Depoimento

Constelação Familiar para uma Educadora

depoimento educadora constelação familiar

A Constelação Familiar é de muita ajuda para muitas áreas profissionais, inclusive a área da educação. Você sabe como essa técnica terapêutica pode auxiliar uma educadora? Descubra com esse depoimento incrível de nossa aluna!

A vida de uma educadora

Hoje, eu quero fazer um depoimento sobre como a constelação familiar mudou minha vida como educadora e minha vida pessoal. Por isso, este artigo deve ser lido como um depoimento pessoal, de uma educadora que foi constelada e resolveu estudar Constelação Familiar. A Constelação Familiar trata os conflitos que envolvem sistemas de pessoas. Por exemplo, em famílias, em empresas e, é claro, em escolas.

Além de falar sobre os benefícios da Constelação na minha atuação profissional, quero também trazer meu testemunho sobre os benefícios para minha vida, desde quando decidi estudar Constelação Familiar.

Um divórcio na vida de uma educadora

A Constelação Familiar faz parte de minha vida há bastante tempo. Assim, iniciei meu caminho buscando resolver um problema no casamento. Esse problema resultou em um choque muito grande: um divórcio. Portanto, já no primeiro contato, percebi o quanto o meu racional enganava a mim mesma sobre meus reais desejos e percepções.

Ademais, eu fiz a constelação imaginando ver problemas sim, mas que fossem possíveis de ser resolvidos. Porém, a realidade me mostrou que eu sequer desejava estar ali naquela situação, quanto mais prolongá-la. A representação me mostrou o quanto aquilo tudo já estava me fazendo mal. E que, por isso, era hora de largar a parte dos outros com os outros.

Desse momento em diante, as participações de Constelação foram compreendidas de outro modo. Ou seja, passei a pensar que era necessário ser mostrado a mim o que eu ainda não tinha visto. Porque quero entender o que eu estou fazendo e pra onde devo ir.

Estive em um momento de grande estagnação na vida profissional. Nada dava certo, eu já não conseguia mais atuar como professora, o que foi a única profissão definida que tive até aquele momento. Adoeci.

Eu insistia em olhar para o passado

Ao buscar a resposta, a Constelação me mostrou que eu mesma continuava olhando para o passado. Pois eu apenas olhava para meu casamento fracassado e tentava realizar sozinha os sonhos que moveram aquela união.

Daquele dia em diante, passei a me perguntar o que eu realmente queria. Ou seja, o que eu realmente gostava de fazer e quem eu era por mim mesma. Então, as coisas passaram a acontecer.

Passei a aceitar a fase profissional e os seus desafios, bem como descobri uma nova profissão que hoje desempenho juntamente com a docência. A Constelação me ajuda a perceber que na convivência com os alunos, pessoas em geral, sempre pode haver alguém que nos remeta a traumas, a momentos de angústia e que qualquer antipatia deve ser questionada.

Passei a aplicar, dentro dos limites de minha inicial compreensão, as leis da hierarquia, do pertencimento, do equilíbrio. Essas leis foram aplicadas conforme ensinado no método de Bert Hellinger. Fui procurando argumentar racionalmente, respeitando intrinsecamente essas leis.

Essa percepção ajuda muito na conversa com pais, crianças, adultos e colegas. Acabei sendo coordenadora de um setor de revisão linguística, que procuro sempre administrar com respeito a essas leis. A vida se tornou fluida assim. Além disso, todo e qualquer travamento de fluxo é, por mim, questionado do ponto de vista das 3 leis, a fim de que possa em cada um aprender o que o desafio traz.

O reposicionamento familiar

Em caso familiar, a constelação trouxe, lentamente, reposicionamentos dos mais drásticos. Eu descobri que não respeitava minha mãe e me vinculava emocionalmente a meu pai. Não foi e não é fácil desmanchar esse emaranhado, é uma busca ainda. No entanto, hoje já temos um comportamento de família, com cada um em seu lugar.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

A constelação familiar é um grande guia também nos atendimentos que tenho na casa espírita, que foi o lugar que escolhi para amparar pessoas. Todos nós, independente de sua denominação religiosa, devemos praticar o bem, pois é isso o que conta no final. Ademais, atendo em conversas fraternas as pessoas angustiadas, com brigas em casa e desentendimentos.

Leia também:  Artista plástica e a Constelação Familiar

As leis da constelação entram na exposição de um novo ponto de vista a essas pessoas que procuram ajuda. Assim, procuro mostrar que tudo depende delas e de sua capacidade de trazer no coração as pessoas para a situação mudar. Procuro mostrar de fato que família é pra ser respeitada em sua hierarquia.

Como a Constelação Familiar fez a diferença em minha vida como educadora!

Assim, tenho a consciência de que isso vai além de um simples depoimento. A constelação ensina que todas as pessoas devem ter um lugar em nosso coração. E que cada pessoa da família tem sua posição hierarquicamente definida.

Ela também ensina que o perdão não é a melhor solução, e que as atitudes devem ser compensadas. Que o equilíbrio na doação deve ser preservado. Isso nos ensina a não carregar culpas, mas buscar por novas percepções que ampliem a capacidade de ação diante da vida.

A Constelação proporciona ao constelado uma nova visão de si mesmo, bem como permite uma mudança de carreira ao profissional que conclui o curso. Pois atendimentos individuais, de casais, grupos empresariais podem ser feitos em clínicas ou de maneira online.

E você, já se viu preso a uma situação que aconteceu no passado? Conte-nos como você reagiu nesse caso e sinta-se à vontade para perguntar o que mais quiser saber a respeito deste assunto.

Artigo de autoria de Daniela Cardoso, especialmente para o blog Constelação Clínica.

Inscreva-se no nosso curso de Formação em Constelação Familiar e Sistêmica, que é 100% online, e esteja um passo à frente na sua carreira. Leia sobre as informações contidas nos módulos dos curso para saber o amplo conteúdo que é abordado, de maneira prática e teórica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 12 =