Constelação e Profissões

Constelação Familiar em Escolas

constelação nas escolas, constelação sistêmica em ambiente escolar

Cada vez mais há relatos do uso proveitoso da Constelação Familiar em Escolas públicas e privadas do Brasil. Trata-se da chamada Educação Sistêmica ou Pedagogia Sistêmica, quando a Constelação Familiar e Sistêmica volta seu olhar para as relações escolares.

Por isso, para que você possa entender melhor como funciona a Constelação familiar em Escolas, preparamos este texto explicativo, demonstrando de que maneira a Constelação pode ser utilizada neste meio. Continue lendo para conferir!

Aplicando a Constelação Familiar em Escolas

Há inúmeras formas de aplicação da Constelação Familiar em escolas como:

  • aspectos individuais do aluno (timidez, depressão, ansiedade, falta de concentração etc.);
  • aspectos familiares do aluno (dilemas familiares);
  • relações entre aluno e aprendizagem (compreender as causas para falta de atenção, desinteresse pelos estudos etc.);
  • relação dos alunos entre si (casos de bullying, de isolamento de alunos, de agressividade, de formação de “panelinhas” etc.);
  • relação do aluno com os professores e a escola (respeito, diálogo, interação, sentimento de pertença etc.);
  • relação entre os professores;
  • relação dentro do corpo pedagógico: professor e escola / coordenação / direção;
  • relação entre quaisquer dessas partes e os pais de alunos.

Ufa! Percebeu como é vasta a aplicação? E cada vez mais se aplica a Constelação Familiar em escolas. Seja porque os professores e coordenadores estão aprendendo e aplicando, ou seja porque as escolas contratam profissionais externos para projetos de constelação.

Dito isso, você deve ter percebido que não é preciso ser professor(a) para ser um constelador educacional. Cada vez mais os pais valorizam escolas que adotem a Pedagogia Sistêmica.

O professor que se dedicar, agora, a aprender Constelação Familiar e Sistêmica, agregará muito valor ao seu currículo. Assim, cada vez mais terá inúmeras oportunidades para coordenar ou dirigir escolas, podendo desenvolver projetos constelares na sua escola, ou até mesmo ser um prestador de serviços para múltiplas escolas!

A Constelação Familiar e Sistêmica é nova no Brasil, mas conta com grande crescimento. Assim como hoje, temos profissionais de coaching que se destacam, também os consteladores que forem pioneiros na área da Educação terão um lugar de sucesso reservador para o futuro!

Professor e a Educação Familiar em Escolas

Ser professor sempre será uma profissão fundamental na sociedade. Todos nós sempre teremos algo a mais para aprender, e também para ensinar. Um professor que estuda constelação familiar, torna-se um profissional mais sensível às relações humanas.

Com uma das funções mais nobres no contexto social, o professor é responsável pela difusão do conhecimento. Ele contribui na transformação de crianças, jovens e adultos, para que se tornem conscientes da sua importância no mundo e assim, contribuam para o progresso da humanidade.

Hoje, não tão valorizados, os educadores devem buscar medidas que tornem a sua vida profissional mais produtiva. A Constelação Familiar pode contribuir de maneira decisiva para a carreira do educador.

Entendemos que o professor que souber como desenvolver projetos de Constelação Familiar em Escolas, isto é, a chamada Pedagogia Sistêmica ou Educação Sistêmica. Poderá potencializar sua atuação e seu reconhecimento perante alunos, pais e escola!

Principais Benefícios Obtidos Através da Constelação Familiar

O professor que estuda Constelação Familiar e aplica a Constelação Familair em escolas, terá condições de compreender as seguintes relações:

  • consigo mesmo e com sua trajetória familiar;
  • deste professor com seus alunos;
  • dos alunos entre si (questões de bullying, timidez, agressividade, dificuldade de aprendizado etc.);
  • entre os professores;
  • entre a escola, os pais e os alunos.

Acreditando-se, deste modo, que todo conteúdo escolar é simplesmente um pretexto para a interação humana. E o professor está totalmente inserido nessas relações, carregadas de histórias e diferentes contextos, que têm o seu ponto em comum na convivência diária da sala de aula.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Todos ganham com a aplicação cada vez mais difundida da Constelação Familiar em Escolas!

Leia também:  Área comercial e a Constelação como benefícios na vida do Gestor

Exercendo Funções do Professor sem Excluir o Conhecimento de Mundo Trazido por Cada Aluno

Hoje, a pedagogia aborda o conceito de cotidianidade, para falar dos muitos cotidianos que se apresentam no contexto escolar. Eles são carregados de experiências e culturas próprias, acabando por gerar o sistema chamado sala de aula, que está contido no sistema maior denominado escola.

