Constelação e Relacionamentos

Como funciona terapia de casal?

como funciona a terapia de casal

Neste artigo iremos te contar como funciona terapia de casal, o que são constelações de casais, para que servem e como podem ajudá-lo a melhorar seu relacionamento. E se ele não está em um relacionamento, não vá. Também falaremos sobre você.

As Constelação de Casal Familiar é uma alternativa rápida e eficaz para encontrar soluções para uma grande variedade de problemas que existem dentro de um relacionamento amoroso.

O que são constelações de casais familiares

As constelações de casal são uma metodologia terapêutica que consiste na aplicação das técnicas de Constelações Familiares de Bert Hellinger às relações de casal.

Sendo assim, essa abordagem terapêutica  nos permite revelar, transformar e resolver as dinâmicas que têm gerado um desequilíbrio no nosso sistema familiar. Além das dinâmicas que se manifestam no nosso cotidiano também, afetando, entre outros aspectos, a nossa vida amorosa.

As constelações de casal se concentram em analisar e interpretar o comportamento do casal, revelando as dinâmicas ocultas que influenciam seu relacionamento. A partir das informações que emergem, ambos os cônjuges têm a oportunidade de refletir e mudar.

A interpretação oferecida pelas constelações é muito diferente daquela oferecida pelas abordagens mais tradicionais.

Vamos esclarecer um ponto: uma terapia de constelação de casal requer a presença de ambos os membros do relacionamento. Se apenas um participasse, estaríamos diante de uma oficina de Constelações Familiares em que um participante decide “Constelar o Casal” ou “Constelar o Amor”. Essa atitude traz grandes benefícios, mas não seria propriamente uma terapia de casal.

Qual é o objetivo de constelar o casal?

As constelações familiares do casal têm como objetivo trazer à luz partes de nós que são influenciadas por nossa história.

Por meio da investigação de nossas relações passadas e presentes, podemos explorar e tomar consciência dos bloqueios e emaranhados que se originam nos modelos de família dentro de nossa árvore genealógica, dando origem às situações em que:

  • não podemos encontrar uma pessoa compatível com quem construir um relacionamento;
  • nos sentimos solitários ou insatisfeitos com nossa vida amorosa;
  • não podemos abandonar relacionamentos antigos devido a arrependimentos ou ressentimentos;
  • não podemos confiar e ser íntimos com nosso parceiro;
  • temos dificuldades de comunicação no relacionamento do casal;
  • perdemos alegria, entusiasmo ou pró-atividade;
  • achamos difícil compartilhar uma sexualidade saudável e plena;
  • temos a tendência de lidar com os problemas do nosso parceiro;
  • vivemos em uma relação conflituosa com a família de nosso parceiro;
  • experimentamos estados de ansiedade e preocupação excessivas por nosso parceiro;
  • nos sentimos cheios de ressentimento em relação a pessoas ou situações do passado;
  • estamos em um momento de transição em nossa vida;
  • não podemos superar uma dor, uma perda ou uma separação;
  • muitas vezes nos sentimos invadidos por nosso parceiro em nosso espaço de vida.

Terapia tradicional para casais x terapia de casais com constelações

A terapia de casais pode ser feita através de vários modelos. A maioria se concentra na comunicação e na expressão de sentimentos, bem como em estratégias para conviver harmoniosamente.

Em suma, uma discussão sobre problemas, necessidades, sentimentos e expectativas e como o casal pode melhorar seu relacionamento.Mas, em muitos casos, a psicoterapia sozinha não resolve os problemas mais profundos que os casais enfrentam.

Problemas de relacionamento envolvem comunicação, sexo, infidelidade, finanças, confiança, parceiros anteriores, filhos e família extensa. O problema é que, embora essas áreas possam ser percebidas como problemas, muitas vezes são sintomáticas de disfunções mais profundas.

Saiba mais

Se o ponto crucial dessas questões for simplesmente comunicação, comportamento e mal-entendido, eles podem ser resolvidos com sucesso por meio de um processo de aconselhamento. No entanto, se os problemas persistirem após o aconselhamento, a psicoterapia provavelmente será inútil.

Leia também:  Família e trabalho: 7 dicas para conciliar os dois

Os problemas mais profundos devem ser resolvidos no nível em que surgem. As raízes disso muitas vezes residem em pontos cegos da mente e muitas vezes são inconscientes ou fazem parte de seus sistemas familiares.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

Para que servem as constelações de casal?

As constelações de casal são usadas para:

  • dissolver bloqueios de energia e lealdades familiares vinculadas à Árvore Genealógica graças à Abordagem Sistêmico-Fenomenológica;
  • restaurar os princípios de ordem, pertença e equilíbrio dentro do sistema familiar, ou seja, reconhecer e honrar todos aqueles que nos precederam, devolvendo-lhes os papéis, pesos e responsabilidades que assumimos;
  • identifique e elimine os emaranhados que impedem uma sexualidade alegre e gratificante;
  • encontrar emoção, diversão, satisfação e gratificação no relacionamento do casal;
  • abertura para a possibilidade de um novo relacionamento.

Como se desenvolve a sessão de constelações familiares de um casal?

O facilitador pede ao casal que declare brevemente sobre o problema que eles desejam consultar. Podem ser desde pequenas cenas de ciúme até uma situação grave de violência. Em seguida, o facilitador pede aos cônjuges que escolham pessoas do grupo para representar seu sistema familiar e que as coloquem em algum lugar da sala.

Então, um participante fará o papel do pai, outro da mãe, outro do avô e assim por diante. Isso é feito com os sistemas familiares de ambos os membros do casal.

Representantes

Os representantes entram em contato com o campo morfogenético do casal e são guiados por dinâmicas espontâneas, trazendo à tona a vivência emocional de pessoas reais ou das situações que representam.

Geralmente, em poucos minutos a constelação para, bloqueia ou congela. É a chamada armadilha, na qual vemos a situação “real” do sistema familiar do casal. Nesse ponto, atendemos ao núcleo problemático do sistema.

Este é o ponto crucial que permite aos cônjuges trazer à tona as doenças inconscientes para enfrentá-las, resolvê-las e para reviver a relação com serenidade.

Finalização

Só a visão e a consciência desse fato poderiam bastar para que as constelações desconstruíssem uma série de bloqueios internos e alcançassem uma nova consciência de si mesmas e de seu sistema. Mas, em geral, tenta-se fazer um ajuste à situação a fim de desempenhar um papel ativo na redefinição do sistema.

Aqui, é o facilitador que assume o papel de liderança. O constelador começa a ajustar a ordem dos participantes de uma forma que pode ser significativa para eles. Ou seja, tenta restaurar a ordem natural. O objetivo é criar uma nova imagem que represente a solução ou a cura.

Nesse sentido, ao final do processo é criada uma nova imagem, que é o que levará a uma verdadeira transformação interior dos sujeitos envolvidos. 

Considerações finais sobre como funciona terapia de casal

As constelações familiares abrem um caminho rápido e original para a superação de diversos problemas relacionados ao relacionamento. Eles nos mostram (em poucos minutos) se um casal está funcionando bem e, se não, mostra o porquê de estar funcionando mal. As constelações são orientadas para a solução e nos mostram o que podemos fazer para seguir em frente.

Deseja melhorar o seu relacionamento ou se tornar um profissional de constelação familiar para entender como funciona terapia de casal? Não perca tempo, se inscreva em nosso curso online constelação familiar que vamos ajudá-lo tanto na vida profissional como pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =