Constelação FamiliarTerapias alternativas

Gessoterapia: como funciona passo a passo

Gessoterapia é uma técnica não invasiva com diversas utilidades estéticas e muitos benefícios para a pele. Seu uso tem se popularizado nos últimos anos e vem se tornando um mercado promissor para os esteticistas. Assim sendo, trata-se de um procedimento que está conquistando a atenção da clientela.

Porém, é muito importante saber como o procedimento funciona para evitar cair em promessas milagrosas irreais. A proposta do gesso na estética pode ser muito útil, desde que utilizada do jeito certo. Ou seja, conhecer o método é o primeiro passo.

Continue a leitura para entender como funciona a terapia de gesso e todos os seus benefícios. Confira!

O que é gessoterapia?

A atadura gessada, conhecida apenas como gesso ou gesso lipolítico, é um recurso de uso ortopédico, aplicado em fraturas. É comum que ele seja usado na recuperação de pernas e braços quebrados em acidentes, por exemplo. Entretanto, ele tem mais aplicações úteis do que as funções médicas que já conhecemos.

Os componentes minerais presentes na massa que integra o gesso possuem uma excelente ação no contato com a derme. Isto é, a gessoterapia funciona como agente dermatológico no tecido subcutâneo, agindo em diferentes pontos de gordura localizada.

Logo, a estética aproveita o benefício para tratar de problemas como celulite, flacidez e os chamados culotes. As sessões, no entanto, precisam ser realizadas por um profissional e devem seguir as recomendações de segurança para garantir bons resultados.

Significado de gessoterapia

Assim como o nome indica, gessoterapia é uma terapia de gesso, que envolve técnicas próprias exclusivas deste tratamento. Em geral, quando se trata de estética, sua aplicação é bastante usada na barriga e coxas. No entanto, o gesso também pode ser usado nos braços e glúteos.

Já existem muitas marcas de cosméticos que comercializam o gesso para ser aplicado em casa. Optando por um produto de qualidade, o uso do gesso é seguro. Contudo, ainda é necessário o conhecimento para aplicá-lo por conta própria.

Por esse motivo, é essencial buscar profissionais responsáveis e qualificados para entender como aplicar o gesso nas regiões desejadas. O ideal é não comprar o produto sem consultar um esteticista de confiança e entender passo a passo como o procedimento funciona.

Como funciona a gessoterapia?

É comum que profissionais e marcas vendam a técnica da gessoterapia como um redutor de medidas e modelador corporal. Contudo, esse não é um benefício a curto prazo e pode exigir anos de tratamento até que se consiga algum resultado semelhante.

Isso porque, para modelar, o gesso precisa ser usado por muitos dias seguidos e por um longo período do dia. Ou seja, para ter resultados expressivos, são necessárias horas de uso diário, incluindo os horários de trabalho e descanso de uma pessoa, por exemplo.

Apesar de não existir uma contraindicação para a terapia de gesso, ortopedistas não recomendam o uso além das sessões. Afinal, a atadura dificulta a mobilidade do corpo e pode interferir no funcionamento de alguns órgãos, dependendo da intensidade da compressão.

Gessoterapia passo a passo

O passo a passo da gessoterapia é simples, fácil e rápido de aplicar. Cada sessão pode durar cerca de 30 minutos, conforme os objetivos desejados por cada interessado e o período disponível para alcançá-los. Para resultados mais rápidos, as sessões precisam ser mais longas.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    Ademais, para a maioria dos tratamentos, o recomendado é realizar ao menos 10 sessões, duas vezes por semana. Para entender melhor, veja abaixo um passo a passo de como funciona o procedimento da gessoterapia:

    Passo 1 — preparação da atadura

    Antes de usar o gesso para modelar o corpo, a atadura precisa ser preparada em um recipiente com água. A massa deve ficar submersa até ficar completamente umedecida. Esse passo é fundamental para conseguir moldar o gesso.

    Passo 2 — aplicação no corpo

    Depois de umedecida, a atadura deve ser retirada da água e colocada para escorrer em uma superfície seca. O objetivo é tirar apenas o excesso da água e em seguida colocá-la no corpo, modelando com cautela e agilidade.

    Passo 3 — duração da sessão

    Com a atadura no corpo, é preciso aguardar por, no mínimo, meia hora. Durante a sessão, a pessoa pode realizar outras tarefas normalmente. É necessário, contudo, ter cuidado para não quebrar o gesso ou para não lesionar a região com movimentos bruscos.

    Passo 4 — remoção da atadura

    No final da sessão, a atadura deve ser cortada com auxílio de uma tesoura, para removê-la em segurança. Esse passo é simples, porém exige cuidado para não machucar a pele com as pontas do gesso ou da tesoura.

    Gessoterapia antes e depois

    Como explicado, o efeito modelador e redutor de medidas leva tempo para acontecer. No entanto, o efeito visual após eliminar gorduras localizadas no culote traz a impressão de as áreas modeladas apresentarem alguns centímetros a menos. Isso implica em resultados satisfatórios também no curto prazo.

    Protocolos não-invasivos contra gordura localizada, uma alimentação equilibrada e manter uma rotina de exercícios físicos devem fazer parte do tratamento. Para isso, além do esteticista, um educador físico e um nutricionista podem ajudar.

    Outras medidas complementares são indispensáveis para contribuir com a gessoterapia, como realizar massagem na área desejada antes do procedimento. Para quem faz terapia de gesso em casa, é necessário aprender as técnicas de massagem e adquirir os cosméticos ideais para isso.

    Onde aprender gessoterapia?

    Já explicamos a importância de conhecer o método para poder usar as ataduras em segurança, ainda mais usando por conta. Embora o profissional possa usar dicas úteis durante as sessões, a melhor alternativa é realmente fazer um curso de gessoterapia.

    Para qualquer cuidado com o corpo e bem-estar, sempre busque suporte de profissionais capacitados para oferecer o melhor tratamento. Uma dica é se informar com os instrutores do seu próprio esteticista, especialmente se quiser um conhecimento especializado.

    Outra sugestão é consultar também um dermatologista e/ou ortopedista para entender de forma técnica a ação do gesso. Esses médicos poderão explicar com mais exatidão o que pode ou não ser feito com a gessoterapia em casa.

    Considerações finais: benefícios da gessoterapia

    Espero que tenha gostado de saber o que é gessoterapia. Mais do que um método de terapia seguro, sem agressão ao organismo, os benefícios do gesso tem ampla aceitação.

    Dessa forma, optar pela terapia de gesso é excelente para quem quer renovar a aparência e fortalecer a autoestima. Vale lembrar ainda que o cuidado com a mente também precisa estar em primeiro plano. Nisso, o nosso curso de constelação familiar 100% online pode ajudar.

    Com nossa formação, além do conhecimento adquirido, você se torna um constelador pronto para clinicar. Essa é a oportunidade ideal de transformar a sua vida e a de centenas de pessoas que precisam superar conflitos e viver a vida com mais qualidade. E o melhor: as aulas são 100% online, incluindo apostilas, vídeos e provas, tudo distribuído em seis meses de curso. Aproveite esta oportunidade!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    2 × um =