Constelação e ProfissõesFormação em Constelação

Consteladora familiar: como ser terapeuta na área?

Se você tem interesse em ser uma consteladora familiar, você veio ao lugar certo! Então, leia o nosso post agora mesmo para saber mais!

Se você tem interesse em ser umaconsteladora familiar, você veio ao lugar certo! A Constelação Familiar é uma terapia que vem ganhando cada vez mais espaços, pois ajuda a lidar com conflitos e mal entendidos familiares. Então, leia o nosso post agora mesmo para saber mais!

O que é constelação familiar?

Antes de mais nada, saiba que a Constelação Familiar é uma técnica desenvolvida por Bert Hellinger. Assim, essa é uma terapia que vai muito além desse termo. Pois, busca a reconciliação com todos os antepassados e as suas questões excluídas, como amor e dinheiro.

Isso tudo para que sejam repetidos os mesmos erros e esses padrões de padrões de sofrimento e escassez. Então, para a vida fluir é necessário viver com as “Ordens do Amor”, que é a base da Constelação Familiar:

  • pertencimento: todas as pessoas de uma família tem o direito de pertencer a este sistema;
  • hierarquia: quem nasceu primeiro, tem a prioridade no ambiente familiar;
  • equilíbrio: todas as trocas de um relacionamento devem ser equilibradas.

Saiba mais…

Vale destacar que a constelação familiar explica que as religiões e as crenças de uma ambiente familiar contribuem para formar e desenvolver a nossa personalidade. Portanto, os eventos marcantes vividos pelos nossos antepassados também nos moldam. Desse modo, esses acontecimentos notáveis, podem ser:

  • a história dos relacionamentos dos nossos pais e avós;
  • morte de uma criança muito nova (aborto ou parto prematuro);
  • adoção;
  • guerra;
  • suicídio;
  • troca de religião;
  • exílio forçado;
  • antepassado agressor ou vítima.

Por que ser uma consteladora familiar?

Agora que já sabemos o que é a Constelação Familiar, vamos discutir como é importante o papel da consteladora. Afinal, ela irá redirecionar os membros ou, só um se for o caso, para que façam uma boa constelação e resolvam os conflitos e mal-entendidos.

Além disso, a consteladora ajuda as pessoas envolvidas a recriar reflexões e cenas sobre possíveis conflitos na família ou origem de algum tipo de comportamento.

Então, se você acredita que tem esse perfil mais pacificador, além de observador, ser uma consteladora familiar é uma saída. Por isso, continue lendo o nosso post para entender mais sobre essa área.

Quem pode se tornar uma consteladora familiar?

Bom, qualquer mulher pode se tornar uma consteladora familiar, pois todos podem aprender os conceitos criados por Hellinger. Além disso, a formação dessa área é muito abrangente e não há nenhum tipo de requisito prévio.

Contudo, as profissionais da área da pedagogia, psicologia ou de coaching são as que mais procuram esse tipo de formação. Isso porque elas têm mais facilidade para aprender e aplicar as técnicas de Constelação Familiar.

Aliás, ser uma consteladora tem muitos benefícios para profissionais das áreas citadas, já que ajuda bastante na metodologia de seus trabalhos.

Quais são as vantagens de ser uma Consteladora Familiar?

Como já sabemos, o nosso ambiente familiar nos ajuda a desenvolver o nosso caráter e personalidade. Então, a relação que temos com os nossos familiares e as ações dos nossos antepassados também possui, de forma subliminar, a nossa formação humana.

Além disso, muitas das nossas ações e dos nossos pensamentos se devem à forma em que fomos criados. Por conta disso, muitas pessoas passaram a procurar a Constelação Familiar para poder achar uma solução para seus problemas.

Dessa forma, no Brasil, o método é cada vez mais popular. Isso mostra a importância da consteladora familiar no mercado brasileiro. Afinal, os profissionais com essas técnicas podem auxiliar várias pessoas a sair dos problemas desenvolvidos na infância.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Ademais, as consteladoras familiares facilitam a compreensão e a superação destes desafios.

Leia também:  Relacionamento no trabalho dá certo?

Saiba mais…

Como já percebemos, ser uma consteladora familiar está ganhando cada vez mais espaço no mercado brasileiro. Por isso, confira os benefícios de realizar um curso de constelação familiar:

1. Desenvolver o autoconhecimento

Com a correria do dia a dia, estamos cada vez mais vivendo no “automático”. Por isso, não conseguimos visualizar as respostas para os nossos problemas. Isso ocorre pois a maioria das pessoas não têm autoconhecimento e não se entendem.

Então, ao fazer a formação de Constelação Familiar, você recebe toda a ajuda para desenvolver o autoconhecimento. Além disso, o autoconhecimento é uma habilidade bastante importante para a nossa evolução pessoal. Por meio dela, você consegue refletir sobre os seus comportamentos e as suas ações.

Assim sendo, é possível perceber o que pode estar nos prejudicando e o motivos de reagir em cada tipo de situação.

2. Profissão complementar

Ao ser uma consteladora familiar, você terá uma maneira de abranger a sua atuação no mercado. Por exemplo, se você já está no ramo de coaching, você pode oferecer outros serviços, aumentando o seu portfólio e agregando mais valor ao seu trabalho.

Assim, outras profissionais da área de pedagogia, psicologia e saúde são beneficiados ao se tornarem consteladoras familiares. Aliás, essa formação te ajuda a moldar um atendimento mais assertivo.

3. Inteligência Emocional

A inteligência emocional é outra competência importante que é desenvolvida durante essa formação. Sendo assim, essa habilidade te auxilia a aumentar o controle sobre as suas próprias emoções.

Aliás, na vida em geral, desenvolver a inteligência emocional é extremamente importante. Afinal, lidar com a pressão do dia a dia e o estresse fica muito mais fácil por meio dos recursos da inteligência emocional.

4. Profissão cada vez mais importante e popular no mercado

Como já falamos no início do post, a constelação familiar é um método que está ficando cada vez mais popular no Brasil. Já que essa técnica é destacada pela rapidez e efetividade em resolver conflitos no ambiente familiar.

Por isso, tem aumentado a procura por formações de Constelação Familiar em todo o país. Logo, ser uma consteladora familiar é uma forma de aproveitar uma profissão que ainda é pouco explorada.

5. Um curso perfeito para quem deseja ser uma consteladora familiar

Então, se você deseja uma forma de sair na frente na sua formação de constelação familiar, temos um convite especial. Conheça o nosso curso Constelação Familiar 100% online! Assim, com toda a certeza, por meio das nossas aulas, você irá agregar bastante valor ao seu trabalho em diversas áreas.

Ademais, você decide a hora e o lugar que deseja estudar. Além disso, você terá acesso a um ótimo conteúdo e com os melhores professores da área.

Assim, você poderá atuar consteladora e realizar atendimentos e em pouco tempo. Pois, são 6 meses de curso, que envolve: teoria, supervisão e análise, tudo isso em apostilas e vídeo-aulas.

Considerações finais sobre ser consteladora familiar

Como podemos ver ao longo do post, ser uma consteladora familiar traz muitas vantagens e poderá atuar em uma área que está em expansão. E não só isso, mas também ajudar as pessoas que querem resolver os seus problemas.

Por fim, não deixe de conhecer o nosso curso Constelação Familiar 100% online. Com as nossas aulas, você entenderá como prevenir e resolver conflitos familiares. Temos a certeza que você irá iniciar uma nova jornada que te ajudará a ser uma ótima consteladora familiar. Então, inscreva-se já e comece ainda hoje!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =