Constelação FamiliarFormação em Constelação

Elogios e criticas à constelação familiar

Ainda que traga excelentes resultados nas vidas dos constelados, muitas pessoas ainda se opõem à Constelação familiar. Muitos desacreditam a psicoterapia, combatendo-a como podem e levantando diversas críticas a ela. Diante dessa realidade, confira algumas críticas à Constelação familiar e entenda de vez por que ela éa solução para muitas pessoas.

“O estado é laico e o Judiciário deveria ser absolutamente imparcial. Eu não admitiria isso em nenhuma audiência minha”

Erroneamente, muitas pessoas confundem a Constelação familiar com algum segmento religioso. Isso se dá por conta da natureza da sessão que evoca a algumas bases primordiais ao tratamento. Entretanto, a Constelação familiar possui pilares e diretrizes muito distintas de qualquer outra religião. Ou seja, não interfere em nada em relação às crenças de seus constelados (inclusive é utilizada como prática integrativa reconhecida pelo SUS).

Dado o seu sucesso, diversos juízes optaram por incluí-la durante os julgamentos dos réus. Eles concluíram que a sentença não finaliza de fato o problema que foi trazido até ali. Por conta disso, decidiram humanizar o atendimento que era dado no local. As pessoas passaram a se sentirem mais assistidas e propensas a se conciliarem.

Sendo assim, uma das críticas à Constelação familiar possui uma base bastante infundada. Assim como em outros tratamentos, a Constelação familiar visa a solução dos conflitos, não a doutrinação dos pacientes.

“Parece um teatro, uma novela, e desta foma qualquer um pode se emocionar ali”

Uma das críticas a Constelação familiar diz respeito à movimentação física dos constelados. Isso porque muitos desabam em lágrimas durante o processo psicoterapêutico, demonstrando uma forte emoção ao que descobrem. Contudo, cabe avisar que isso é um processo voluntário por parte dos constelados. Eles entregam o que sentem.

A psicoterapia esclarece questões que os próprios indivíduos tinham dificuldades em lidar. Enquanto alguns se direcionam na dor, outros focam no alívio ao descobrir as causas de seus empecilhos. Da mesma forma em que alguns choram, outros guardam para si qualquer sinal grande de emoção. Isso vai da educação emocional de cada um.

Ademais, o processo terapêutico foge bastante da proposta de um teatro ou do próprio Psicodrama. Note que em momento algum as pessoas se retiram para conversar antecipadamente sobre o processo. Suas ações e reações durante a terapia são essencialmente voluntárias. Além disso, o constelador não direciona como devem se portar.

“Eu já conhecia este método de Psicanálise e ele não é reconhecido e nem recomendado pelos psicanalistas”

Outro equívoco em relação às críticas à Constelação familiar é confundi-la com a Psicanálise. Embora ambas sejam processos terapêuticos, se diferenciam quanto às diretrizes a serem tomadas durante a sessão. Não que uma seja melhor que a outra, nada disso. Entretanto, a formulação delas é completamente distinta.

Leia também:  Melancolia: definição, origens familiares e tratamentos

Inclusive, muitos psicanalistas se valem da Constelação para reforçar os seus métodos de trabalho. Justamente por se tratar de uma linha diferente de trabalho que pode ser anexada ao mesmo. Aliás, isso em nada prejudica na linha de trabalho principal ao qual o paciente procurou, muito pelo o contrário. Dá ele opções distintas e complementares para tratar da saúde.

Cabe ressaltar que os métodos terapêuticos não devem se sobrepor afim de se subjugarem. Ainda que uma metodologia de trabalho possua aspectos históricos mais trabalhados, deve respeitar e entender as demais. Afinal, qualquer cura terapêutica enfrentou barreiras assim que surgiu. Precisamos conhecer a fundo um objeto para entendê-lo.

“Parabéns! A medida buscar esclarecer às partes o que está por trás do conflito. E humanizar o Judiciário”

Contrariando as críticas à Constelação, trabalhamos um elogio bastante pertinente ao método. Este reduz bem a proposta da terapia: esclarecer a natureza dos conflitos que ali existem. Como consequência, os indivíduos acabam:

Compreendendo-se

Ao se constelar, os clientes acabam se abstraindo de si e percebendo o que sua percepção física não consegue. Os seus sentidos mudam de modo que ele possa ter uma outra captação dos eventos que estão emaranhados ali. Conseguindo se perceber de outra forma, acaba entrando em contato com outros aspectos de si.

Permitindo uma melhora na convivência

Quando você entende o que está afetando a si mesmo, também se permite avistar o que afeta o outro. Convergindo de forma harmônica ao mesmo ponto, é possível restaurar a boa convivência. A ideia aqui é que o conflito se resolva e o contato também se revitalize.

“Sou advogado e percebi o quanto a Constelação é benéfica ao meu trabalho. Meus clientes passaram a enxergar além de si e dos seus conflitos.”

Seguindo ainda pelo âmbito jurídico, profissionais se adequam às novas opções de apoio em relação ao próprio trabalho. Durante uma disputa judicial, muitos indivíduos se guiam unicamente pela mágoa ou sentimentos mais carregados. Isso acaba por nublar as suas ações e visões quanto ao processo.

Contrapondo-se às críticas à Constelação familiar, podemos observar:

O poder de escolha

Quando constelados, os clientes passam a enxergar além do aqui e agora. Voltam-se para si, observando o fluxo de suas ações e emoções. Dessa forma, entendendo o que o motiva, ele pode escolher qual diretriz tomar. Ele fica mais próximo de optar por algo que agregue na vida dele e do outro, trazendo bem-estar mútuo.

Recomeço

Ao entender quais amarras estavam sufocando a sua vida, é possível desatá-las e escrever uma nova história. Ainda que pareça simples, as palavras condensam tudo o que pode fazer por si agora sem qualquer impedimento. Você entende quem e o que é, decidindo aonde deve ir agora. O recomeço se dá por sua vida física, mental e emocional.

Leia também:  Coaching Financeiro e Constelação Familiar

Considerações finais: elogios e críticas à Constelação familiar

Ainda que a Constelação familiar divida opiniões, é preciso reconhecer o valor dela como adendo terapêutico. Leve em conta as críticas à Constelação familiar, mas tire o seu próprio veredicto. Devemos respeitar a ótica de cada um, mas experimentar de fato é o que ajuda a sanar qualquer dúvida.

Dê uma chance à psicoterapia para redirecionar a sua vida a um rumo construtivo. Disponha-se a ser melhor a si mesmo e aos outros. Dessa forma, quem sabe os oportunidades que pode encontrar em seu caminho?

Com tudo o que leu acima, eu faço um convite sincero: conheça a Constelação familiar de perto. Entre em contato conosco e procure por nosso curso de Constelação familiar online. Através dele, é possível ressignificar conceitos importantes à sua vida.

Nossas aulas são realizadas via internet, o que proporciona mais conforto na hora de estudar. Dessa forma, você mesmo regula os seus horários e estuda quando e onde for mais conveniente. Além disso, nossos professores se preocupam continuamente com o seu progresso, estimulando você através de exercícios e dinâmicas.

Descubra por si mesmo o que a psicoterapia pode fazer por você e pelos outros. Entre já em contato e faça nosso curso de Constelação familiar. Nada melhor do que ver por si mesmo do que ela se trata em vez de ser influenciado por elogios e criticas à constelação familiar .

Foi útil para você? Curta, Comente e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *