Constelação e Relacionamentos

Cinco Círculos do Amor

O amor é algo que não podemos negar que existe, seja o amor próprio, bem como o amor que compartilhamos com os outros e vice-versa. Pode ser também um amor liberado em forma de palavras ou atitudes carinhosas. Nesse artigo vamos te mostrar o que são Cinco círculos do amor. Essa explicação vai fazer você mudar sua visão sobre o mundo e se perguntar: o que eu entrego ao meu próximo?

Círculos de amor significado

Um círculo de amor significa uma experiência profunda, pela qual vale a pena trabalhar. É o que todos nós ansiamos em nossas almas.

Diversão, alegria, intimidade e criatividade são alguns dos resultados que o círculo do amor proporciona. Vale dizer que ele ocorre quando duas ou mais pessoas estão juntas com o coração completamente aberto.

É você estar aberto com seu verdadeiro Eu, com as outras e com o Espírito. Em outras palavras, o círculo do amor acontece quando estamos profundamente conectados com nosso Eu central, com o amor e sustento do Espírito. A reciprocidade também faz com que ocorra um círculo de amor.

Os estágios do amor

O amor é um caminho complexo que passa por diferentes estágios, nem todos positivos. Existem altos e baixos, que são resultados dos momentos que cada um atravessa individualmente ou com outras pessoas.

Temos a tendência de ver se estamos com a pessoa certa com base na felicidade que ela nos proporciona, mas e os outros elementos? Segurança, desenvolvimento ou admiração são esquecidos quando a alegria parece tão alta.

Emoções e relacionamentos

Se imaginarmos um relacionamento, a tendência é visualizá-lo como um caminho a percorrer. Ele possui vários marcos, nos quais superamos diferentes etapas que consolidarão o que sentimos e nos levarão à última etapa: o amor.

Porém, nessa concepção, podemos cair no clichê de que relacionamentos são sacrifícios e superação conjunta de obstáculos, quando não deveria ser. Na verdade, nem mesmo o amor é o fim da estrada.

O que encontramos depois de certos pontos é o amor, mas depois disso a alegria vem, que é a plenitude do fim de uma viagem. Isso pode ser visto claramente se deixarmos de imaginar as relações como caminhos e o fizermos como se fossem círculos concêntricos.

Quais os cinco círculos do amor

Os cinco círculos de amor são:

Primeiro círculo

No primeiro círculo surge a segurança ou o medo, dependendo do que o nosso parceiro nos faz sentir. Podemos perceber se nos sentimos confortáveis, se o relacionamento não ameaça nossa segurança ou nos incomoda e se não devemos nos proteger ou ficar na defensiva.

Caso ele esteja dentro de alguns desses quesitos, então entramos neste círculo. Qualquer coisa que seja uma ameaça real não nos faria entrar nele e, portanto, não avançaria conosco.

Segundo círculo

Esse círculo é alcançado quando, uma vez consolidada a segurança, o outro te ensina algo, ou seja, te ajuda no seu desenvolvimento. Esse círculo de amor sempre faz você se sentir melhor a cada dia e seguir em frente.

    NÓS RETORNAMOS PARA VOCÊ




    Quero informações para me inscrever na Formação EAD em Constelação.

    A comunicação que surge é fluida e há confiança, baseada na empatia e na escuta ativa.

    Terceiro círculo

    Uma vez que a pessoa nos dá segurança e desenvolvimento, é possível chegar ao terceiro círculo, o da justiça.

    A relação é de igualdade e equidade, não há desequilíbrios visíveis, ninguém está colocado acima do outro. Nem traição nem manipulação aparecem. É uma relação saudável e não tóxica.

    Quarto círculo

    Este é o círculo de reconhecimento, que é alcançado depois que se passa os três anteriores.

    É aqui que sentimos que o outro caminha ao nosso lado, que nos admira, valoriza quem somos e se orgulha de estar ao nosso lado. É uma relação de autenticidade, onde podemos ser nós mesmos sem medo.

    Quinto círculo

    Depois dos quatro anteriores, chegamos ao amor, onde a intimidade aparece e os espaços seguros se estabilizam.

    generosidade e dedicação, proteção e apoio, pode-se dar e pedir sem medo, em partes iguais. Não existe ciúmes, nem dependências. Não há nenhum tipo de sacrifício.

    As pessoas e a experimentação dos círculos do amor

    No entanto, a maioria das pessoas em relacionamentos raramente experimenta um círculo de amor. Isso ocorre porque, quando alguém tem uma intenção, essa costuma ser a de se proteger contra sentimentos dolorosos em vez de aprender a amar a si mesmo e aos outros.

    A principal coisa que você pode fazer é praticar consistentemente os cinco passos do vínculo interno. Todas essas etapas são projetadas para criar e apoiar sua conexão com seu Eu e com o Espírito.

    A prática do círculo do amor

    Ao praticar essas etapas ao longo do dia, a cura ocorrerá e a sua conexão se aprofundará de forma consistente. É somente quando você estabeleceu um círculo de amor dentro de você e com o Espírito que você poderá estender este círculo para os outros.

    Sem a conexão interna e espiritual, qualquer “amor” que você compartilhe com os outros não é realmente amor, é uma atração pelo amor, atenção e aprovação.

    A energia do amor

    A energia do amor vem do Espírito e pode ser compartilhada com outras pessoas. Se você não está conectado com o Espírito, então não está podendo receber o amor e o sustento do Espírito.

    Quando você não pode receber o amor, não sente a plenitude dele por dentro. Em vez disso, você se sente vazio e sozinho e espera receber amor de outras pessoas para preencher esse vazio.

    Você pode ter aprendido a dar “amor” para obter amor. No entanto, o que você está realmente fazendo é tentar controlar a outra pessoa para que lhe dê o que você acha que precisa para se sentir seguro e amável.

    Saber compartilhar o amor

    O que poderia ser mais importante na vida do que pode compartilhar um círculo de amor? Nada mais na vida se compara a essa experiência final.

    Embora precisemos gastar tempo criando segurança financeira, saúde física e cuidando das tarefas cotidianas da vida, certifique-se de acrescentar o aprendizado para colocar um círculo de amor no topo de sua lista de prioridades.

    Fazer o seu trabalho interno realmente funciona para criar a base para o círculo do amor, a conexão interna e espiritual. É essencial aprender a amar a si mesmo e conectar-se com o espírito.

    Considerações finais

    Não perca a experiência definitiva da vida. Você tem o poder de trazer essa experiência incrível para sua realidade por meio das escolhas que faz.

    Você ficará surpreso com quantas pessoas estão disponíveis para compartilhar um círculo de amor com você por um minuto, uma hora, um dia ou uma vida inteira no caso de um parceiro.

    Os Cinco círculos do amor são diversas experiências inesquecíveis que você pode ter por meio do amor. Se você quiser intensificar tudo isso, convido você a se inscrever em nosso curso online de Constelação familiar. Afinal ele possui diversos conteúdos extras, que te ajudam a aprimorar o seu conhecimento.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    quatro + catorze =