Constelação e vida diáriaConstelação Familiar

Constelação familiar na sala de aula: 7 princípios básicos

Assim como em qualquer outro sistema, a sala de aula também é organizada entre funções e hierarquias. Isso mantém o lugar em constante funcionamento, garantindo a aprendizagem e retorno dos alunos e professores, respectivamente. Entenda sete princípios básicos da constelação familiar na sala de aula e como aplicá-los.

Entendendo o problema

Assim como qualquer outro ambiente com estrutura social, a sala de aula também pode apresentar disfunções e problemas quanto ao seu funcionamento. A estrutura organizacional pode apresentar falhas parciais ou completas, a depender do problema. E aí entra a Constelação familiar.

A constelação familiar na sala de aula é capaz de detectar o que está oculto no ambiente. Ela descobre o que está impedindo o indivíduo ou grupo de crescer e evoluir na escola. Como exemplo, ela pode entender o porquê de um aluno estar sendo excluído ou porque o mesmo está sendo agressivo, repetindo algum padrão inerente ao seu ambiente familiar.

Aplicando a Constelação Familiar na sala de aula

Com o círculo da sala de aula sendo quebrado, o professor e/ou outro profissional podem entrar em ação e aplicar a terapia. A partir do momento em que ela se inicia, imediatamente é possível notar os padrões comportamentais que a desencadearam.

O processo pode incluir alguns alunos, toda a turma e até a família do estudante. A terapia pode trabalhar nos seguintes atos:

Desintegração

Uma turma desunida possui uma ruptura em seu laço coletivo. Com o tempo, não só na escola, mas também no ambiente externo, poderão ter problemas quanto ao trabalho em equipe, por exemplo. O tratamento pode reintegrar os estudantes ao ambiente coletivo da sala de aula.

Problemas de comportamento

Naturalmente, os jovens experimentam uma fase mais rebelde da vida. Isso se deve às transformações que ocorrem em sua mente e corpo. Contudo, tal rebeldia pode estar atrelada às disfunções dentro do seu lar. Neste, como em outros casos, a participação dos pais na terapia se faz bastante necessária.

Dificuldades de aprendizagem

Alguns alunos, por mais inteligentes que possam ser, apresentam dificuldades em aprender até alguns assuntos mais simples. Trabalhando para entender o motivo de tal inibição, é possível reverter esse déficit e restaurar o seu potencial ao aprendizado.

Princípios básicos da terapia que são implementados: Constelação Familiar na sala de aula

A Constelação familiar na sala de aula tem um poder transformador na vida de todos os envolvidos na terapia. Os ensinamentos têm qualidades terapêuticas e, se assimilados corretamente, poderão mudar sua vida a curto e longo prazo. Veja alguns dos princípios mais básicos da terapia:

Influência familiar

A Constelação familiar afirma que o nosso círculo da família influencia subjetivamente em quem somos hoje. Através dele adquirimos uma cultura pessoal e um comportamento bem específico, repetindo padrões benéficos e maléficos de outros entes. Nosso sucesso ou fracasso estaria atrelado a uma experiência de algum antepassado.

Campo de informações familiares

Cada família possui um campo de informações que é alimentado pelas experiências boas ou ruins de seus membros. É comum os mais novos captarem algumas dessas informações e tentarem resolvê-las puxando situações parecidas à sua vida pessoal.

Geralmente, as escolhas de relacionamentos ou profissões está atrelada a isso. Desse modo, o indivíduo estaria reestruturando o sistema da família, lidando com algo que está em aberto.

A vivência

A terapia é capaz de identificar o que está dificultando nosso desenvolvimento e apontar para uma solução. Conhecendo o que nos motiva a agir de forma degradante, temos a chance de trabalhar isso e nos mover à direção contrária. O tratamento nos permite enxergar além da cortina de nossas vidas, vendo o catalisador dos problemas.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Fluxo

    Segundo a Constelação familiar, todos nós fazemos parte de um fluxo. Embora muitas gerações estejam pautadas na individualidade, no “Eu”, nossas atitudes estão e estarão impressas no nosso círculo familiar. Assim como os antepassados no influenciaram, mesmo que não tenhamos filhos, também influenciaremos a geração futura.