Sendo assim, cada aluno e cada profissional que estão na escola, trazem consigo sua cotidianidade, suas vivências e significados. O professor, nesse contexto complexo e singular, é convidado a exercer sua profissão. Desenvolvendo as funções que lhe cabem, sem, contudo, ignorar o que os sujeitos trazem consigo para aquele ambiente.

8 Benefícios da Constelação Familiar para Professores

Por isso, para esse profissional, conhecer e viver a Constelação Familiar pode ser de extremado valor, oferecendo inúmeros benefícios para a sua prática, dentre os quais destacamos:

1. Conscientização de que os alunos podem refletir em sala de aula os emaranhamentos de seu sistema familiar (ao invés de simplesmente sofrer com a ideia de que a criança não quer estudar);

2. Favorecer e estimular o envolvimento dos familiares no processo de escolarização da criança, na proposta de inclusão que compõe a pedagogia sistêmica;

3. Compreender, interiorizar e divulgar a importância do lugar que cada instituição ou indivíduo ocupa no sistema. Valorizando e honrando suas ocupações e suas funções, sejam os pais, os professores, os alunos, as faxineiras, o diretor, ou qualquer outro sujeito que componha o sistema;

4. Valorizar o peso das culturas de origem, sendo fiel ao contexto de onde provêm os alunos;

5. Entender o valor da inclusão dos membros no sistema, quando, por exemplo, uma criança é excluída de seu grupo da sala de aula, ou um professor excluído do grupo dos profissionais;

6. Entender a dinâmica dos sistemas, sejam eles a sua própria família, o sistema dos funcionários da instituição ou o sistema dos alunos com o professor em sala de aula.

7. Em qualquer um desses contextos, deve ser valorizada o lugar e o pertencimento de cada um dos sujeitos e, quando o professor traz essa consciência para sua prática, vários problemas podem vir a ser solucionados;

8. Dar o devido significado às interações, compreendendo que, inevitavelmente, todos os membros de um sistema estão interligados e que, quando um deles manifestar um sintoma, há algo no sistema que não está funcional e que precisa ser olhado com amorosidade.

Exemplo de caso que poderia ter sido resolvido utilizando os conhecimentos da Constelação Familiar em Escolas

Certa vez, quando eu fui diretora de escola, trabalhei com uma professora extremamente questionadora, que se relacionava agressivamente com qualquer pessoa que estivesse no cargo da gestão.

Na época, eu ainda não era coach, mas já era terapeuta floral e já tinha alguma percepção do que poderia ocorrer internamente com o outro. Sendo assim, comecei uma investigação silenciosa sobre o histórico das relações da referida professora com pessoas que ocupassem algum lugar de poder em sua vida.

A Necessidade de Convivermos em Paz com o Nosso Passado

De fato, minhas suspeitas com relação à professora se confirmaram: nas outras escolas por onde havia passado, ela sempre se posicionava de forma contrária à gestão; como aluna na universidade, também era polêmica e conturbada.

Finalmente, chegando à família, ela vivia em constantes conflitos com a mãe, com quem morava, depois de haver se separado de um marido com quem brigava demasiadamente porque queria mandar nela. Com quase 40 anos, essa mulher brigava com a mãe que, segundo ela, queria mandar nela mesmo depois de já ser adulta.

Foi então que vi que os conflitos, quase sempre infundados, que ela tinha com todos da equipe gestora, refletiam toda a sua história familiar. Hoje, ao fazer esse curso, penso em como a Constelação Familiar poderia ajudá-la em suas questões, tornando seus processos mais leves na vida cotidiana.

Leia também:  Engenheiro Civil: como a Constelação ajuda?

Conclusão

Diante de tudo o que foi exposto acima, posso concluir que o professor que estuda Constelação Familiar e aplica a Constelação Familiar em Escolas, está mais apto a lidar com os seus problemas pessoais.

Além de resolver as questões do âmbito profissional com mais facilidade, ele será capaz de não permitir que o seu passado influencie no seu comportamento e prejudique outras pessoas. Assim ele terá êxito em uma das funções mais nobres, que poderiam existir na sociedade atualmente: a de professor.

Este artigo sobre a aplicação da Constelação Familiar em Escolas, Pedagogia Sistêmica e Educação Sistêmica foi criado por Roberta Melo, exclusivamente para o site do Curso de Formação em Constelação Familiar e Sistêmica em EAD.

 

4 thoughts on “Constelação Familiar em Escolas

  1. Eu gostaria de entender mais sobre constelação familiar nas escolas e de que modo poderia ser aplicado sem sofrermos discriminação.

  2. Boa tarde, estou fazendo o curso da constelação online de vocês. Gostaria de saber se existe alguma pesquisa academica realizada com constelação na sala de aula. Vocês podem me ajudar? Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 17 =