorese.

Conheça os tipos de dor de cabeça

Agora que você conhece as causas crônicas, físicas e emocionais, nós vamos falar sobre os tipos de dor de cabeça. Conhecendo os tipos, fica mais fácil identificar as causas dessa dor tão chata.

  • Cefaleia – A cefaleia é o nome na medicina para a dor de cabeça em geral. Por isso, independentemente da causa e região da dor, a cefaleia é termo que designa essa sensação dolorosa na cabeça.
  • Cefaleia tensional – A dor é localizada na região da testa e tem como causa a tensão, como podemos mostrar anteriormente. Como depende do nível de estresse, a intensidade da dor depende de uma pessoa para outra, assim como a frequência.
  • Sinusite: A sinusite é uma inflamação das mucosas paranasais, ou seja, na região do nariz. Essa inflamação tem como um de seus sintomas a dor de cabeça. Outros sintomas atrelados são a dor na face, principalmente em volta dos olhos e nariz.
  • Enxaqueca – Essa dor de cabeça se concentra em apenas um lado do crânio. Por isso, há uma sensação de
    pulsação em apenas um lado da cabeça. Para as pessoas hipertensas a dor geralmente se concentra na nuca. O indivíduo muitas vezes sente náuseas, vômitos, tonturas e sensibilidade à luz. Desse modo, entenda que a dor é tão intensa que impossibilita a pessoa de seguir com sua rotina diária.
Leia também:  Obesidade Infantil para a Constelação Familiar

Como aliviar dor de cabeça?

Por ser um problema tão frequente, a opção mais fácil e rápida é o uso de analgésicos. Entretanto, nós precisamos deixar um alerta do perigo de consumir remédios sem prescrição médica. Compreenda que o uso intenso de analgésicos pode causar dependência e piorar o quadro do indivíduo.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Se a sua dor é frequente, procure fazer atendimentos para identificar a causa das dores. Como você pode perceber há diversas causas, por isso, é preciso buscar ajuda. Faça exames com regularidade, inclusive com oftalmologista para identificar necessidade de óculos.

Se você tem pressão alta, não deixe de tomar a medicação prescrita pelo seu médico. Saiba que as Unidades Básicas de Saúde oferecem atendimento gratuito para o tratamento de hipertensão. Entenda que o SUS é excelente para tratar não só essa, mas muitas outrase nfermidades com distribuição de medicação.

Outras alternativas naturais

Uma vez que você recebe a orientação médica, você pode ser encaminhado para algum especialista. Consultas com psicanalistas podem prevenir não só as dores de cabeça, mas outros problemas emocionais e psicológicos. Saiba também que há possibilidade de tratamentos, como técnicas de relaxamento.

Terapias não medicamentosas podem ajudar também durante o processo. Receitas caseiras como chás de camomila e alfazema são os mais recomendados. Entretanto, também recomendamos a auriculoterapia. Esse é um procedimento natural em que são estimulados
pontos na orelha.

Para isso, são inseridas sementes de mostarda em pontos específicos para tratar de diferentes dores e outros mal-estar. Essa terapia precisa ser repetida ao longo das semanas para surtir efeito e o paciente notar alguma melhora.

Considerações finais

Nesse artigo tentamos abordar as causas da dor de cabeça, os tipos, sintomas e tratamentos. Os fatores emocionais também interferem no bem-estar e não podem ser ignorados. Enfatizamos que a dor de cabeça pode ser apenas a ponta do iceberg para problemas mais sérios.

Por isso, a necessidade de buscar ajuda com profissionais médicos e especialistas. Somente desse modo é possível identificar com precisão as causas e tratamentos para as angústias físicas, psicológicas e emocionais. Entenda que você não precisa ficar sofrendo.

Assim sendo, para entender melhor sobre a dor de cabeça emocional, faça nosso curso online de Formação em Constelação Familiar e Sistêmica. Dessa maneira você poderá aprofundar seus conhecimentos em temas que envolvem saúde mental, e consequentemente, bem-estar. Não perca essa chance e se inscreva agora mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 3 =