Constelação e RelacionamentosConstelação Familiar

Como terminar um casamento desgastado?

como terminar um casamento

Um dos vínculos mais importantes das relações humanas é o matrimônio. Contudo, alguns casais decidem dar um ponto final nesse relacionamento por conta de vários motivos. Claro que tomar essa decisão não é algo fácil, por isso confira como terminar um casamento neste post.

Como terminar um casamento numa boa: 10 dicas

1. Tenha certeza de que você fez tudo o que podia para salvar a relação

Antes de tomar uma decisão tão importante, é necessário ter a certeza de que você fez tudo o que estava ao seu alcance. Afinal, essa é uma escolha que impactará a vida de duas pessoas e dos seus filhos, se houver.

Por isso, tenha um tempo para decidir e analisar tudo o que você já realizou em prol dessa relação. Se mesmo com todas as suas ações esse relacionamento não progrediu, o melhor jeito é tomar as medidas necessárias.

2. Não prolongue

Ninguém disse que é fácil terminar um casamento, mas prolongar para colocar um ponto final tornará este processo mais doloroso. Então, se você já tem a certeza de que as coisas não estão indo bem, é hora de tomar uma atitude.

Aliás, deixar para conta sobre essa decisão depois, só irá deixar o seu cônjuge na ilusão de que está tudo bem. Por isso, é necessário comunicar para o seu parceiro para que juntos vocês terminem o relacionamento.

3. Escolha o momento e o lugar certos

Ao escolher a hora e o local para avisar a pessoa sobre a sua decisão, primeiro coloca-se no lugar do seu parceiro. Por ser uma situação muito delicada, o seu cônjuge precisará de um tempo para digerir o comunicado.

Aliás, tente não falar sobre o término do casamento em feriados ou datas especiais para não arruinar o humor da pessoa. Então, tenha um bom senso, pois às vezes esse aviso pode “sair pela culatra”.

4. Tenha tranquilidade

Como é um momento difícil para quem avisa que quer terminar o casamento e para quem recebe essa notícia, é preciso tranquilidade. Por isso, ao conversar com o seu cônjuge deixe muito claro quais são os motivos que te levaram a tomar essa decisão.

Além disso, essa conversa é muito importante que seja feita de forma clara e harmoniosa. Então, não levante a voz e seja o mais educado possível.

6. Não envolva os filhos neste momento

Por mais que o casamento, na maioria das vezes, envolve o nascimento de filhos, é importante não envolvê-los neste momento. Por isso, não fale mal da mãe ou do pai para as crianças e tente evitar discutir na frente dele.

Outro ponto importante é como contar essa decisão do casal para os filhos. Então, tenha uma conversa franca com eles e deixe claro que decisão foi tomada, pois será o melhor para a família. Um diálogo sincero é o caminho para comunicar o fim do casamento, sempre lembrando que os vínculos entre o pai ou mãe e os filhos são indestrutíveis.

7. Reflita sobre os prós e contras da vida sem o(a) parceiro(a)

Essa é uma das primeiras coisas que as pessoas fazem quando estão pensando em uma separação. Por isso, é necessário refletir sobre os aspectos positivos e negativos da vida sem essa pessoa. Se desejar, faça uma lista para ter esses pontos de maneira visual.

Entretanto é importante reforçar que se há mais prós do que contras, não é um sinal de que se deve separar. Na verdade, este é um momento de reflexão pessoal que dependerá do contexto do casamento para tomar uma decisão.

NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

8. Tenha diálogo

Depois de tomar a decisão e comunicá-la ao cônjuge, é necessário que vocês conversem sobre os próximos passos. As futuras etapas são mais burocráticas, são as decisões sobre os imóveis, filhos e o divórcio.

Leia também:  Insônia: tratamento com Constelação Familiar

Por isso, é importante que seja feita da forma mais amigável possível. Aliás, tente separar as suas emoções da razão, pois a raiva e a insatisfação, por exemplo, complicam ainda mais este momento.

9. Dê espaço

Com as decisões tomadas e os caminhos já traçados, dê espaço para o seu parceiro, pois os reencontros podem aumentar a dor desse processo. Então, se vocês frequentam os mesmos locais, tente evitar esses lugares. Além disso, as ligações e as mensagens só devem acontecer quando for realmente necessário.

10. Siga a sua vida

Por fim, viva a sua vida, adquira novos hábitos ou comece alguma coisa nova, como um curso de algo que você goste. Aliás, deixe que a outra pessoa siga em frente, pois se não há intenção de retomar o relacionamento, ela precisa superar o que ocorreu. Assim, como você também precisa se adaptar a essa nova realidade.

Como terminar um casamento de anos?

Um matrimônio de 20, 30 ou 40 anos, por exemplo, tende a ser mais difícil decidir se separar e enfrentar este processo. Contudo é muito importante levar em consideração que o tempo passado entre o casal tem o seu valor.

Além disso, é necessário colocar de lado o pensamento de que esse casamento é algo que não se pode abrir mão. Ter esse tipo de ideia acaba sendo mais complicado na hora de decidir se separar.

Depois de muitos anos de dedicação e sacrifícios, como dar um basta nesse casamento?

Como já dissemos, o primeiro passo é abandonar a visão de que o tempo passado junto é um “investimento” que não pode ser descartado. Afinal, ninguém merece viver uma vida infeliz em nome de um compromisso que não lhe traz mais felicidades.

Aliás, nenhuma pessoa está destinada a ter uma existência miserável porque está divorciado(a). Então, não encare o fim do casamento como algo que fracassou, ao contrário, traça planos para povoar esse novo território conquistado.

Por isso, siga as 10 dicas citadas no primeiro tópico deste post. Não se esqueça: a comunicação direta e franca é a saída mais segura para que o casal possa resolver essa situação de forma pacífica.

Busque ajuda

Se você sente que não consegue enfrentar essa situação sozinho, saiba que você tem uma saída. As terapias de casal é uma opção, pois terá ajuda de um profissional para lidar com este momento tão delicado.

Essa forma de terapia ajuda o casal nesse momento de transição. Além disso, pode ser um recurso que auxilia esse novo modelo de família a andar por caminhos diferentes. Por fim, as sessões podem acontecer de forma individual ou coletiva.

O que a Constelação Familiar fala sobre o término do casamento?

Bert Hellinger, desenvolvedor da Constelação Familiar, escreveu sobre o divórcio no livro “A simetria oculta do amor”. Ele explicou que os dois precisam enxergar neste momento um novo começo, pois se um não conseguir fazer isso torna-se difícil para o outro libertar-se.

Entretanto, se ambos aproveitarem as novas oportunidades, eles se libertarão do fardo. Além disso, Hellinger aponta que só o perdão de ambas partes trará harmonia para essa separação.

Por fim, o desenvolvedor da Constelação Familiar explicou que o casamento não acabou pois há um culpado e um inocente. Mas, sim, porque um deles tem muitos problemas da sua família de origem ou que ambos caminham em direções diferentes.

Considerações finais sobre como terminar um casamento

Nós esperamos que o nosso post sobre como terminar um casamento tenha sido esclarecedor. Aliás, o método de Hellinger pode ajudar neste processo tão delicado. Por isso, te convidamos a conhecer o nosso curso online de Constelação Familiar. As nossas aulas irão te auxiliar a desenvolver os seus conhecimentos. Não perca essa chance!

Leia também:  Constelação familiar é uma religião?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + dezoito =