Constelação e Relacionamentos

Os pais: papel de pai e importância para o filho

papel do pai

Quando falamos sobre paternidade não podemos esquecer a importância do papel que os pais desempenham no crescimento dos filhos.

Embora saibamos que o amor da mãe é, sem dúvida, insubstituível, os filhos também precisam do pai para se desenvolverem mais saudáveis.

Um estudo conduzido por pesquisadores da Escola de Medicina de Baltimore da Universidade de Maryland mostra que as crianças que estão perto de seus pais têm uma melhor autoestima e mostram pequenos sinais de depressão em comparação com aqueles que não o têm. Sem dúvida, os pais de hoje têm um papel muito importante no crescimento de seus filhos.

O papel do pai na educação dos filhos

Desde os primeiros dias e anos de vida, os bebês desenvolvem vínculos com os pais. Nos primeiros meses podem ser mais fortes com a mãe já que ela é responsável pela hora de amamentar. Mas, depois os laços crescem, desde que os pais acompanhem e vivam juntos, ambos contribuem para o desenvolvimento e a evolução do bebê.

O papel do pai na educação dos filhos é tão vital quanto o da mãe. Ele começa com o cuidado desse vínculo desde o início do dia, ainda que o bebê possa manifestar preferência pela mãe. Isso vai mudar com certeza. Aqui estão algumas chaves que explicam isso.

  • Foi demonstrado que se um pai está presente na vida de seu filho desde a gestação, um vínculo especial será criado entre eles progressivamente. Percebe-se que o vínculo é positivo para o desenvolvimento da criança, produzindo efeitos que irão favorecer o seu desenvolvimento, tornando-o mais independente, autônomo e criativo.
  • A proteção que um pai pode oferecer a seu filho é de vital importância, pois é uma ajuda insubstituível para enfrentar melhor os problemas que podem surgir em sua vida.
  • É bom que cada um de nós tenhamos papéis diferentes na educação de nossos filhos. Mas sempre manter uma boa comunicação entre pai e mãe é muito importante para que a criança se sinta segura e amada.
  • As responsabilidades devem ser compartilhadas! É fundamental que o pai se envolva na criação dos filhos e não mantenha uma relação distante, deixando a maior parte das atividades com eles nas mãos da mãe.
  • Uma atividade muito simples que nós propomos é ler histórias para os seus filhos. Com elas, você os ajudará a desenvolver competências cognitivas e verbais, ao mesmo tempo que reforçará a relação com eles.

O papel dos pais na escola

O papel dos pais na vida de uma criança deve ser pautado no respeito, no amor, no carinho, nas oportunidades, no apoio emocional e, acima de tudo, no ensino aos filhos de que eles são capazes de alcançar o que desejam.

Dessa forma, os pais devem mostrar às crianças que se preocupam com tudo o que lhes acontece 24 horas por dia. Claro que isso também tem a ver com a escola.

Os pais devem participar do âmbito escolar, das atividades, manter contato positivo com os profissionais do centro, falar bem deles na frente da criança, acompanhar suas atividades e notas, falar mensalmente com os professores, etc.

Os resultados positivos do envolvimento dos pais na escola

O envolvimento dos pais na escola ocasionará resultados positivos para os alunos. Isso porque as avaliações, a frequência e o comportamento vão melhorar. Nunca é tarde demais para se envolver na educação de seu filho, e não nos referimos apenas à escola.

Quanto mais você trabalhar com o seu filho em atividades de aprendizagem acadêmica e emocional em casa, mais provavelmente as crianças desenvolverão uma boa atitude em relação ao aprendizado e à boa autoestima.

Trabalho colaborativo entre pais, professores e alunos

O trabalho colaborativo tem a ver com a conexão que deve existir entre pais-escola-filho. Assim, tanto os pais quanto os professores e o centro educacional devem estar em comunicação constante e fluida. Isso deve ser feito para o bem das crianças e para o seu adequado desenvolvimento acadêmico.

Pai e mãe, duas figuras complementares indispensáveis

De mãos dadas com os pais, os filhos começarão a se abrir para o mundo ao seu redor. Eles vão entender a importância da socialização e como isso é necessário para o seu desenvolvimento interior.

Os filhos vão observar como o pai encara, administra e reage de forma diferente da mãe. Assim, eles terão a possibilidade de, aos poucos, tirarem as suas conclusões sobre o modelo a imitar. Certamente eles o levarão em consideração quando situações diversas ocorrerem em suas vidas.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Portanto, podemos dizer que um pai não está ali apenas para proteger seus filhos nem que o seu quadro de convivência com eles deve ser pautado essencialmente em regras e limites.

    Papel de pais e importância para o filho

    Criar um filho nunca é fácil. Ser pai significa levar em consideração um grande número de aspectos que podem afetar o desenvolvimento de sua progênie.

    A maioria dos pais faz o melhor que pode pelos seus filhos. Ainda assim, na maioria das vezes, muitos acabam falhando. Assim, é comum encontrar pessoas com dúvidas sobre o que devem fazer para desempenhar o seu papel da melhor maneira possível.

    Dessa forma confira abaixo a importância que o pai desenvolve para a vida de um filho.

    Como a influência do pai auxilia no desenvolvimento social do filho?

    Os estudos de Pedersen e Robson analisaram crianças de oito meses na época em que o pai voltou para casa. A alegria que a presença dos pais despertou nos filhos confirma a evidência do apego pai-bebê.

    Por outro lado, verificou-se que os bebês que mantinham contato próximo com o pai por volta dos cinco meses de idade poderiam vir a desfrutar da presença de outro adulto sem maiores dificuldades.

    A presença sistemática do pai desde os primeiros meses do bebê estimula o relacionamento da criança com seus pais e a sua própria capacidade de se tornarem amigos.

    A ausência dos pais tem consequências para o desenvolvimento inicial da criança?

    Vários estudos realizados compararam o desenvolvimento cognitivo de bebês criados em famílias sem pais com filhos criados em famílias com dois pais. Os resultados mostraram que as meninas não parecem ser afetadas pela ausência do pai no que diz respeito ao aspecto cognitivo.

    No entanto, entre os homens os resultados foram diferentes. Dessa forma, diferenças estatisticamente significativas foram encontradas em termos de desenvolvimento mental.

    Em relação ao desenvolvimento emocional, foi demonstrado que a ausência do pai é um fato preocupante mais nos meninos do que nas meninas.

    Considerações finais

    Como podemos ver, a presença física e emocional de ambos os pais durante as primeiras fases da vida desempenha um papel importante no desenvolvimento saudável das crianças.

    Tanto o pai quanto a mãe são figuras importantes para meninos e meninas, inicialmente como figuras de apego e, posteriormente, como modelos no processo de socialização.

    Os padrões de apego criados na infância e os modelos sociais internalizados influenciarão os relacionamentos futuros, sendo fundamentais para a autoestima, confiança e segurança da criança.

    Se você gostou desse artigo que escrevemos sobre os pais, convido você a fazer o nosso curso online de Constelação familiar, onde você poderá aprender a ser um excelente pai e trazer mais alegria para o seu lar.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    treze − 11 =