Constelação FamiliarFormação em Constelação

Bert Hellinger: a vida (resumo biográfico)

Entender mais sobre Bert Hellinger: a vida é um exercício de inspiração que traz grandiosas lições para as nossas vidas. Muitos aspectos seus ainda são pouco trabalhados com o grande público, embora possuam um grande valor. Hoje vamos rever parte de sua trajetória. e como ele pode nos ensinar novamente com isso.

Origens

Hellinger nasceu na cidade de Leimen, Alemanha, no dia 16 de dezembro de 1925. Logo nos primeiros anos de sua vida, encontrou com a disciplina e religiosidade praticada em sua família. Isso porque com 10 anos foi matriculado no monastério católico escolar para que pudesse crescer intelectualmente.

Logo aos 17 anos, Hellinger teve de enfrentar nazistas no meio da guerra, acabando detido na Bélgica. Embora a guerra seja uma das maiores violências que há, ela não conseguiu destruir sua postura incrivelmente humanizada. Aos 20 anos, ele iniciou o seu caminho como padre e se formando como teólogo aos 26 anos.

Bert Hellinger: a vida dá mais um salto quando se torna missionário e diretor de escolas na África. O tempo que passou lá acabou por dar luz a algumas percepções importantes que definiria o seu futuro. Após voltar à Alemanha, iniciou sua escalada acadêmica nas terapias alternadas, aplicando tudo o que aprendeu pelo caminho.

O dilúvio da guerra

A vida de Bert Hellinger sempre deixou claro a sua dedicação em materializar suas vontades ao bem comum. Tanto que mesmo quando era bem jovem já carregava ideias e projetos com bastante potencial. Porém, a guerra acabou chegando até a sua porta e ele foi convocado para lidar com ela.

Algo que chega a impressionar é como ele aceitou os caminhos que o destino o levaram, sendo algo comum. Não que ele gostasse da guerra, mas sempre carregava uma aceitação madura sobre cada experiência que vivenciava. Tudo isso vinha com a percepção de que aprenderia uma lição que o ligasse com o seu propósito de vida.

Ainda que a guerra tenha machucado intensamente a sua alma, também ajudou a curar outras almas. Dificilmente quem vivencia uma verdade tão nua e crua não se mostra afetado por tudo o que aconteceu. Só que, para Bert Hellinger, a vida nesse tempo o ajudou a rever ideias sobre certo e errado e o justo e injusto.

Maturidade no caos

Talvez este seja um dos episódios mais sensíveis de Bert Hellinger: a vida como prisioneiro nos campos de concentração. Os companheiros de Hellinger no lugar acabavam por zombar do soldado que os vigiava por ele não saber a sua língua. Porém, Hellinger acreditava que as pessoas eram boas e repreendia os colegas com frequência.

Ele entendia que o homem cumpria um papel colocado a ele assim como os outros do outro lado da situação. Isso vem com o respeito de entender que havia renuncia ao que todos conheciam como certo. Tudo isso acontece porque algo maior surge e mesmo aquilo que fere a consciência acaba tendo mais pressão a ser feito.

Esse tipo de percepção e postura com o soldado acabou por recompensá-lo porque logo ele fugiu ajudado pelo carcereiro. O homem auxiliou Hellinger em sua fuga, pois, mesmo sem uma comunicação clara, entendia o comportamento de Bert. Ele se sentiu respeitado em seu dever, abrindo espaço para uma simpatia digna que colaborou com sua liberdade.

Jornada na África

Acompanhando Bert Helinger, a vida na África por 16 anos mudou completamente sia forma de ver o mundo. Observando as tribos Zulu e grupos de estudo acabou percebendo os pilares do que viria a ser a Constelação familiar. Essa fase de estudo foi decisiva ao seu futuro, de modo que influenciou a sua própria educação no país e em casa.

A Universidade da África do Sul colaborou diretamente à sua fome de conhecimento e crescimento. Graças à sua iniciativa em aprender continuamente que a sua postura na educação se tornou referência no lugar. Por conta disso que se tornou o administrador de mais de 150 escolas da diocese.

Como nada dura para sempre, Hellinger acabou retornando à Europa para trabalhar outros aspectos de sua vida. Todavia, tudo o que foi vivenciado na África não passou em branco ou mesmo foi esquecido. Aliás, isso deve ser visto como um dos pilares para os grandes passos que seriam dados por Hellinger a seguir.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Parcerias

    Como explorado linhas acima, na trajetória de Bert Hellinger, a vida com outras pessoas era também aliada. O mesmo tinha uma facilidade gigantesca em fazer a diferença em qualquer ambiente que estivesse. Por conta disso, era facilmente ouvido pelas demais pessoas, as influenciando positivamente.

    Em suas viagens ao redor do mundo para se formar acabou contatando outras figuras reconhecidas e admiráveis. Arthur Janov e a terapia primal foram apresentados a ele em meados do ano de 1973. Sem contar que pessoas como Eric Berne e a sua análise transacional também ajudariam na construção do que viria a ser a Constelação.

    Entretanto, Hellinger ainda não havia escrito o material dos livros que nós conhecemos atualmente. Porém, Gunthard Weber acabou se oferecendo para ajudar nessa tarefa e fez a Bert a proposta. Assim sendo, ele gravou e transcreveu os workshops do pai da Constelação e deu origem ao primeiro livro em nome dele.

    Postura

    A vida de Bert Hellinger, especialmente as suas experiências, são um excelente cômodo de referência. Isso é importante para entendermos a maneira como estamos nos portando com a vida e como ela tem respondido. Com isso, sempre enxergamos nele:

    Dignidade

    Bert sempre evitou uma postura mais injusta em relação à própria vida e as demais pessoas em seu caminho. Isso foi construído ao longo do tempo, de maneira que a vida aflorou cada vez mais esse instinto comum. Lembre da parte acima descrevendo sua passagem ao lado do soldado na guerra.

    Curiosidade

    Tudo o que lhe era apresentado nunca foi o suficiente e por isso que ele sempre buscou ir mais além. Para Bert, a sua curiosidade funciona como um gatilho para que pudesse descobrir coisas novas a todo o momento. Isso foi bastante significativo à sua vida porque fez com que encontrasse o seu propósito na existência.

    Respeito

    Conviver com o que lhe era diferente nunca se mostrou um problema em seu cotidiano. Isso, aliás, apenas fomentava a sua vontade de aprender mais e crescer junto com as outras pessoas. Por causa disso que sempre se entregava as vivências com as mais diferentes pessoas em qualquer círculo.

    Lições

    Mesmo após a partida de Bert Hellinger, a vida dele continua a nos dar lições valiosas sobre nós mesmos. O seu trabalho de vida ainda é um conselheiro valoroso para que possamos encontrar uma maneira melhor de sermos felizes. Isso fica mais evidente quando entendemos que:

    A resposta para nossas dores está dentro de nós

    Embora pareça simples ou fantasioso demais, o que precisamos para resolver nossos conflitos se encontra em nós mesmos. A Constelação é capaz de revisar as pendências em nossas almas e nos ajudar a trabalhar com isso. Gradualmente, olhando para a própria essência, resolvemos o que foi deixado e aberto.

    Nunca é tarde demais para se curar

    Independente da idade ou do momento de vida, nunca é tarde demais para buscar uma cura. Tocamos nesse ponto porque muitas pessoas acabam desistindo de si mesmas acreditando que é o fim. Entretanto, a sua perseverança e vontade de fazer acontecer precisam dos meios certos, como a Constelação, para se locomoverem.

    Considerações finais sobre Bert Hellinger

    Acompanhando Bert Hellinger, a vida que ele levou se mostra um exemplo grandioso de crescimento. Tudo o que lhe foi apresentado e experimentado contribuiu diretamente em sua postura e nos caminhos escolhidos. Embora tenha tido seus desvios, não se desviou da proposta de vida que colocou a si mesmo.

    Ademais, cabe a sua disposição em ressignificar o que sabia para que pudesse melhorar. Esse tipo de atitude contribuiu diretamente ao seu desenvolvimento guiado por uma mente aberta e acolhedora. Mesmo não estando mais entre nós, seu trabalho continua a fortalecer o desejo que temos de ter uma vida feliz.

    A fim de compartilhar a mesma perspectiva para abrir possibilidades, se inscreva em nosso curso online de Constelação familiar. Por meio dele, você se colocará em postura de autoconhecimento, buscando com precisão o que lhe falta e permitirá crescer. Ao absorver os ensinamentos de Bert Hellinger, a vida que você tem hoje se mostra mais adequada para que você consiga concretizar os seus sonhos.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    treze − onze =