Constelação Familiar

A prática das constelações familiares (Jakob Robert Schneider)

livro de Jakob Robert Schneider

Jakob Robert Schneider possui uma vasta formação acadêmica em áreas focadas no desenvolvimento humano. Além de ser um renomado constelador, Jakob reuniu o seu conhecimento em livros para que o público compreendesse melhor a natureza humana. É o que nós vamos entender melhor na análise do livro A prática das Constelações familiares.

Sobre Jakob Robert Schneider

O autor de A prática das constelações familiares é diplomado em Teologia, Filosofia, Pedagogia e Educação física. Além disso, Jakob trabalha com terapia individual, em grupo e aconselhamento de casais em clínica. Ele também coordena e dirige cursos e seminários para formar novos consteladores em várias partes do mundo.

Schneider é membro da IAG, sendo parte da comunidade que desenvolve o trabalho da Constelação segundo os ensinamentos de Hellinger. Como redator, Jakob escreve artigos na revista de Constelação Praxis der Systemaufstellung. E em parceria com Brigitte Gross escreveu “Ah! Que Bom Que Eu Sei!” – A Visão Sistêmica nos Contos de Fadas, publicado pela Editora Atman.

Jakob possui mais de 20 anos de experiência com o trabalho das Constelações familiares. Após vivenciar o método terapêutico de modo pessoal ele decidiu que esse seria o seu caminho dali em diante. Tanto que atualmente é um dos conselheiros mais respeitados no mundo dentro dessa prática.

Sobre o livro de Jakob Robert Schneider

A prática das Constelações familiares é um livro bastante claro a respeito do trabalho criado por Hellinger. Jakob descreve de modo acessível e abrangente como o trabalho sistêmico é desenvolvido com os pacientes.

É uma obra envolvente até, já que possui um estilo de escrita direto, mas com bastante espaço para possibilidades de entendimento. Desse modo, o leitor consegue uma interpretação pessoal das Constelações e efeitos baseado em conclusões próprias. Esse tipo de percepção ajuda a quebrar impressões equivocadas a respeito do livro, livrando a obra de ser vista como:

  • professoral, explicando de modo muito técnico e mecânico o tema abordado;
  • tendenciosa, manipulando seu discurso e implantando ideias equivocadas no leitor;
  • autoritária, pois não impõe no leitor uma maneira linear de interpretar seu conteúdo.

Propósito

O livro a prática das Constelações familiares foi planejado como uma introdução sintetizada da prática consteladora. A obra estaria em meio a tantas outras com temáticas parecidas para resumir ao público as temáticas sistêmicas.

Tanto que diversos autores afirmam que esse livro não precisa ser resumido ou abreviado como normalmente acontece. A obra é suficientemente densa e clara, perdendo o seu valor se fosse abreviada. Ademais, esses mesmos autores defendem que os leitores ampliem o significado da obra com interpretações próprias.

Desse modo, a obra se tornou uma referência no nicho por:

  • ser um material bem estruturado e com exemplos tocantes da Constelação familiar
  • além da introdução, possui atualizações em relação aos desenvolvimentos sistêmicos recentes
  • resume de modo inteligente e diferenciado para o leitor a introdução, evolução, princípios, objetivos e procedimentos desse método terapêutico.

O leitor como parte da obra

A prática das Constelações familiares descreve em capítulos breves, mas compreensíveis, os fundamentos desenvolvidos por Bert Hellinger. Embora seja compacto, o livro de Jakob tem uma descrição ampla e esclarecida a respeito da Constelação.

Desse modo, o leitor experimenta as atitudes que fazem parte do trabalho sistêmico. Esse é, com certeza, um material de estudo onde o leitor faz parte do processo criativo do livro. Em outras palavras, a interpretação do indivíduo é mais que bem-vinda para o entendimento completo da teoria e aplicação da Constelação.

Jakob Robert Schneider consegue entregar para o leitor uma percepção centrada, descrição respeitosa e a expressão isenta de intenções. Essas são características muito necessárias ao trabalho realizado pelo constelador familiar.

O respeito e a autonomia

Jakob e Bert tiveram uma amizade que durou algumas décadas. Tanto que entre muitos consteladores experientes é Jakob que utiliza a técnica de modo semelhante a Hellinger. O aprendiz, por assim dizer, de Bert tem um trabalho muito bem avaliado nas sessões de grupo principalmente.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Entretanto, Jakob emprega a Constelação de modo menos dogmático, erudito ou normativo, o que não causa resistência nos leitores. Ainda que mantenha o estilo de Hellinger, o trabalho e o livro de Jakob Robert Schneider são autônomos. Por isso que ele tem se tornado bastante popular entre o público mais jovem, bem como novos constelados.

    É possível notar em A prática das Constelações familiares a dedicação e vivência de Jakob na Constelação de forma clara. Além de ser natural, o seu trabalho tem ajudado diversas pessoas a ampliar seus horizontes e modo de agir. O seu trabalho é certamente uma forma dos leitores entenderem a si mesmos ultrapassando os limites de uma psicoterapia ou aconselhamento.

    Intermediação

    O livro A prática das Constelações familiares é uma ferramenta capaz de ajudar o público no entendimento das ideias de Bert. Por meio dele os leitores podem desenvolver insights próprios a respeito do funcionamento e efeitos da Constelação.

    Em vista disso os resultados mais profundos podem ser observados com mais calma , surpreendendo os pacientes. Trata-se de uma leitura bastante proveitosa, tanto para leigos, quanto para os mais experientes nessa abordagem. Para quem quiser se aprofundar no tema, o apêndice do livro possui indicações de autores e livros de Bert Hellinger.

    Pessoalidade

    Jakob Schneider usou a própria perspectiva e experiência com a Constelação para escrever o livro A prática das Constelações familiares. Quanto às críticas e práticas, ele afirma que elas se desenvolvem sempre que uma metodologia terapêutica é ampliada. Ademais, o autor tem o intuito de informar o conteúdo básico e o essencial da Constelação com base em sua vivência e experiência.

    Existe um cuidado muito grande para situar o leitor nesse trabalho para não deixá-lo confuso ou deslocado. Por exemplo, mudanças em dados para que os constelados não sejam identificados e explicação de termos, como “o cliente”. O objetivo é apenas viabilizar clareza nesse assunto e manter a confiança do leitor nesse trabalho.

    Jakob deixa bem claro que a Constelação não deve ser considerada como uma psicoterapia no entendimento comum dessa palavra. Contudo, ele prefere aplicar esse termo para rápida compreensão do leitor a respeito do assunto.

    Considerações finais sobre a prática das constelações familiares

    A prática das Constelações familiares é um livro essencial para quem deseja entender melhor esse método terapêutico. O autor, Jakob Schneider, trabalha esse tema de modo acessível e bastante agradável para o entendimento do leitor.

    Além disso, é bastante agradável entender a perspectiva e experiência do próprio escritor e como a Constelação mudou a vida dele. Essa leitura é bastante proveitosa, instrutiva e certamente ajudará o leitor a criar novas percepções a respeito dos seus relacionamentos.

    Por fim, você pode aprender a Constelação familiar e entender como aplicá-la no cotidiano com o nosso curso online. Assim como descrito em A prática das Constelações familiares, o método é uma ferramenta de transformação pessoal. Além de desenvolver o seu autoconhecimento, nosso curso te ajudará a desbloquear o seu potencial e transformar a sua vida.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    18 − doze =