    Ordem

    Todo sistema, seja familiar ou não, é pautado por uma hierarquia, uma ordem. Avó, mãe, neta, bisneta… Cada um ocupa um posto na cadeia com um papel a cumprir. Quando essa ordem é corrompida, quando um dos membros toma o lugar ou preocupação do outro, essa cadeia é rompida. Isso também vale para qualquer outro ambiente.

    Pertencimento

    Fala de um direito inerente de um indivíduo de pertencer a um sistema, fazendo parte dele quando chega e não podendo ser excluído. Uma pessoa nascida em um círculo familiar está atrelada à história desse sistema. Na escola é semelhante, assim como numa empresa. A diferença é que o desligamento é mais consentido e respeitado.

    Equilíbrio

    Esse princípio visa a troca equivalente nas relações, onde duas pessoas são capazes de dar e receber de forma igualitária. Isso mantém o fluxo do relacionamento ativo. Contudo, caso isso não seja respeitado, tal relacionamento tende a fracassar.

    Um exemplo é o professor que se esforça bastante para ensinar, mas o aluno não se importa em aprender.

    Resultados: Constelação Familiar na sala de aula

    Ao se detectar qual parte do fluxo da sala de aula está em declínio, o professor e/ou funcionário de apoio, como um psicopedagogo, pode aplicar a Constelação familiar naquele ambiente. A depender da origem do problema, poderá ser um trabalho mais simples ou árduo. Portanto, o constelador deve ser persistente e incisivo na solução.

    Após a terapia, que pode incluir a família do aluno também, a ordem natural retornará ao seu devido lugar. Como a causa que motivava aquele comportamento não existe mais, a inibição ao conhecimento ou o conflito que permeava o lugar desaparece.

    O estudante pode gozar de suas capacidades e continuar a contribuir positivamente àquele círculo.

    Exemplos de Constelação Familiar na sala de aula

    Uma professora relata como a Constelação familiar na sala de aula mudou os seus alunos, dando um resultado muito satisfatório ao aprendizado deles. Uma garota, por exemplo, gaguejava bastante e não conseguia projetar a sua voz em sala.

    Contudo, ao ser constelada, afirmou que recebera o nome da irmã que havia falecido com nove meses engasgada com comida. Semanas após ser constelada, comprovou-se a sua melhora. Agora, a garota gaguejava em raras ocasiões e podia ler em voz alta sem dificuldades.

    Outro caso digno de menção é o de um menino com a higiene em falta e descuido com a aparência. A criança apresentava dificuldades dentro da sala. No entanto, ao ser constelado, descobriu-se que a influência do pai alcoólatra reverberava sobre ele. Após a terapia, o garoto passou a frequentar a escola mais asseado, mostrou iniciativa quanto às aulas e foi aprovado quando as mudanças começaram a surtir efeito.

    Considerações finais sobre a Constelação Familiar na sala de aula

    A Constelação Familiar na sala de aula mais uma vez mostra o seu poder transformador em um ambiente. Assim, vimos que independente da origem do problema, ela é capaz de encontrar os caminhos para uma solução. No âmbito escolar, é capaz de reestruturar os alunos como indivíduos únicos e partes pertencentes a um grupo, contribuindo positivamente para o fluxo do mesmo.

    Vale ressaltar que não se trata de uma religião ou doutrinação, assunto muito em voga nos últimos tempos. É uma saída voluntária e nada nociva aos envolvidos, visto que é um processo que busca a solução de conflitos internos e invisíveis a olho nu que afetam nosso comportamento.

    Dessa forma, ainda que você não seja um docente, espero que o artigo tenha ajudado a entender o papel e aplicabilidade da Constelação Familiar na sala de aula. Se tem interesse no assunto, por que não se inscreve em nosso curso sobre Constelação familiar? Oferecemos todo o apoio necessário para que capte as ferramentas que precisará no mundo externo. Você poderá erguer a ponte que unirá pacientes às soluções que procuram.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    15 − 12 =